Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quinta-feira, julho 31, 2008

EU CREIO NO DEUS QUE CURA

EDIFICAÇÃO
=
Em Atos 4. 29 e 30 os discípulos de Jesus, diante de uma situação adversa, expressam sua fé em Deus, dizendo: Agora, pois, ó Senhor, olha para as Suas ameaças, e concede aos teus servos que falem com toda a ousadia a tua Palavra; Enquanto estendes a tua mão para curar, e para que se façam sinais e prodígios pelo nome de teu Santo Filho Jesus. Eles criam no poder de Deus e dentre as formas de expressar sua fé falavam com Deus QUE ESTENDE A MÃO PARA CURAR.
=
Amados, Eu CREIO NO DEUS QUE CURA. Creio definitivamaente na sabedoria deste Deus. Assim, acredito que Ele usa meios naturais para nos curar (médicos, medicamentos, etc.), mas usa também os meios sobrenaturais para este fim. O grande problema somos nós mesmos que ao vermos os milagres de Deus, em muitos casos reivindicamos para nós os méritos. Enchemo-nos de onipotência e saímos a proclamar que somos dotados de um poder especial negando, com isto, a eficácia do poder de Deus. Ouvi estes dias de um pastor que se a gente deixasse, Deus
faria coisas maiores ainda através de sua igreja.
=
Na oração acima os dicípulos não rogam a Deus poderpara operar milagres e curas. Eles pedem ousadia para que com poder preguem a Palavra de Deus enquanto este, Deus, estenderia a mão para curar e fazer sinais e prodígios pelo nome de seu Santo Filho Jesus. Na oração eles deixam bem claro que Deus é o soberano administrador dos milagres.
=
Em minha fé eu acredito no Deus de milagres. Assim como ele agiu no passado ele age no presente. Nossa Igreja tem presenciado atos maravilhosos do Senhor. Certamente não trabalhamos com sensacionalismo, pois isto tira os méritos do Senhor. Não queremos nos enaltecer com os atos milagrosos do Senhor, mas queremos com humildade dar a Ele todo o louvor e glória.
=
Entendemos que Deus não faz curas por acaso. Ele o faz para que a Igreja, ao contrário de ser tornar um clube de milagreiros, se fortaleça para testemunhar às pessoas sobre o poder operante do Senhor. Eu creio no Deus que cura e fortalece a Igreja para que estadesempenhe sua missão no Mundo.

Pr. Baeta

Por Rilvan Stutz

quarta-feira, julho 30, 2008

SARDINHA PREVINE CÂNCER


CUIDANDO DA SAÚDE

ALIMENTO QUE PREVINE CÂNCER

Barata e de fácil acesso, a sardinha, além de ser rica em proteínas, contém minerais essenciais que possuem ação anti-cancerígenas. Fonte de ômega 3, o peixe também regula a pressão arterial e age no controle do colesterol. Previne doenças cardíacas, diminui as dores de artrite reumatóide (inflamação nas articulações) e trata problemas da pele como pssoríase. Nutricionista da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Eliana Cristina Almeida explica que o peixe jamais deve ser consumido frito. "O recomendável é comer duas sardinhas frescas duas vezes por semana. Quem sofre de osteoporose pode consumi-la enlatada, pois a fonte de cálcio na espinha ", diz a especialista.

=
Por Rilvan Stutz
Fonte Unifesp

domingo, julho 27, 2008

VOCÊ E A BÍBLIA

EDIFICAÇÃO
2ª CORINTIOS 4: I6 A I8
=
O DESÍGNIO E EFEITO DAS AFLIÕES
=
Por isso, não desanimamos; pelo contrário, mesmo que o nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação, não atentando nós nas cousas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que as que se vêem são temporais, e as que não vêem são eternas.
=
Por Rilvan Stutz
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

DO DERRAMAMENTO À ADORAÇÃO


=
Os dos primeiros capítulos de I Samuel são uma singularidade tremenda. Mais do que informações históricas sobre os antecedentes do personagem central (Samuel), esta parte do livro é de uma ispiração impar. Ana, a esposa estéril de Elcana, derrama sua angústia diante do Senhor, pois era escarnecida pela sua rival Penina e vivia o envergonhamento de não dar a luz, ter filhos, o que muito a atormentava.
=
Ao derramar sua alma diante daquele que tem cuidado de nós, é abençoada pelo sumo sacerdote Eli; ao retornar para casa o seu semblante mudara e o Senhor a atende em seus anseios (1 Samuel 1). Ana era mulher piedosa, profundamente religiosa e tinha grande senso de gratidão a Deus. Ana era uma mulher adoradora. O capítulo 2 de 1 Samuel retrata a alma graciosa e adoradora de Ana diante do Senhor.
=
“Então orou Ana, e disse: O meu coração exulta ao SENHOR; a minha boca se dilatou sobre os meus inimigos, porquanto me alegro na tua salvação.”
=
Em sua sincera adoração Ana reconhece a Deus como santo, único e incomparável. Ele é a rocha Fiel na qual seus amados filhos encontram refúgio e refrigério. Ana o adora ressaltando a sabedoria absoluta do Senhor e suas intervenções na vida daqueles que se derramam e confiam nele. Ela o reconhece como o Deus que faz com que sejamos melhores do que antes. Ele tem o único poder capaz de tranformar tristeza em alegria, pranto em prazer, angústia em alento.
=
“O SENHOR empobrece e enriquece; abaixa e também exalta. Levanta o pobre do pó, e desde o montouro exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo.”
=
Ana fez o percurso do derramamento à adoração, pois através da fé se aproximou daquele que poderia atendêl-la em suas necessidades, e com fé o adorou em espírito e em verdade. Reconheça você também os
atos portentosos do Senhor e seja um permanente adorador. Amém.
=


Rev. David Baeta
PIBMB

Por Rilvan Stutz

sexta-feira, julho 25, 2008

OBEDIÊNCIA


=
Participo com os Irmãos grande preocupação sobre o tema "Obediência." Coloco em destaque a questão da "Obediência", falando com autoridade respaldado com certeza no desejo do Senhor. É evidente que o nosso Pai celeste deseja para os seus escolhidos, uma conduta correta e saudável. Proponho aos Irmãos neste pequeno texto, uma melhor atitude uma vontade de vitória, combatendo o mal. É fato e notório, que somos por demais rebeldes, isto nos leva a cair em maus caminhos. A falta o aprimoramento e atenção em nossos atos diários é a causa de todo mal. Precisamos olhar os ensinamentos divinos com mais amor. Destaco em especial o livro de Deuteronômios. Afirmo que a obediência ocupa lugar de destaque nos requerimentos divinos para nossas vidas.
=
Se olharmos do ponto de vista das relações sociais sabemos que se todas as pessoas fossem obedientes, por exemplo, às leis que regem a vida no Mundo, não haveria a selvageria que hoje se vê.
O senso de competição exarcebado, o desrespeito à vida do próximo e tantas outras coisas são exemplos vivos para todos nós da violência que impera entre os Povos nesta Terra. Chegando perto dos nossos políticos é a mesma coisa, a desobediência e a corrupção são irmãs gêmeas.
=
A Igreja foi chamada para ser luz do mundo e sal da terra. Ela precisa encarnar o espírito de obediência ao Senhor para que a Sua luz brilhe forte e o sal não perca o sabor. O exemplo da história de Israel no Antigo Testamento deveria ser lembrado pela Igreja sistematicamente, e é exatamente isto que estou a fazer, ou seja, lembrar a cada Servo que devemos ser irrestritamente obedientes ao Senhor.
=
Israel tinha diante de si a benção advinda da obediência e a maldição decorrente da desobediência, e em grande parte de sua história optou por desobedecer ao Senhor tornando-se herdeiro da maldição. Veio o exílio, aprisionamento, fome, pestes etc.
=
Cristo teve diante de si a benção e a maldição. Ele optou por se lançar nos braços do Senhor e ser obediente até a morte, e morte de cruz. O resultado: Deus o exaltou soberanamente e lhe deu a ele um nome excelente, que é Senhor.
=
Quando a Igreja se propõe a obedecer ao Senhor ela é exaltada, o nome de Deus é engrandecido e o céu se abre e dele vem à benção do Senhor. Portanto, tenhamos o mesmo sentimento que houve em Cristo Jesus.
Sejamos obediêntes custe o que custar. Por certo, Deus em muito nos há de abençoar. Amém.
=
Ref: Livro de Deuteronômios.
=
Diácono Rilvan Stutz
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro - Rio

domingo, julho 20, 2008

RECONHECER O PECADO E CONFESSAR

EDIFICAÇÃO

=
Amados é gratificante para todos os Cristãos, quando um servo do Senhor reconhece os seus erros. Ficamos felizes com atitudes deste porte. Os Irmãos que assim procedem estão dentro da Vontade do Senhor. Colocamos duas situações: retidão e pecado. Em primeiro lugar é dever do Povo de Deus da sociedade viver feliz e ser exemplo, procurar viver longe do pecado, é nosso dever do Cristão procurar a edificação e santificação. Em conseqüência disto, não temos a menor duvida, este procedimento causará grande alegria ao Senhor dos altos Céus.
=
Lembramos de Jesus Cristo, quando come com os pecadores e, ao final exorta a alguns, isto lemos no Livro de Mateus Cap. 9: 13. As Palavras de Jesus nos leva a ser mais cuidadoso e estudioso da Palavra, precisamos meditar. Temos pleno conhecimento que não podemos viver duas vidas! “Trevas e Luz”. Jesus é bem claro no texto que prega, busca pecadores! Precisamos nos colocar em uma posição, bem distante do pecado. Precisamos trabalhar com dedicação e levar ao nosso próximo as Boas Novas, da Salvação.
=
Precisamos viver uma vida saudável, livre da dor do pecado constante, isto é sempre pior praticar o erro normalmente sem medo dos acontecimentos. Por contrário estaremos em Paz com nosso Deus. O pecado confessado traz alegria, uma vontade imensa de viver, assim podemos contar com Cristo ao nosso lado. Precisamos caminhar para uma unidade saudável, verdadeira. Sabemos que muitos andam longe de Cristo e desorientados. Não podemos nos separar da verdade, o Povo de Deus precisa rever o seu trabalho, suas atitudes, não podemos contrariar o “Ide” que Cristo pregou. Apresentamos quatro parágrafos e versículos que devem ser muito bem observado pelo Servo de Deus é indispensável ao Cristão.
=
O CONFESSAR
=
Em Provérbios 28:13 diz assim: O que encobre as suas transgressões, jamais prosperará; mas o que as confessa e deixa alcançará misericórdia.
=
MISERICÓRDIA
=
A palavra tem vários sentidos um deles destacamos “apiedar-se”, “tratar com cuidado”. A palavra se reserva especialmente para o ato de acudir os aflitos, os pobres e os fracos e mostrar a graça de Deus aos homens pecadores.
=
O PERDÃO AO PECADOR
=
Em Isaías. 55:7. Fala assim: Deixe o perverso o seu caminho, o iníquo os seus pensamentos, converta-se ao Senhor, que se compadecerá dele e volte-se para nosso Deus porque é rico em perdoar.
Deus tem poder suficiente para restaurar o pensamento humano, Deus tem poder para restaurar “A ATUAÇÃO DO HOMEM!”. Deus tem poder para vigiar sobre sua Palavra, para a cumprir. Nunca se anuncia a Palavra de Deus em vão: dará seu fruto, mais cedo ou mais tarde, reunindo o Povo de Deus e convertendo os homens. Bem aventurado aquele cujas ações, pensamentos e atitudes são dirigidas inteiramente pela Palavra de Deus e pela oração.
=
UMA VIDA SAUDÁVEL
=
As atitudes do homem nem sempre são corretas, isto reconhecemos, nos corrompemos e nos afastamos da comunhão com o Pai que não vive em trevas. Nossa oportunidade de restauração é a qualquer hora, Deus é tão Bondoso que espera sempre por esta atitude dos seus Servos. E que assim sempre estejamos prontos para uma reconciliação com o Pai que seja hoje e para sempre. Vivamos unidos em comunhão com Deus e nossos Irmãos. Amém.

=
Diácono Rilvan Stutz
Ministério Fruto do Espírito
www.frutodoespirito.com.br

EIS QUE ESTOU A PORTA E BATO

EDIFICAÇÃO

=
Misericórdia quero e não holocaustos; pois não vim chamar justos e sim pecadores ao arrependimento. Mateus .9.12e13.
=
É um grande momento em nossas vidas quando temos absoluta certeza que estamos bem pertinho de Jesus Cristo, com humildade e comunhão. Assim sentimos que somos envolvidos em enorme manancial de amor. O convite de Cristo é irresistível, viver plenamente ao lado de Cristo é um momento "prometido" um momento impar. "EIS QUE ESTOU A PORTA E BATO" (Ap.3,20), destacamos a primeira parte do versículo para nossa meditação, observe é muito forte o convite de Cristo. A exortação a Igreja de Laodicéia, se destaca como uma "Igreja morna", quando na verdade deveria ser quente e nem fria era.
=
O contexto não sugere uma referência a segunda vinda de Cristo e o banquete messiânico, são na verdade boas-vindas a vivência de Cristo no seu meio. Seu culto, portanto, era uma fraude vazia.
Jesus Cristo se refere à Igreja, mas se qualquer indivíduo, porém, quer abrir a porta do seu íntimo e ouvir a chamada de Cristo, então Cristo entrará para dirigir sua vida e lhe oferecer Sua convivência. Dividir, separar se faz necessário neste momento se é Cristo quem salva, e não a Igreja; mostramos que a Igreja tem vivido como casca, mantendo seu culto formal, todavia faltando o coração contrito ao Amor de Cristo, ficará sempre longe do Senhor. Com este comportamento continuará sendo uma verdadeira "casca".
=
No que se refere ao versículo em destaque; Deus prefere ser compassivo em lugar do cumprimento meticuloso da Lei. Gostaríamos de dar maior ênfase ao Apelo Divino, o chamado para o pecador! Lá em Isaías (Cap.1,18), diz assim: Vinde, pois, e arrazoemos, diz o Senhor; ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a lã. Se observarmos o que o Profeta anuncia, é um convite aberto para um judicioso ajustamento de contas, aquilo que Jó havia pedido (Jó 23.7). Perante a justiça divina, ninguém sairia impune, mas o próprio Deus se oferece a nos revestir da brancura da santidade, ao invés da cor de carmesim que representa nossa vida de pecado.
=
Olhando a frente, tomamos conhecimento da situação tão triste que enfrenta nosso Povo, é muito triste o estado de pecado que vive o homem. É também ordem divina, que os servos de Deus anunciem a Cristo! Lembremos: Jesus Cristo com toda Sua autoridade ordena: ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações em nome do Pai e do Filho.
=
Chamada divina ao arrependimento e a uma Vida Reta. Em Jr. 35.15. Diz assim: Começando de madrugada, vos tenho enviado todos os meus servos, dizendo: Convertei-vos agora, cada um do seu mau caminho, fazei boas as vossas ações e não sigais a outros deuses para servi-los; assim ficareis na que vos dei a vós outros e a vossos pais; mais não me inclinastes os ouvidos, nem me obedecestes a mim. Observemos que o cap. 35.15 ensina-nos a fé combinada com a obediência, que formam a soma chamada "fidelidade".
=
Ainda observamos no texto preceitos humanos, porém com intentos de uma adoração mais pura de Deus, seguiran-se a risca durante muitos séculos. A família dos recabitas viu nisto a razão de ser. Muito mais, pois, o povo de Deus, fundamentado sobre as alianças de Deus, especialmente a nova aliança firmada na pessoa de Jesus Cristo deve refletir a natureza e a vontade de Cristo em toda a Sua doutrina, Suas atitudes e Suas ações.
=
Atendendo a Tríplice chamada, aplicamos aqui o último apelo evangelístico do Espírito pregado pela Igreja. "O Espírito e a Noiva". Os que anseiam pela Vinda de Cristo! O Espírito, que inspira o profeta e ilumina a Igreja. Os que têm sede pela justiça, os humildes que não têm nenhum mérito próprio para receber a salvação. Que meditem no convite do Mestre! "EIS QUE ESTOU A PORTA E BATO".
=
O convite de Jesus Cristo é "Imutável, Impar e Irresistível". Realmente recebidos pelo pecador, alcançarão todos os planos do Pai Celeste. Já não bastasse tamanha graça, exaltemos a Jesus Cristo, com muita alegria em nossos corações, o Mediador de todas as oportunidades, o perdão, a Salvação e o maior de todo "O Amor". Louvemos sempre: O Espírito e a noiva dizem: Vem. Aquele que ouve diga: Vem. Aquele que tem sede venha, e quem quiser receba de graça a água da Vida.(Ap.22,17).
Amém.

Rilvan Stutz
=
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro - Rio

terça-feira, julho 08, 2008

PODAR PARA PRODUZIR

EDIFICAÇÃO

APRENDENDO NOS MOMENTOS DE PROVAÇÃO

“Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.”(João 15:2).
=
Há bem pouco tempo ouvi um pregador afirmando que o versículo que diz que devemos dar graças a Deus em tudo não se aplica aos momentos difíceis de nossa vida. Devemos, segundo ele, dar graças pelo que é bom.
=
Este verso, além do livro inteiro de Jó me leva a crer que não deve ser assim. Nunca vi um agricultor anestesiar uma planta para podá-la, o que me leva a crer que na sua forma a planta sente a poda. Assim, sendo nós em semelhança, seremos podados sem anestesia e, portanto, sentiremos quando o Senhor fizer alguns “melhoramentos” em nós.
=
Note que isso é privilégio exclusivo daqueles que já estão produzindo frutos, pois não são podados – são cortados para secar e servir de lenha. Em palavras bem simples, nada nesta vida nos isenta de algum tipo de provação ou sofrimento, pois sendo este passageiro e visando nosso crescimento Espiritual, nos fará produzir mais. Deus tem uma perspectiva e uma visão que em muito excedem a nossa.
=
Não estou dizendo que tudo nos faça sofrer seja bom ou venha de Deus; isso seria exagero. Mas se temos convicção da nossa posição diante do Pai e ainda assim e assim a provação persiste, nossa atitude ao invés de ser do Senhor, eu não aceito!”deveria ser “Senhor, o que queres me ensinar?.”Isso é mais que bom senso, é obediência em submissão.”
=
Quando racionalizamos em excesso aquilo que está patente, nosso maior prejuízo é a perda de aprendizado. Só seremos aperfeiçoados como seres humanos com uma dose muito bem graduada de alegrias e tristezas, vitórias e provações, desafios e tentações. Afinal, o Senhor disse que bem-aventurado (abençoado) será aquele que persevera até a morte. Persevera em quê, se tudo der certo?
=
“Senhor, aquilo que tiveres para mim eu aceito. Mostra-me claramente o que queres me ensinar em cada provação.”

Pr. Mario Fernandez

Por Rilvan Stutz

quinta-feira, julho 03, 2008

HOMENAGEM A BRAVOS MISSIONÁRIOS

EDIFICAÇÃO

Sabemos que quando saímos em missões, podemos não voltar, o trabalho é árduo, em vários locais perigosos, mas confiante em nosso Senhor Jesus Cristo, muitos Servos obedecem ao “Ide!” Missão tão gloriosa, que nos impulsiona até aos confins do mundo, vamos a locais que nossa mente não é capaz de imaginar.
=
Esses corajosos missionários seguem suas missões e sabem tem o Nosso Senhor Jesus Cristo à frente. Todos arriscam suas vida pelo Evangelho, deixam para traz, família e objetivos interrompidos, saudades se multiplicam, o coração bate mais forte, quando o perigo se aproxima, a família vem na lembrança imediatamente, sem falar aqueles que estão com todos seus familiares.
=
Quantos são tocados pelo Espírito Santo, aceitam e seguem por estrada tão bela. Sendo à vontade do Senhor, sempre nos regozijaremos. Mas, os perigos nos cercam, isto é fatal, digamos até necessário, segundo entendemos como vontade do Pai Celeste. São os desígnios do Senhor.Um trabalho tão importante, difícil e arriscado, quem os fariam? Quando não fazemos?
=
Nosso Senhor Jesus Cristo, nosso redentor, foi o primeiro a morrer quando em terra anunciando Sua Missão. Tanto para nos salvar, como para nos ensinar o significado do “Ide”! O “Pai do Ide!” O Pai da evangelização! Quantos ainda carecem de ouvir a palavra que salva. Sabemos que há locais, que nem a bíblia chegou. A presença de um missionário se faz necessário para anunciar o Salvador eterno. É neste momento, quando morre mais um missionário no trabalho, no campo de batalha, a tristeza se aprofunda em nossos corações. Rogamos e desejamos que esta mensagem seja força, coragem para todos aqueles que em longínquas partes do mundo.
=
Saibam! Estamos orando por vocês, sem cessar. Cada vida interrompida, cada dificuldade, cada ameaça, lembrem o senhor acampa ao seu redor destes heróis. O Senhor dará a recompensa prometida. . Temos a certeza que os frutos da salvação, plantados por todos os BRAVOS MISSIONÁRIOS, que atuam neste imenso Mundo, fará florescer como resultado do tão árduo trabalho, para a “vida”, a verdadeira vida em Jesus Cristo, o fruto que transforma o pecador, para um futuro seguro com Jesus Cristo, condução prometida para SALVAÇÃO E VIDA ETERNA.
=
Nossas homenagens a todos os missionários em atividades neste Mundo sejam fortes! Contem com as orações do povo Cristão, que em de toda parte deste Mundão, não cessem as intercessões. Rogamos por mais uma vida ceifada pela injustiça, pela malvadeza de perseguidores do Evangelho, causada pelos maus homens! QUE ESTA VIDA! Seja um exemplo verdadeiro de coragem, fidelidade ao Senhor da vida e da glória. Jesus Cristo! Que seus familiares estejam confortados pelo Altíssimo, pois a vida desta missionária “Repousa nos braços de Cristo”, Amém.
=
Diácono Rilvan Stutz
=
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro. Rio

quarta-feira, julho 02, 2008

A IGREJA QUANDO É EXEMPLO

EDIFICAÇÃO
=

Há belos momentos em nossa vida; um deles é quando sonhamos acordados! Ficamos alegres quando estamos perto de alcançar algo que muito desejamos. Como é bom ter esperança! Por algo que nos faça sentir aspirações, por muitas que possam chegar; por outras, a qualquer momento e, ainda outras, não! Sonhamos mal, pedimos mal. A felicidade sempre foi uma forte esperança.
=
É um “marco” que não morre nunca, seja qual for a situação. É o momento mais forte a que o homem aspira em sua vida. Pode demorar muitos anos, mas chega. Muitos são os desejos que nos deixam felizes. Nos dias de hoje, até que precisamos sonhar ter momentos de esperança com Cristo. Precisamos sim, ter nossos pensamentos voltados para Deus; faz bem à alma; meditar em Deus é sempre necessário, manter nossas esperanças vivas nas promessas do Pai para um futuro promissor. A meditação é necessária para um bom crescimento espiritual; isso é bíblico! Ter a mente trabalhando para o Senhor torna–se uma obrigação dos seus servos. Por outro lado, sonhar acordado também deve deixar-nos em alerta, pois nem tudo o que sonhamos nos leva para o bom caminho.
=
Existem momentos em que nos distanciamos do Senhor, por conseqüência do pecado e fracassamos. Perdemos muito nos afastando desse crescimento necessário. Ah! Sabemos que multidões de servos verdadeiros desejariam que nosso Senhor Jesus Cristo estivesse à nossa frente, nos pastoreando como em uma Igreja única. Sim! Esse é o sonho que sabemos se realizará em breve e precisamos esperar no Senhor. Deus nos orientou quanto ao fim, não nos deixou dúvidas. Deixou o Espírito Consolador que supre, assistindo à Igreja e seus Santos. Mas temos certeza de quanto poderiam fazer seus fiéis para melhorar a Igreja local atual, enquanto Jesus não volta.
=
Temos em Jesus Cristo nosso Pastor amável, verdadeiro Pastor de ovelhas, muitas, perdidas e feridas. O verdadeiro Pastor, aquele que conhece, com certeza, o cheiro das suas ovelhas, pois “vive entre elas”. O cheiro é a qualidade que se descobre estando junto do seu objetivo. Com certeza seria assim uma Igreja desejada por todos os fiéis.
=
Precisamos enfrentar a realidade dos tempos preditos no passado. Lembremo-nos: Sonhar “dormindo” é coisa fútil e transitória. Sonhar acordado, sim, é “pensar com insistência” - “ter idéia fixa” de algo bom e muito desejado, acontecendo hoje mesmo, isso no âmbito evangélico. Pelo contrário, encontramos hoje Igrejas como verdadeiras “Sociedades” locais, de gente importante, que se destaca, chegando a parecer os verdadeiros donos do ambiente! Fatores que pesam para essa conclusão são muitos, digamos: em primeiro lugar não existe o verdadeiro amor;o verdadeiro perdão é coisa muito rara, mais agravante é o procedimento de pessoas que não falam com pessoas, parece que não se conhecem.
=
O se vestir bem está em primeiro plano, isso é o que escutamos! “Hoje não irei a Igreja, pois não tenho nada diferente para vestir” Infelizmente as nossas pistas de desfiles existem! E existem para nossa tristeza. Igreja preparada para a verdadeira adoração! O nosso apóstolo Paulo fala, com muita propriedade, na epístola aos Coríntios, cap.12.12”Porque, assim o corpo é um, e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo”. Cristo e a Igreja funcionam como um só organismo. Todos os cristãos são batizados no Espírito, que os forma num só corpo.
=
A adversidade no Corpo não surge por acaso: é planejada por Deus e essencial. Por isso, não deve existir inveja, vanglória, timidez, preguiça ou ambição. Assim sendo, os membros bem dotados não podem funcionar no Corpo sem o apoio e o serviço dos menos dotados, como no dos fracos. Doentes são melhores que mortos. O apóstolo Paulo coordena uma Igreja desejada! Harmoniza como a música ou as cores dum quadro, sem discordâncias ou divisões. [Igual cuidado]. Porque são membros do Corpo, não porque são simpáticos. O apóstolo Paulo enfatiza: A igreja local é um microcosmo da Igreja universal. Nosso desejo não é encontrar a Igreja perfeita hoje ,na situação atual e, sim, uma Igreja voltada para a perfeição em “AMAR”. Que Deus sempre esteja conosco! Amém

Referência: Atos. 2:1. “Todos os que creram estavam juntos e tinham tudo em comum”
Diácono Rilvan Stutz
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro - Rio

terça-feira, julho 01, 2008

IPB DESEJA SER UMA DAS SETE MARAVILHAS

NOTÍCIA
A Igreja Presbiteriana de Governador Valadares está concorrendo para ser escolhida como uma das sete maravilhas da Cidade.

O concurso, promovido pelo Curso de Turismo da Univale receberá os votos até o dia 23 de Junho, Segunda Feira.

Paravotar, os interessados devem acessar o site www.univale.br/pesquisas/sete_maravilhas_gv/ e escolher entre os diversos pontos turísticos, quais os sete mais interessantes. O regulamento do concurso também está disponível no site.

Por Rilvan Stutz
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

SBB COMPLETA 60 ANOS

NOTÍCIA

Em junho, quando completa 60 anos de existência, a SBB – Sociedade bíblica do Brasil lança uma ação que pretende mobilizar 900 mil pessoas em todo o País. Trata-se do projeto da Bíblia Manuscrita, que relembra como, através dos séculos, as Sagradas Escrituras foram preservadas e transmitidas por meio de cópias manuscritas, assegurando que a Palavra de Deus acompanhasse a humanidade em todos os momentos.

Antes da invenção da Imprensa, e chegasse até os nossos dias. O projeto da Bíblia Manuscrita resgatará a atuação dos copistas, por meio da instalação um escriptorium – como eram conhecidos os recintos onde estas pessoas atuavam no período medieval. – em várias cidades do País.

Ali, a população será convidada a contribuir para a cópia de exemplares da Bíblia Sagrada. O coordenador do ano da Bíblia Pr. Eudes Martins, informa que serão produzidos 29 exemplares completos, escritos manualmente, no período de Junho a Setembro, segundo ele “Uma dessas Bíblias Manuscritas será doada à Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro e outra ficará no Museu da Bíblia, em Barueri, na Grande São Paulo”.

A iniciativa também terá um aspecto social, propondo doações para programa Inclusão do Deficiente Visual, mantido pela SBB. Durante seus três meses de funcionamento, será realizada captação de recursos para levar a Bíblia em Braile e em áudio a um número ainda maior de deficientes.

Por Rilvan Stutz
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis