Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, março 30, 2009

MOZART - GENIALIDADE INCOMPREENDIDA

NOTÍCIA - OPINIÃO
=
No dia 27 de Janeiro de 1756 nascia em Salzburg, actual Áustria, um bebê como qualquer outro. Durante cinco anos, o pequeno João Crisóstomo passou praticamente despercebido da restante população infantil do pequeno burgo austríaco em particular, e do mundo em geral, levando a cabo as brincadeias e traquinices habituais de qualquer criança de tenra idade.
=
No entanto, naturalmente incitado pelo pai compositor (Leopoldo Mozart) depressa veio a revelar algo de diferente naquilo que seria o desenvolvimento de uma criança normal, começando a compor aos cinco anos minuetos para cravo, e revelando dotes prodigiosos na criação de melodias ao cravo e reprodução de melodias queouvia. O seu pai levou-o com apenas 7 anos e com a sua irmã Nannerl, com apenas 12, por uma digressão pela França e Inglaterra. O pequeno Mozart fez sensação por onde passou, deixando boquiabertos todos aqueles com quem contactava.
=
Mas a genialidade de Mozart estava longe de se resumir a exibições de pequena criança amestrada. De amestrado, Mozart não tinha nada, e veio a prová-lo ao longo de toda a sua vida. A sua obra provocou uma ruptura importantíssima na história da música ocidental, rompendo com todos os cânones anteriormente estabelecidos pela figura mais importante do período barroco musical: Johann Sebastian Bach. A música barroca era caracterizada pela sua imponência, por uma busca das acralidade e do rebuscado. E isto é muito mais verdadeiro em Bach, que era um luterano devoto, e procurava demonstrar isso na sua música.
=
A música barroca é complexa e pesada, é uma oração que se faz numa catedral imensa e feita de pedra. A música de Mozart veio trazer uma lufada de ar fresco à música, com a sua leveza e o seu riso, a música de Mozart eleva-se aos cânticos de anjos desde sempre presentes no imaginário popular. Mozart não se contentou em ser um mero criado, o banal músico por encomenda que vigorava na altura. A sua genialidade e irreverência fizeram com que procurasse criar aquilo que lhe dava prazer, muito mais do que aquilo que o público poderia aceitar.
=
No entanto, no caso de Mozart, um e outro estavam intimamente ligados. Mostrou na sua música a sua verdadeira alma: a simplicidade, leveza o riso e brincadeira sempre presentes em todas as suas obras rapidamente conquistaram o coração do público, permanencendo até aos diasde hoje. Mozart provou que não eram preciso rebuscados contra pontos e melodias complexas e emaranhadas umas nas outras para que a música chegasse ao céu: com riso e leveza seria muito mais fácil. A única altura em que verificamos que Mozart revelou na sua música uma angústia profunda, uma mágoa que arrepia de tão negra, foi quando compôs o único Requiem da sua vida. Mitos defendem que este foi encomendado pela própria morte, mas sabendo como Mozart acabou a sua vida, já sem a fama dos tempos áureos da juventude, trabalhando por encomendas, doente e na miséria pela sua própria incapacidade de gerir a riqueza que ia recebendo, entendemos esta mágoa, quase ressentimento, pela sua genialidade não ser entendida por completo.




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Por Maria L. Raveras - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

domingo, março 29, 2009

ASPECTOS HISTÓRICOS DA DOENÇA DE PARKINSON

NOTÍCIAS PELO MUNDO
=
James Parkinson descreveu em 1817 uma doença neurológica até então desconhecida, a qual recebeu o nome de doença ou mal de Parkinson. A doença de Parkinson é um distúrbio do sistema nervoso central, de causa desconhecida, e que afeta principalmente o sistema motor.
=
A sua prevalência na população é de 150 a 200 casos por 100.000 habitantes e a cada ano surgem 20 novos casos por 100.000 habitantes. Os sintomas motores mais comuns são: tremor, rigidez muscular, acinesia (imobilidade) e alterações posturais. Entretanto, também podem ocorrer outros sintomas, tais como comprometimento da memória, depressão, alterações do sono e distúrbios do sistema nervoso autônomo.
=
O inglês James Parkinson (1755-1824) foi médico, paleontólogo amador e ativista social. Sua carreira médica foi ofuscada por sua luta em diversas causas sociais, filantrópicas e até revolucionárias. Em 1817 publicou o estudo An Essay on the Shaking Palsy, no qual caracterizou a paralisia agitante como uma entidade clínica. Foi Jean-Martin Charcot que, 40 anos mais tarde, denominou-a doença de Parkinson. A doença de Parkinson é um epônimo médico universalmente consagrado, sendo utilizado com bastante freqüência, inclusive na imprensa leiga.
=
O médico James Parkinson, porém, é praticamente um desconhecido, inclusive entre a grande maioria dos profissionais da medicina. Os próprios médicos ingleses só reconheceram o valor de seu colega e conterrâneo após a publicação de um artigo do americano J. G. Rowntree em 1912, no Bulletin of the Johns Hopkins Hospital, entitulado (Nasceu inglês, criou-se como inglês, esquecido pelos ingleses e por todo o mundo, tal foi o destino de James Parkinson).







