Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, janeiro 12, 2009

MEU FILHO, MEU DISCÍPULO

Muitas vezes, olhamos a sociedade, e sentimos o reflexo de como está a família. Nesta mensagem, Judith Kemp, descreve e dá instruções de como educar os nossos filhos. Ela informa e aconselha com autoridade, pois apesar de muitas pessoas até terem boa vontade, muitas vezes, só conhecem a teoria, mas Judith fala com conhecimento de causa, pois é casada com Jaime Kemp, também missionário, possuindo também duas filhas, ou melhor, três filhas.
=
No título do desta mensagem, “Meu filho, Meu discípulo”, Judith Kemp, convoca a todo mundo, não só aos pais atuais, mas também aos futuros, independente de serem pais biológicos ou adotivos, para refletirem sobre o papel de educar uma nova geração de seres humanos. Não basta simplesmente colocá-los no mundo. É preciso conscientizar que vidas de outras famílias poderão ter a possibilidade de alcançar longos dias sobre a face da Terra, se instruirmos corretamente os nossos filhos, a proceder corretamente, a agir adequadamente em toda e qualquer situação.
=
Precisamos ensinar nossos filhos. Mas, para isso temos que saber o que ensinar. Judith, com sabedoria apresenta-nos um modelo a ser seguido: o instrutor Jesus Cristo!
=
Jesus, em uma passagem bíblica, disse aos seus discípulos: Ide e fazei discípulos de todas as nações, ensinando tudo o que lhe fora ensinado. Nesta mensagem, a escritora relata alguns princípios que Jesus ensina. Ele fala de amor, fé, compaixão, arrependimento, perdão e muitas outras pérolas. Pede que os discípulos façam o mesmo. Ensinou-lhes o que devia ser feito e bem feito, e nós, quando temos filhos, eles também devem ser ensinados, não somente pelos professores nas escolas, mas também por nós. Nossos filhos são, antes de tudo, nossos discípulos, pois discípulo, significa que é alguém que estar sendo ensinado por outro que possui maior conhecimento, experiência e uma visão além do que os nossos olhos naturais podem contemplar.
=
Não basta simplesmente dizer aos discípulos (filhos) o que fazer, que o correto é assim desse jeito ou daquela maneira. Existe também uma outra forma complementar que tem uma importância muito grande, e que é o exemplo que eu, ou você, ou qualquer pessoa deve acrescentar. Os discípulos (filhos) tendem a seguir os nossos exemplos.
=
Por isso, neste texto encontrarás conhecimento e sabedoria. Aproveite e aprecie.

=




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Judith Kemp
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
www.reierei.blogspot.com

Rádio Rei dos Reis