Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

domingo, abril 14, 2013

O QUE É EPISTEMOLOGIA?



             EDUCAÇÃO






A epistemologia é um ramo da filosofia preocupado com a possibilidade e a extensão do conhecimento humano. Do grego Epstein, que significa "conhecimento", a epistemologia diz respeito a cada disciplina científica que contribua para o esforço coletivo de seres humanos. Teorias epistemológicas procuram descobrir a natureza, as origens e os limites do conhecimento humano.

É seguro dizer que todos os filósofos desde o início da civilização tem se preocupado em algum grau com a epistemologia. A filosofia é, por definição, o amor da sabedoria ou a busca de conhecimento verdadeiro. Com uma análise cuidadosa, os filósofos tentam diferenciar a verdade da crença e aparências. Epistemologia pretende fornecer uma base para o que consideram ser o verdadeiro conhecimento.

Muitos dos mais importantes filósofos, como Platão e Aristóteles, afirmava que o conhecimento é possível. Sua epistemologia repousava sobre a capacidade de diferenciar claramente entre a aparência e a realidade. Para Platão, essa epistemologia foi famosamente ilustrada através de sua teoria das formas. Epistemologia de Aristóteles afirmou que o verdadeiro conhecimento poderia ser alcançado por meio do exame de causa e efeito, combinado com a aplicação da razão e da lógica.

Outras escolas filosóficas antigas, nomeadamente os céticos, declararam que todo e qualquer conhecimento é impossível. Para eles, o que chamamos de conhecimento só é considerado crença na melhor das hipóteses. Em outras palavras, nunca podemos ter certeza de que nada é o que parece. A epistemologia dos céticos provocou uma resposta importante a partir de outras escolas de filosofia, como os estóicos, que foram dedicados à idéia de que o conhecimento é de fato possível.

Embora o ceticismo fosse um produto da Grécia antiga, que experimentou um renascimento na Europa do século 16, no início do Iluminismo. O famoso filósofo Renée Descartes, frustrada com a ignorância geral da Idade Média, trabalhou para formar uma epistemologia que a prova da possibilidade do conhecimento verdadeiro. Descarte começou por adotar a postura do cético que não sabemos nada. Ao considerar todo o seu conhecimento prévio para ser apenas crença, sua mente estava livre para descobrir a verdade mais simples, básico e necessário que não poderia ser logicamente refutada. Ele chamou isso de "método da dúvida".

Descartes tornaram-se desanimado depois de descobrir que ele poderia duvidar de quase tudo, devido à possibilidade de que toda a sua experiência pode ser distorcida por suas percepções. Cada sensação derivada de seus sentidos físicos poderia muito bem estar enganando. Em última análise, ele descobriu que, a fim de ser enganado, ele deve ter uma mente e ser um ser pensante, ou como ele famosamente declarou: Cogito Ergo Sum, ou penso, logo existo. Ele deduziu que, porque ele poderia pensar, ele poderia saber com certeza que ele existia. Para Descartes, esta verdade foi o início de uma epistemologia que estabeleceu a possibilidade de conhecimento.
 




 



Holdings - Tel Aviv - Jafra - Israel
O Blog - " A Serviço do Senhor "
Diác. Rilvan Stutz - " O Servo com Cristo "
Portal Shvoong - Membro
 


Rádio Rei dos Reis