Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

sábado, setembro 25, 2010

A NECESSIDADE DE SE REVER A VERDADEIRA E REAL IGREJA PARA CRISTO

EDIFICAÇÃO

Anda na minha presença e sê perfeito.
Gn..17.1b.


Entendemos que a Real e verdadeira Igreja de Cristo é aquela em que seus membros se amam como Jesus amou. Assim, também devemos amar. Que perdoa como Jesus perdoou. Quando também devemos ter o mesmo sentimento. O Jesus que curou. Jesus que assistiu aos menos privilegiados e os amparou e, ainda ressuscitou a muitos.

Morreu por cada um de nós. Sua morte alcança pecadores para um estado diferente, a Vida Eterna! Isto é amor, o amor sublime, sentimos a Igreja de hoje a “terrena”, com tristeza, pois sabemos que nossos pecados nos impedem de alcançarmos o necessário alvo e estágio de Santidade. Também não é atitude Cristã ficar observando não necessariamente o Irmão de “um lado para outro”, pois assim nos tornamos inconvenientes, biblicamente falando.

Olhar para o defeito do meu irmão? Para que? O que nos preocupa muito é a falta de uma vida de busca dedicada ao Senhor. Por contrário, sem um bom comportamento e atitudes maduras não nos ajudaria a chegar perto de uma Igreja dedicada, mais consagrada. Um bom aperfeiçoamento e intensa busca na ação do Espírito Santo de Deus em nossas vidas é imprescindível.

Falar de Igreja é um dos motivos que mais nos faz meditar e nos preocupa, pois “TEMOS PERDIDO MUITO NA BATALHA PELA BUSCA DA SANTIFICAÇÃO. Nossa vida em poucas voltas já nos conduz ao pecado, a união com Cristo nos abastece em maior vigor, o que O Pai nos oferece, vem de Cristo, é gratuito.

Precisamos amar nos doarmos com o coração aberto. Encontraremos a certeza que nos levará para e, com atitudes mais reais, sinceras que nos levará a Cristo e Sua Igreja verdadeira. O Apóstolo Paulo, quando se dirige ao Povo de Filipos, sente alí a alegria, união à saudade de quem conhecia um Povo fiel, uma Igreja fiel, povo que amava a Cristo e sua Igreja.

Ele afirma que o Cristão não deve esmorecer. Desta forma devemos abandonar as coisas que pesam e atrapalham nossa caminhada Cristã. Assim devemos conduzir todos os nossos Irmãos os tornando “Um”, estaremos “erguendo uma Igreja mais real”, a Igreja de Cristo.

Ao mesmo tempo devemos renovar nossas decisões de prosseguir com determinação da busca e perfeição, isto como meta áurea para todo o Cristão, o Apóstolo Paulo diz: Irmãos quanto a mim, não julgam havê-lo alcançado para as que diante de mim estão, prossigo para o “alvo”, para o prêmio da soberana vocação de Deus em Cristo Jesus.

Irmãos, a expressão “prossegue. (ato de prosseguir)”, para o alvo, tem em si muitas lições importantes para cada um de nós. Por exemplo: a finalidade da Igreja, é dever de seus membros buscar a perfeição a cada momento da vida, mesmo sabendo tal meta será alcançada no céu. Aqui, nesta esfera terrena da vida, temos sofrido com injustiças e ficamos separados. Não importa, nossa meta seja alcançar o “mover” dos homens e, tenhamos verdadeiramente como “meta a Igreja, o amor que Ele tanto merece”.

Ao chamar Abraão, Deus lhe disse: Ande na minha presença e sê perfeito (Gn. 17. 1). Ande em minha presença e persiga a meta da perfeição. O Apóstolo Paulo, nos alerta que também deveríamos como Cristãos estabelecer a “estatura de Cristo”, como alvo a ser alcançado, (Ef. 4.13). Como o Apóstolo Paulo eu falo: Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de contemplá-la até o dia de Cristo Jesus! Que sejamos Mais que vencedores em nossa meta, seja: alcançar o “alvo”.









Igreja Presbiteriana do Brasil
Diácono Rilvan Stutz - Membro Catedral
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis