Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

terça-feira, dezembro 15, 2009

O QUE É HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA?

CUIDANDO DA SAÚDE




Hipertensão arterial é definida como a elevação permanente da pressão arterial acima de valores considerados normais. Para firmar o diagnóstico de hipertensão, a pressão arterial deve ser aferida pelo menos três vezes com técnica adequada e em momentos diferentes. Atualmente considera-se hipertensão arterial um valor de pressão arterial sistólica igual ou superior a 140 mmHg ou pressão arterial diastólica igual ou superior a 90 mmHg.
=
Indivíduos maiores que 18 anos devem ter pressão arterial inferior 130 x 85 mmHg e são classificados como “normal limítrofe” os valores entre 130 e 139 mmHg de pressão arterial sistólica e 85 e 89 mmHg de pressão arterial diastólica.
=
A principal conseqüência da HAS é o aumento do risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares, sendo responsável por 40% das mortes por AVE e 25% dos óbitos por doença arterial coronariana. A elevação da PAS acima de 130 mmHg e da PAD acima de 85 mmHg, correlaciona-se com maior risco de complicações cardiovasculares e esta tendência torna-se cada vez mais acentuada a medida que os níveis pressóricos tornam-se mais elevados.
=
Os níveis elevados de pressão arterial estão relacionados a uma menor expectativa de vida. Assim a hipertensão tem elevado custo médico-social por ser um fator de risco importante para doença cardiovascular, cerebrovascular, insuficiência cardíaca, insuficiência renal e aterosclerose periférica.


Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Fabio D. Garcia - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis