Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quinta-feira, setembro 15, 2011

O AMIGO DE CRISTO

EDIFICAÇÃO







O sal é certamente bom; caso, porém se torne insípido, como restaura-lhe o sabor? Nem presta para a terra, nem mesmo para o monturo; lança-o fora. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Lucas 14: 34-35.

Deus tem convocado seu povo para sermos verdadeiro: “o sal da terra e luz do mundo”. Antes de pensarmos no sal e na luz, nos preocupemos um pouco com o nosso viver no dia a dia.

Não temos correspondido! Sabemos muito bem das nossas fraquezas! Temos olhado para Cristo como devemos?

Precisamos lembrar que “amigo” é aquele que não falta nunca e, principalmente se falando de Jesus Cristo. Este é o verdadeiro amigo, acima de qualquer coisa.

Com todas nossas fraquezas reconhecidas, nossas falhas, mas só o Bom Amigo Jesus Cristo, sempre estará ao lado dos seus, ao lado dos seus servos.

Sempre pronto para nos ensinar melhores caminhos. O ser amigo e fiel a Jesus Cristo, sempre será a melhor solução e acima de todas as coisas.

Se enfrentamos muitas dificuldades, saberemos que a razão, é porque estamos frágil. O fracasso poderá ser nossa pouca fé em alguns momentos da vida. Isto é perigoso, pois satanás nos rodeia.

O inimigo sempre vai tentar nos tirar do bom e saudável caminho. Felizmente temos Jesus Cristo e andamos com Ele. Por outro lado o cuidado se faz necessário, precisamos estar atentos, o inimigo é sutil, ardiloso, cheio de artimanhas.

Ele faz o "certo parecer errado, e o errado parecer certo". A bíblia nos alerta a estarmos atentos às astutas ciladas, são surpresas do malígno. Conversas inadequadas, e coisas semelhantes sempre nos separa de Cristo, nos enfraqueçe e caímos em tentações. Meditemos muito, e procuremos caminhos respaldados na Bíblia que nos leve a condutas saudáveis.

Gostaríamos de chegar a bíblia, o precioso Livro, que nos ensina tudo e, de tudo! Deste Livro, é o que precisamos neste momento, nos levará a alcançar forças chegando à felicidade ou bem deste momento "impar"! Aproveitemos e falemos um pouco dos ensinamentos do Livro de Lucas.

Lucas usa o sal como exemplo, lemos no texto abaixo que ele sem sabor não tem valor algum! Figuradamente para nossas vidas ele foi muito feliz, nos exorta para que em hipótese alguma, deveremos perder o sabor!

O texto diz assim: Lucas 14, 34. O sal é certamente bom; caso, porém se torne insípido como lhe restaurar o sabor? Neste versículo Cristo compara o crente “morno”, indolente que não calcula o preço de segui-lo, com o sal sem sabor.

Temos em Ap. 3.16, uma referencia sobre o ser “morno”. Na revelação Cristo diz: “Assim porque és morno, é nem és quente nem frio, estou a ponto de vomitar-te da minha boca". Na verdade, o crente fiel de ser estabelecido no reino e na comunhão com Deus (Sl. 27; 4).

Outro texto muito edificante nos mostra o segundo livro de Timóteo, onde nos fortalecemos e nos alegramos com tamanha promessa!

II Tm 3:11-12, diz: “Fiel é esta Palavra: se já morremos com Ele, também viveremos com Ele; se perseveramos, também com Ele reinaremos; se o negamos, Ele por sua vez nos negará; se somos infiéis, Ele permanece fiel, pois de maneira nenhuma pode negar-se a si mesmo”.

O versículo nos mostra a perseverança do crente na caminhada com Cristo em amar e salvar. Entretanto, é a imutabilidade de Cristo que da base para a firmeza do crente.

A fidelidade de Deus em cumprir suas promessas de misericórdia está viva! Vemos isto lá na epístola do Apóstolo Paulo aos Romanos, 3:8; 29-32 e 1Jo 3:20. São as confirmações através da Palavra.

Cristo é nosso melhor amigo! Ser fiel é realmente tê-lo como amigo! É difícil ser totalmente fiel, isto é a conseqüencia de nossas fraquezas. Muitas vezes e principalmente em nossos dias, as dificuldades nos ultrapassam.

Mas pela Graça do Pai, possuímos a Palavra que nos ensina o caminho que devemos andar, assim temos a proteção perfeita e Divina. Lembramos também que Jesus está ao nosso lado, mas precisamos merecer reconhecendo nossos fracassos.

O importante é "NOSSA CONFISSÃO" nos colocando aos pés de Cristo confessando. Afastar tudo aquilo nos condene perante ao Nosso Senhor Jesus Cristo e, isto é necessário é urgente em nossa conduta. Assim estaremos alcançando uma comunhão sincera perante ao Senhor.

O verdadeiro cristão precisa encontrar forças para estar sempre pertinho da Palavra de Cristo. Supliquemos ao Senhor da glória que nos conduza sempre pelos seus caminhos, pois sendo sendo fiel ao Senhor com certeza seremos recompensados com "bençãos e bençãos.

Vamos usar o que de graça nos concedeu o Pai. Caminhemos com Cristo e seremos o “sal da terra, o verdadeiro amigo de Cristo”.



















Igreja Presbiteriana do Brasil
O Blog - "A Serviço do Senhor" Diác.
Rilvan Stutz "O Servo com Cristo!"
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis