Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

sexta-feira, setembro 04, 2009

MARGARINA OU MANTEIGA?

CUIDANDO DA SAÚDE


Só "Rei dos Reis"

Há muitas opções de margarinas e manteigas disponíveis nos supermercados brasileiros,inclusive versões especiais para quem quer cuidar do coração. Os idosos devem escolher o produto que mais favoreça sua saúde no aspecto geral, sem prejudicar o equilíbrio nutricional de seu cardápio diário.


Para fazer a melhor escolha é preciso conhecer as diferenças entre ambas, que são lipídios (gorduras). A margarina é feita a partir de óleos vegetais - como os grãos de soja - e por isso é isenta de colesterol e tem menor quantidade de sal que a manteiga, que é de origem animal (leite de vaca, com gordura saturada). Atualmente as margarinas não são mais hidrogenadas e por isso estão isentas de gorduras trans. Por isso o produto não tem contra-indicações, além de ser rico em ômega-3 e ômega 6, essenciais na prevenção das doenças cardiovasculares.


O consumo de margarina pode reduzir até três por cento os níveis de mau colesterol. O que significa uma redução do risco de acidente vascular cerebral (AVC). A gordura vegetal é ainda fonte de vitaminas lipossolúveis A, D, E e K. Sendo assim, é importante lembrar que não é necessário abrir mão da manteiga, mas deve-se dar preferência ao consumo diário da margarina.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel

Casas de Repouso.Com - Artigos

Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

NAVEGAR NA INTERNET AUMENTA A SAÚDE DOS IDOSOS

CUIDANDO DA SAÚDE







A INCLUSÃO DIGITAL NA TERCEIRA IDADE TEM IMPACTO MENTAL
POSITIVO.

Os geriatras atualmente recomendam mais uma atividade para os idosos que desejam ter a saúde mental em dia: navegar na internet. Assim como livros, palavras cruzadas e jogos de carteado ajudam a manter a memória em dia, a inclusão digital traz novos desafios à terceira idade que se convertem em benefícios mentais.


Além de trabalhar o cérebro, o uso do computador nessa faixa etária aumenta a rede social e melhora a autoestima, segundo psicólogos. De acordo com uma pesquisa realizada pelo neurocientista Gary Small, da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, o uso moderado da internet por pessoas de 55 a 76 anos resulta em um aumento significativo da atividade cerebral.


Segundo pesquisa do Ibope, dobrou o número de usuários acima de 65 anos com acesso à internet no Brasil entre 2006 e 2008, passando de 12% para 25%. Uma prova de que há cada vez mais vovôs e vovós aproveitando o que a internet tem de melhor.







Holdings. Tel Aviv - Jafra - Israel

Casa de Repouso.Com - Artigo

Diác. Rilvan Stutz - membro - Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro