Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quinta-feira, outubro 27, 2011

POR QUE HOMEOPATIA NÃO FUNCIONA?

NOTÍCIA-OPINIÃO





==================== Rede de Divulgação



Sempre que se busca pelo medicamento
que se deve ministrar em homeopatia, usa-se o método unicista, ou seja, de prescrever um só medicamento, mesmo que, posteriormente, venha-se a mudar de medicamento.
=
Utilizam-se, para chegar a tal e qual medicamento, as informações que constituem verdadeiro inquérito frente ao paciente, por exemplo, em saber se ele é ciumento, condolente, depressivo, maníaco, violento, agressivo, indiferente, além de outras propriedades que se tenta inferir acerca da pessoa.
=
Só que, quem percebe se a pessoa é condolente ou não é o médico. Quem percebe se a pessoa é agressiva ou não é o médico. E essas percepções não são propriedades inerentes ao paciente em questão, mas ao médico que está observando o paciente!
=
Temos de lembrar o que René Descartes escreve com muita propriedade: O que podemos inferir acerca do meio exterior? Absolutamente nada! A única inferência ou único raciocínio que não apresenta falha, segundo Descartes é "PENSO, LOGO EXISTO", que também está errado, conforme demonstrei atrás, em outros artigos, sendo que o correto é "PENSO, LOGO SINTO".
=
Por isso, qualquer conclusão que se tenha acerca do paciente é muito mais uma apercepção imanente do médico que observa, do que do paciente que está sendo objeto de análise.
=
Assim, por exemplo, quando o alcoólatra diz ser ciumento de seu cônjuge, isso é mera informação do paciente e verdadeiramente falso. Em verdade, aquilo que o paciente alcoólatra chama de ciúme é apenas um desejo disfarçado. Por isso, mesmo informações cedidas pelo paciente são objeto de exclusão quando levados à sua análise.
=
Pode-se também como contra prova, apenas, tentar modificar o medicamento Lycopodium clavatum C30 por Pes ursinus C30 e uma boa parte, se não todos os pacientes vão referir que com o Lycopodium se davam bem e com o Pes ursinus não se deram bem. Esses medicamentos são sinõnimos.
=
O mesmo tipo de entendimento pode ser feito acerca do medicamento Pulsatilla nigricans com Anemona Pratensis. Os pacientes referem que não obtiveram melhora ao se modificar de medicamento e mesmo que pioraram. São sinônimos.
=
Por isso, para a homeopatia, serve muito mais a auto-sugestão consciente, onde a VONTADE da pessoa está polarizada para aceitar que um medicamento lhe faça bem ou não.
=
E causa espécie a observação de alguns médicos que dizem "homeopatia salvou meu filho!". Ele estava internado em uma UTI. Do melhor hospital do País, recebendo os medicamentos de última geração, com respiração de oxigênio, e eu dei duas bolinhas de Sulphur depuratum c30 e ele dois dias após, ficou bom! É piada, NÉ?
=
Casos de tratamento de diabete pode-se usar tal e qual medicamento as tonelagem, que também é indiferente! Digo, não é indiferente, pois a glicemia sanguínea fica sempre acima dos 300 MG/dl, faixa em que aumenta a incidência de infarto cardíaco ou cerebral.
=
Por essas e por outras, homeopatia simplesmente não funciona! Em 1983, houve no Brasil, uma pressão muito forte daqueles que queriam fazer homeopatia como uma forma de aumentar seus rendimentos.
=
Como a homeopatia não era reconhecida pelos Conselh
os de Medicina, os homeopatas eram perseguidos. Quando o número de homeopatas ficou grandão, os Conselhos de Medicina fariam muitos inimigos se continuassem a brigar com os homeoterapêutas. E a partir desse ano, decidiram pela regularização da medicina homeopática.
=
Eu fiz curso de especialização em homeopatia, de 1979 a 1982. Nunca pude comprovar nenhuma das benesses que se prometem nas salas de aula, mesmo com a melhor das boas intenções, e utilizando a melhor da minha VONTADE para tentar perceber algo que nunca aconteceu afora a auto-sugestão consciente.
=
Afora o fato de que a partir da dinamização C12 não existir mais matéria, e sim somente a energia como queiram os homeopatas, vai sempre haver a inferência do médico que está analisando as propriedades do objeto ou paciente. Pelas observações de Descartes, não se pode afirmar nada de verdadeiro acerca do mundo exterior!
=
Assina – Dr. Magnus Amaral Campos - médico devidamente inscrito no CREMESP sob número 36.185.
Professor Universitário–Conselheiro.
Mega-Arquivo–Shvoong.





=Blog-Pensadoreslivres.org















Igreja Presbiteriana do Brasil
O Blog - "A Serviço do Senhor"
Diác. Rilvan Stutz " O Servo com Cristo"

Mega Arquivo Shvoong - Prof. Universitário
Dr. Magnus A. Campos - Membro Shvoong

Rádio Rei dos Reis