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prof. Elvio A. tuoto - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

sábado, março 28, 2009

O PODER DA ORAÇÃO

EDIFICAÇÃO
=
"Invoca-me, e te responderei; anunciar-te-ei cousas grandes e ocultas que não sabes" (Jer.33:3).Quão grande e encoberto segredo é o poder ilimitado da oração: temo falar disto, pois me considero incapaz de descrever, em palavras humanas, a inefável onipotência de Deus que Ele revela ao homem que ora. Queremos tentar aproximar-nos, mediante uma simples pergunta, no centro deste segredo divino.
=
Por que orar?
1.1 Porque Deus, o Pai, nos chama à oração:
"Invoca-me no dia da angústia: eu te livrarei, e tu me glorificarás (Sl. 50:15). Além do fato que o Senhor atende também o nosso clamor causado por necessidades exteriores, todo aquele que começar a ler Sua palavra com o coração aberto, inevitavelmente entrará em necessidade interior. E nisto vem o convite do Pai: "Invoca-me no dia da angústia."
=
1.2 Porque Deus, o Filho, nos urge à oração:
"Disse-lhes Jesus uma parábolo, sobre o dever de orar sempre e nunca esmorecer" (Lc. 18:1). "Pedi, e dar-se-vos-á, buscai, e achareis; batei. e abrir-se-vos-á" (Mt. 7:7). Ele, o Filho de Deus, portanto, nos urge a intensificar a nossa oração. Pois "pedir" é um perguntar passivo, "buscar" já é uma perseverança decidida, porém "bater" significa penetrar até à presença de Deus, continuar até que a porta do Santíssimo se abre.
=
1.3 Porque Deus, o Espírito Santo, quer orar por meio de nós.
"Também o Espírito semelhantemente, nos assiste em nossa fraqueza; porque não sabemos orar como convém, mas o mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira com gemidos inexprimíveis", (Romanos 8:26). O chamado do Deus triuno à oração consequentemente abrange também a Sua promessa de produzir em nós esta oração. O mesmo Espírito intercede por nós sobremaneira com gemidos inexprimíveis. Como podes defender ainda a tua inteligência e preguiça na oração quando o Deus triuno te urge tanto a orar, e mais ainda, quando Ele até te promete, fazê-lo em e através de ti! "Fiel é o que vos chama, o qual também o fará". Se, pois, o Deus triuno nos chama à oração, três coisas são necessárias: primeiro: oração, segundo: oração e terceiro: ainda oração.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Dr. Wim Malgo - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

