Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quarta-feira, setembro 04, 2013

EXERCÍCIO FÍSICO: ALIADO DE BOAS NOITES DO SONO





MENSAGEM
 







Estar em casa e preparar-se para dormir é o que muitos esperam depois de um dia intenso.

Entretanto, relaxar durante a noite pode ser um problema para quem sofre de algum tipo de distúrbio do sono.

Uma excelente alternativa para garantir uma noite bem dormida é praticar atividade física.

Exercitar o corpo proporciona sono mais profundo e, consequentemente, mais reparador.
Exercício físico: aliado das boas noites de sono. Os especialistas apontam a endorfina – o neurotransmissor que atua como analgésico e traz sensação de bem-estar – liberada durante os exercícios, como responsável pelas boas noites de sono.

Aliás, os sedentários levam mais tempo para dormir: são em média dez minutos, contra sete dos que se exercitam regularmente.

No entanto, é importante evitar a prática minutos antes de ir para a cama. “A prática libera substâncias que fazem com que a temperatura corporal aumente.
E o sono começa justamente quando a temperatura diminui”, explica a dra. Stella Márcia Tavares, responsável pelo setor de Polissonografia da Neurofisiologia Clínica do Hospital Israelita Albert Einstein.

Além disso, aumenta a adrenalina no organismo, o que pode atrapalhar o sono.

O ideal é realizar o exercício físico quatro horas antes de dormir, no mínimo. Contudo, antes de começar a praticar alguma atividade física, quem sofre de distúrbios do sono deve procurar a orientação de um especialista.

As noites mal dormidas trazem diversas consequências: cansaço durante o dia, sonolência e até a redução da memória. Quem dorme menos que o necessário – são recomendadas oito horas por noite – também é, geralmente, mais agitado e pode apresentar sintomas de depressão.

“A prática esportiva pode ajudar a dormir melhor, mas funciona como um auxiliar, um coadjuvante, não atua diretamente em problemas nos casos crônicos de insônia”

Na hora de escolher a atividade física, as que se destacam são as que trabalham o alongamento e a flexibilidade muscular, como ioga e tai chi chuan. Esse tipo de exercício, com movimentos suaves, tranquiliza, diminui a tensão muscular, a dor e a fadiga.

Os exercícios aeróbicos - como a corrida, o ciclismo e a natação - também são bons companheiros do sono. Garantem condicionamento do sistema cardiorrespiratório e podem diminuir as chances de apneia - o inconveniente ronco.

Distúrbios do sono

Embora a atividade física seja essencial, não resolve necessariamente todo tipo de distúrbio do sono. “A prática esportiva pode ajudar a dormir melhor, mas funciona como um auxiliar, um coadjuvante, não atua diretamente em problemas nos casos crônicos de insônia”, afirma a médica do Einstein.

O exercício físico beneficia mais a quem dorme “picado”. As atividades físicas aumentam a quantidade de sono profundo e diminuem o número de despertares e de vigília durante a noite. Outro distúrbio que pode melhorar com a ajuda dos exercícios é a apneia - uma parada repetida e temporária da respiração durante o sono. O problema é normalmente associado ao ronco.

O efeito do exercício físico nesses casos será indireto, uma vez que quem sofre de apneia, em geral, também é obeso e a atividade física ajudará a controlar o peso e, consequentemente, esse distúrbio poderá diminuir.









Holdings - Tel Aviv - Jafra Israel

O Blog " A Serviço do Senhor "
Diác. Rilvan Stutz - " O Servo com Cristo "
Fonte: http://www.einstein.br
Deus Ainda Fala - A Sós com Deus
 

Rádio Rei dos Reis