sexta-feira, março 27, 2009

ALIMENTOS, SUAS CORES E SIGNIFICADOS

CUIDANDO DA SAÚDE
=
As cores dos alimentos são determinadas pela presença dos pigmentos. Estas substâncias, além de colorir desempenham, frequentemente, papéis importantes na prevenção e na proteção do organismo contra doenças infecciosas.As cores dos alimentos denotam a presença de pigmentos e, por isso, uma dieta colorida tem mais chances de ser mais saudável.
=
VEJA A SEGUIR O QUE ESTÁ POR TRÁS DAS CORES DOS ALIMENTOS.
=
ALIMENTOS BRANCOSOS: alimentos de cores brancas como o leite, queijo, couve-flor, batata, arroz, cogumelo e banana são as mellhores fontes de cálcio e de potássio. Estes minerais são importantes para o funcionamento do organismo, porque: - Contribuem na formação e manutenção dos ossos. - Ajudam na regulação dos batimentos cardíacos. - São fundamentais para o funcionamento do sistema nervoso e dos músculos.
=
ALIMENTOS VERMELHOSO: licopeno é uma substância que age como antioxidante e é responsável pela cor vermelha do morango, tomate, melância, caqui, goiaba vermelha, framboesa, cereja.Mais recentemente foi apontado como um protetor eficaz contra o aparecimento de câncer de próstata. Os alimentos vermelhos contêm, ainda, antocianina que estimula a circulação sanguínea.
=
ALIMENTOS AMARELOSO: mamão, a cenoura, a manga, a laranja, a abóbora, o pêssego e o damasco são alimentos de cores amarela ou alaranjada que são ricos em vitamina B-3 e ácido clorogênico.São substâncias que mantêm o sistema nervoso saudável e ajudam a prevenir o câncer de mama.Para completar, eles também possuem beta-caroteno, um antioxidante que ajuda a proteger o coração.
=
ALIMENTOS ARROXEADOSOS: alimentos azulados e arroxeados, como a uva, a ameixa, o figo, e a beterraba ou repolho-roxo contêm ácido elágico, substãncia que retarda o envelhecimento Neutraliza as substâncias cancerígenas antes mesmo delas alterarem o código genético.
=
ALIMENTOS VERDES: Os alimentos de cor verde como os vegetais folhosos, o pimentão, o salsão e as ervas contêm clorofila e vitamina A, substâncias com os seguintes efeitos: imediatamente, desintoxicam as células, Inibem os radicais livres - substâncias que danificam as células e causam doenças com o passar do tempo. Tem efeito anticancerígeno e ajudam a proteger o coração. Protegem o cabelo e a pele.
=
ALIMENTOS MARRONS: As fibras e vitaminas do complexo B e E são, principalmente, encontradas nas nozes, aveia, castanhas e cereais integrais, que por sua vez tem uma cor marrom. Tais substâncias e nutrientes têm importâncias vitais no organismo: Melhoram o funcionamento do intestino. Combatem a ansiedade e a depressão. Previnem o câncer e as doenças cardiovasculares.










Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

quinta-feira, março 26, 2009

QUANDO GASTAR TORNA-SE UMA OBSESSÃO

TEMA: EDUCAÇÃO
=
Comprar, Comprar e comprar... Muita gente Compra para obter status, por necessidade, ou até mesmo por modismo, mas há quem compre pelo simples prazer que esse ato proporciona. Essas pessoas são os chamados consumidores compulsivos e formam 3% da população brasileira.
=
A oniomania, doença que ataca esse tipo de compulsivo, é caracterizada como um transtorno de personalidade e mental, classificado dentro dos transtornos do impulso. Para o consumidor compulsivo, o que lhe excita é o ato de comprar, e não o objeto comprado. Essa pessoa "tem vontade de adquirir, mas não de ter", afirma o psicólogo Daniel Fuentes, coordenador do Ambulatório do Jogo Patológico (Amjo) do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas.
=
Segundo ele, a maioria dessas pessoas é composta por mulheres, mas todas possuem temperamento forte, são ágeis, dinâmicas, inquietas, perfeccionistas, possuem uma desenvoltura social e cultural maior, são imediatistas e muito inteligentes. "O mais interessante dos dados que a gente conseguiu com o grupo foi que essas pessoas têm tendência a ser mais inteligentes do que a média das outras pessoas. De alguma forma essa vantagem intelectual não é aplicada na vida, porque racionalmente são pessoas que, depois da compra, são capazes de saber que fizeram besteira", complementa. Na hora da compra, o craving (avidez) por comprar fala mais alto. Os compulsivos por jogos, por exemplo, possuem uma fixação maior que a fixação do viciado em cocaína.
=
Muitos problemas podem ser gerados por essa doença. Os compulsivos contraem dívidas de até dez vezes a sua renda mensal, o que gera problemas pessoais e familiares. Quando são privados dos meios de compra, chegam até a roubar. "Uma das pacientes, quando estava impossibilidade de comprar, a impulsividade era tamanha que ela chegou a roubar o produto, o que nunca tinha feito antes", relata. Essas pessoas, até então, eram honestas e se deixaram levar pelo impulso de comprar.
=
Algumas vezes aplicam golpes, passam cheque sem fundo e pedem dinheiro emprestado para quitar dívidas advindas de sua compulsão. "Não é um defeito de caráter, é uma doença mesmo, a pessoa não é desonesta, ela tem uma incapacidade de controlar esse impulso. Elas chegam ao tratamento porque acabam atrapalhando a vida das outras pessoas." Além de sua compulsão em comprar, as pessoas que sofrem da oniomania apresentam outros tipos de impulsividades, como fazer muito exercício, comer exageradamente e trabalhar muito. Mas não compulsivamente, como o obeso ou o workaholic, mas fazer tudo com exagero.Ao comprar, elas não pensam em colecionar coisas, mas acabam sempre comprando um determinado tipo de objeto.
=
"Uma paciente tem 120 pares de sapato, a outra tem mais de 600 CDs, teve outro caso em que a pessoa gastou um talão de cheques em um só dia. Outra paciente possui 30, 40 vestidos semelhantes e que nem são usados", garante Fuentes. Muita gente acha que o consumidor compulsivo compra apenas por problemas emocionais. A depressão está muito ligada a isso, mas não é o que determina o impulso para a compra. As pessoas compulsivas, mesmo quando tratadas com medicamentos antidepressivos, não deixam de ter seus impulsos e, quando conseguem se recuperar, passam por uma crise de abstinência parecida com a dos usuários de drogas pesadas.
=
O compulsivo acaba comprando excessivamente porque não resiste ao seu impulso, e, enquanto não realizar a compra, se sente ansioso, irritado e suas mãos ficam suadas. "Isso tudo é tranqüilizado quando ele compra e muitas vezes pouco importa o que compra", diz Fuentes. O mito de que "eu vou comprar porque estou me sentindo mal-amado" não tem a ver com o transtorno do impulso. Apesar dessas pessoas com transtorno viverem em uma sociedade que respira propaganda, o professor Dilson Gabriel dos Santos, da Faculdade de Economia e Administração da USP, nega que esse seja o principal motivo que leva o consumidor a se tornar um compulsivo.
=
"Nos Estados Unidos, antes de chegar nos caixas de supermercado, você tem que passar por um 'corredor polonês' cheio de produtos. Aqueles são produtos típicos de compra por impulso, mas que atingem todos os tipos de consumidor. No caso dos consumidores compulsivos, eles tornam-se presa fácil para os estímulos do marketing", e complementa: "O marketing não tem o propósito de agir sobre as pessoas compulsivas, e nem tem como distinguir quem é normal e quem compra compulsivamente".
=
Às vezes, o fato de um produto estar bem colocado na vitrine, ou em promoção, ou até sendo degustado em um supermercado, pode levar o compulsivo a comprá-lo porque chama sua atenção, mas ele poderia comprar qualquer outro produto, pois o impulso que lhe faz comprar independe do que ele vai adquirir. "Imagine a pessoa que está propensa a comprar. Ela responde bem a esses estímulos, e muitas delas sentem uma sensação de completude. Por não ser uma compra planejada, ela pode comprar aquilo que estiver chamando mais a atenção na hora", diz Fuentes.
=
Nos casos de compra por internet ou TV, por exemplo, há muita devolução do produto justamente porque ele não é o mais importante no ato da compra. Quando o produto chega em casa, a pessoa percebe que comprou algo inútil e o devolve. Para esses consumidores compulsivos, o professor Dilson dá uma dica: "O pessoal que é mais racional sugere que você saia com uma listinha e a siga rigorosamente. É uma forma de você se defender dos estímulos permanentes e que estão em qualquer lugar, gastando menos".







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Dra. Laura Lopes - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

ASSÉDIO MORAL NO TRABALHO

TEMA: EDUCAÇÃO
=
Atualmente, ao que parece, está crescendo gradativamente o termo Assédio Moral e o assunto vem ganhando espaço e popularidade na atual sociedade. Assédio moral para quem não sabe, é a pressão excessiva que um chefe (patrão) exerce sobre o funcionário para que este produza mais faça as vontades de seu chefe sob risco de represálias.
=
É incrível que tal absurdo aconteça na atual sociedade, onde prega-se uma humanização nas relações entre empregado e chefe. O termo assédio moral parece ter surgido nos Estados Unidos e a lei que classifica tal atitude como ofensiva ou danosa já está em vigor em vários países.
=
A grande verdade, porém, é que o assédio moral em si acontece não apenas no ambiente de trabalho. Na verdade acontece até mesmo durante uma entrevista de trabalho. Muitos já devem ter notado que é muito comum o entrevistador fazer perguntas desafiadoras ao entrevistado, algumas até inconvenientes, o que por vezes deixa o entrevistado com um certo constrangimento por não saber ao certo o que responder.
=
É necessário questionar os métodos de contratação realizado por certas empresas. Questionar o preparo de quem faz entrevistas e a seleção dos entrevistados. E os cidadãos que prezam pelos seus direitos por sua integridade moral devem agora, mais do que nunca ficarem mais do que atentos para esta realidade que agora é definida pela lei.








Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prof.Roberto Alves - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

terça-feira, março 24, 2009

VITAMINA C: PROMOVE FAXINA NO ORGANISMO

CUIDANDO DA SÁUDE
=
Pesquisadores brasileiros da Universidade de São Paulo (USP) e do Instituto Butantã, apresentaram dados reforçando que a vitamina C não só protege o organismo como o faz de modo mais eficiente do que se imaginava antes. Ela é uma faxineira do metabolismo. Já se sabia que ela age como antioxidante, combatendo os radicais livres, substâncias que provocam lesões em moléculas e estão envolvidas no envelhecimento celular.
=
O novo estudo, publicado na revista científica PNAS, de março último, mostra que além de ter essa ação direta de neutralização, a vitamina C também age indiretamente sobre os radicais livres, ao acelerar as reações de um grupo de enzimas que impedem a formação dos mesmos. Quando o corpo humano está em perfeito funcionamento, há um balanço entre substâncias oxidantes e antioxidantes. Mas, se por algum motivo os primeiros aumentam de quantidade ou os segundos diminuem, temos o chamado stress oxidante e o resultado são doenças dos mais diversos tipos, explica o bioquímico Luis Eduardo Soares Netto, do Instituto de Biociências da USP.
=
Para retomar o equilíbrio, o ideal é diminuir a formação dos oxidantes e aumentar a presença dos antioxidantes e é aí que a vitamina C entra: numa ação direta ela neutraliza um precursor dos radicais livres, o peróxido de hidrogênio (mais conhecido como água oxigenada), transformando-o em água e no mecanismo indireto, estimula a ação de uma enzima denominada peroxirredoxina, que, como o próprio nome diz, também decompões os peróxidos em H2O evitando a formação de radicais livres. Essa reação química, na presença da vitamina C, fica mais rápida, uma vez que a enzima – rouba elétrons da vitamina.








Holdings.Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prf. Luiz E. S. Netto - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

domingo, março 22, 2009

COMO EVITAR ESPINHAS

CUIDANDO DA SAÚDE
=
Prevenir é melhor que remediar. Assim, mantenha a face limpa quando possível. Use um sabonete especial para o rosto, caso tenha uma pele problemática.
=
Sabedoria Popular: "Comer chocolate e batatas fritas dá Espinha". Isso é verdadeiro e falso ao mesmo. Podemos culpar um hormônio chamado androgênio por causar espinhas. Ele está sempre presente, em doses variáveis. E, se houver muito androgênio no corpo, ele pode estimular a produção de óleo nas glândulas sebáceas, fazendo surgir as espinhas.
=
Porém, caso sua alimentação seja composta de muito açúcar e gordura, sua pele tende a sofrer, pois ela não está recebendo o coquetel adequado de vitaminas e nutrientes, o que a torna vulnerável `a formação de espinhas. Se você tocar sua pele após comer coisas desse tipo, ela pode ficar irritada, provocando espinhas.
=
Como podemos ajuadar a combater as espinhas.
=
1) Prenda o cabelo para trás.
=
2) Despeje água quente em uma bacia.
=
3) Posicione a cabeça sobre a bacia. Cobrindo-a com uma toalha, para não deixar o vapor escapar.
=
4) Fique nessa posição por vários minutos, para abrir os poros.
=
5) Ao sair de sobre a bacia, cubra as pontas dos dedos com panos limpos.
=
6) Pressione suavemente a área ao redor do cravo, para que ele saia. Não force, senão poderá provocar irritações e até cicatrizes.
=
7) Feche os poros passando água fria no rosto.
=
O ideal é repetir essa operação toda semana, de forma a manter a fisionomia limpa e reduzir as chances de espinhas se desenvolverem a partir de poros entupidos e inflamados. A maioria das espinhas some sozinha após cerca de uma semana, mas, se você não consegue conviver com a espinha grande e amarela, aja corretamente.
=
Não esprema com os dedos a menos que estejam limpos ou cobertos com pano. Dedos sujos só vão ajudá-las a se espalhar. E, sempre após remover cravos e espinhas da forma correta, passe um adstringente, que é uma loção contendo produtos químicos que fecham os poros e os mantém livres de bactérias.








Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Dra. Alisten Nech - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

sexta-feira, março 20, 2009

PAPAI, COELHO BOTA OVO?

EDIFICAÇÃO - PÁSCOA
=
Minha filha, Larissa, com apenas um ano e dez meses, não vai me fazer essa pergunta este ano, mas é provável que faça ano que vem. Quero, desde já, desmistificar a Páscoa para ela, mas não me incomodo em manter o glamour do coelhinho e dos ovos de Páscoa, desde que não deixe que ela confunda os significados com os aspectos religiosos.
=
Páscoa é muito mais do que uma data comercial, recheada generosamente com os mais diversos tipos de chocolates. Aliás, percebe-se como é ingrato ter de maneirar nos doces nessa época? Como pensa os gordinhos! Se deixar a
imaginação da criança solta e livre para imaginar o que é a Pascoa, podemos ter surpresas. Vamos ouvir definições como: "é a época do ano em que os coelhinhos voam pelo mundo colocando ovos de chocolate para as crianças que foram boazinhas, e é o Papai Noel que passa a lista pra eles! "Detalhe: coelhinho de páscoa voa, viu? Se pode botar ovos, deve ter asas também!!!
=
Elucubrações infantis à parte, agora que jogo no time dos pais percebo a importância que temos na educação e preparação dos nossos filhos para enfrentar esse mundão aí fora! Temos de ensinar para eles a separar o que são festas e celebrações comerciais do que representam para os eleitos de Deus as datas geralmente usadas para esses fins.
=
Na Páscoa, cujo sentido no Velho Testamento era lembrar o livramento do povo de Deus do cativeiro egípcio, hoje, para nós tem um sublime sigificado da redenção e remissão dos pecados e re(união) a Deus. Lembra ao mesmo tempo momentos de dor e grande sofrimento, mas culmina com lembraças de vitória e júbilo! É isso que devemos inculcar nas mentes dos pequeninos desde cedo, contar-lhes toda a história, seus detalhes (adaptando de forma que entendam de acordo com suas idades). Mostrar que as celebrações do natal têm sentido completo se atreladas às da Páscoa.
=
O povo judeu ainda celebra a Páscoa como no Velho Testamento, a outra parte do povo de Deus, ou seja, nós, podemos dar Glórias a Deus pela libertação do cativeiro egípcio dos judeus, e pela libertação do nosso cativeiro do pecado! Em Fazenda Nova, no agreste Pernambucano, está a cidade-teatro de Nova Jerusalém, que impressiona pela arquitetura. A construção é uma réplica da Judéia sagrada, com lagos artificiais, nove palcos, uma muralha de 3.500 metros e 70 torres. Há quatro décadas, durante a Semana Santa, é realizado o gigantesco espetáculo da Paixão de Cristo, uma peça teatral encenada ao ar livre, que emociona qualquer espectador pela riqueza da produção. Porém ainda mais a nós, conhecedores especializados dos significados de cada ato, de cada fala. Pois são encenados momentos reais que mudaram nossa vida pessoal por ser tratar do sacrifício do Cordeiro Pascoal por nós!
=
Quando as crianças estão maiores, apresentá-las a esse tipo de programa é sadio também. Além do que, o Espírito Santo é soberano para agir em qualquer lugar, de forma que ensinar sobre a Páscoa, seja em casa, nos bancos da Escola Dominical, ou assistindo a espetáculos como esse, podem ser instrumentos de evangelização! Este ano a Larissa vai ganhar só ovinhos de páscoa, mas a partir do ano ano que vem o pacote será mais completo: ovo + coelho (de pelúcia) + historinhas bíblicas ilustradas sobre a Páscoa... Vamos investir tempo ensinando nossos pequeninos as verdades bíblicas nas festas comerciais!





Holdings. Tel- Aviv - Jafra - Israel
Diác. Enos Moura Filho - Iª IPB - Guaraulhos
Ministério Pão Quente Diário
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteria do Rio de Janeiro
www.reierei.blogspot.com

quarta-feira, março 18, 2009

FALANDO SOBRE STRESS E ESTRESSE

CUIDANDO DA SAÚDE
=
Muitos param pra definir algumas formas de stress e estresse, sabem que ambos diferem, o stress é mais emocional e o estresse ou cansaço, ou até deteriorização, é o envelhecimento de algo ou um ser...no nosso caso, o corpo em si. Na matéria, não só vista no terra, mas pesquisada em outras fontes, verifiquei que algumas pessoas sofrem do mal do século mais por opção do que por obrigação...realmente é fato!
=
Para variar como eu não paro, estava vendo mais duas pesquisas que diziam que não apenas é uma opção como que para muitas pessoas virou necessidade, rotina, tanto que quando saem da rotina ficam "enlouquecidas", nem sabem viver mais sem aquela correria, aquele mal hábito (e nem sabem o quão mal estão fazendo para si, e até para outras pessoas).
=
O reflexo disso tudo é o estresse, cabelos brancos, gastrite, altos índices de hipertensão, problemas de coração...na sociedade isso se reflete com o fim de casamentos, altos índices de suícidios, problemas de narcóticos (aumenta o uso para tentar se "libertar"), altos índices de violência (pessoas estressadas costumam perderem a "noção"). E não precisa ir muito longe pra confirmar essas pesquisas, se você é estressado, sabe que com certeza já foi cobrado por isso e já se prejudicou com isso.
=
Existem vários tratamentos para isso, desde mudanças simples de hábitos e remédios. Então posso dizer: "eu sou assim, e posso mudar de hábito..." posso dizer: "neste mundo posso mudar meus atos, posso criar novos hábitos, tudo pode se transformar.." então dá pra mudar!!! Chegou sua vez!!!







Holdings.Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prof. Mauricio Pinto - Membro Shvoong
Adaptado: Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

terça-feira, março 17, 2009

CAIAM MIL,CAIAM DEZ MIL E NÃO SEREI ATINGIDO

EDIFICAÇÃO
=
Caiam mil ao teu lado, e dez mil, à tua direita: tu não serás atingido. (Salmos Cap. 91,7.).
=
A beleza da promessa de Deus para o Seu Povo se torna um dos mais lindo e saudável exercício para nossa fé. Através da palavra de Deus no versículo de Salmos Cap. 91, 7, fortalecemos a certeza de Sua presença em nossas vidas. Sentimo-nos seguros e com forças para sobrevivermos a tantas provações. O versículo mostra a presença de Deus na vida daqueles que O buscam, e encontram resposta e proteção. O versículo é uma pequena mostra do amor do Pai pelos seus. Registrado no Velho Testamento é nosso escudo até os dias de hoje. Nosso Deus é Eterno, a Fonte o Alvo, pois o homem é insignificante no tempo e no espaço. A miséria do homem pecaminoso perante a face do Juiz e Guia do Mundo (7-12). Quando em situação tremenda, enfrentarmos a morte sem a esperança em Cristo (Rm. 8:24), somos inexistentes no plano do Pai. Porque na esperança fomos salvos. Ora, esperança que se vê não é esperança, pois o que alguém vê como o espera?
=
Esta promessa tem nome e endereço, é aplicável a aqueles que têm fé no Senhor, que vivem em comunhão com Deus e confiam Nele sob orientação e consolo. A promessa feita aos fiéis é supremamente aplicável ao Filho, observamos que no livro de Mateus (4:6-7), satanás quis torcer este versículo, separando-o do contexto da fé que gratuitamente nos foi dado.
=
É impossível acontecer qualquer mal a àquele que pertence ao Senhor; as mais esmagadoras calamidades nada mais fazem do que encurtar a peregrinação do crente e aproximá-lo do seu galardão. As dificuldades são bênçãos numa forma oculta, as perdas o enriquecem, a doença lhe é um remédio, o desprezo do mundo é a sua glória, a morte lhe é a porta do céu. Deus responde aos que O procuram, mas a resposta nem sempre é a concessão daquilo que pedimos. O Apostolo Paulo pediu uma cura, mas recebeu algo melhor: uma aproximação do Senhor pela Sua graça (2º Co.7-10). Por termos dias curtos o livro de Salmos no Cap. 90: 12, diz: ensina-nos a contar os nossos dias, isto nos faz refletir que nossos dias são realmente curtos, temos que reconhecer que somos fracos mortais cujo futuro incerto deve colocar nas Mãos de Deus.
=
Não podemos ficar debaixo da ira de Deus, lembremos constantemente que o pecado transforma vidas numa miséria sem trégua. Precisamos viver sob as sombras do Altíssimo, pois descansaremos à sombra do Onipotente, está é a promessa do Mestre. Devemos também dizer ao Senhor da Glória: Tu és meu refugio e meu baluarte, Deus meu em quem confio. “Que caiam mil ao teu lado, e dez mil a tua direita; tu não serás atingido!” Rogamos ao Pai que estejamos sob Suas Asas de proteção. Que nossa fé, como a do Apostolo Paulo, se transforme em uma “rocha inabalável” e, vivamos sempre apossados de Suas promessas Eternas. Seja sobre nós a graça do Senhor nosso Deus! Confirma sobre cada servo do Senhor Sua proteção e que seja a Sua vontade o caminho de nossas vidas. Amém.









Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diácono Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

segunda-feira, março 16, 2009

O QUE ENSINAMOS? O QUE APRENDEMOS

EDUCAÇÃO
=
Educar é utilizar com competência e criatividade as ferramentas do conhecimento, as únicas de que efetivamente o profissional da educação dispõe, para dar sentido as suas práticas profissionais pedagógicas. A escola agregando esses valores, atua no campo social como a institucionalizadora dessa ação, que parte do ideal e ganha forma real através do fazer pedagógico de cada professor.
=
Porém, não apenas a escola vem ocupando esse papel na esfera social, os meios de comunicação, mas que nunca, constitui-se como um dos importantes elementos formador na estrutura cultural e de valores dessa nova geração. E esses são tanto mais eficazes quanto com maior rapidez atingir um maior número de pessoas. O que na grande maioria vem se configurando como uma arma contra valores éticos, morais e sociais.
=
Por meio dos atuais veículos de comunicação, o mundo se torna uma aldeia, não existe limites, povos se aproximam no tempo e no espaço. Hoje temos a possibilidade de nos encontrarmos diante da TV ou do PC e assistir em tempo real qualquer acontecimento mundial. Podemos assistir desde ataques terroristas a líder paquistanesa ou aos inúmeros ataques dos EUA aos afegãos, onde as vítimas fatais, em sua grande maioria, são civis e crianças.
=
A toda essa barbárie, costumamos chamar apenas de interesses humanos e conflitos religiosos ou apenas desejo de poderio desvairado. Quanto a esses! Não nos cabe fugir, acontece independente de nosso querer. Não faz parte do nosso script.
=
Porém, o maior dano causado a uma geração é quando esta, buscando os meios de comunicação como forma de lazer e diversão, depara-se com uma programação apresentada com doses maciças de desvalorização humana, com vulgaridade descabida, com pessoa humana disposta a tudo por desejo de ganhar um prêmio e possivelmente ganhar visibilidade nessa mesma mídia. Esta aí, para não dizer que é exagero o BIG BROTHER Brasil VIII. Uma programação que retrata e reforça um comportamento antigo, ultrapassado e provinciano de vigiar as vidas alheias, que nada oferece além de estímulos a promiscuidade, à falta de ocupação cultural.
=
O que mais intriga nessa questão, é saber que a emissora alcança volumoso lucro junto aos patrocinadores, assinantes e telespectadores que pagam o prêmio com suas ligações telefônicas (votação e mensagens), garantindo o lucro fácil com uma programação chinfrinha e aculturada.
=
E aí perguntamos: O que jovens espectadores estão aprendendo com essa e outras programações? Será nos meios de comunicação existe algum setor responsável e comprometido com a formação de valores para as novas gerações? Se não existe, e é o que tudo indica. Cabe a nós, professores, educadores e família, encontrar a formula de neutralizar essa nefasta e devastadora influência midiática que eleva o homem a categoria de COISA ALGUMA.






Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prof. Rosana M. de Medeiros - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

domingo, março 15, 2009

SEGREDOS DA VOZ: PARÂMETROS DA VOZ: FREQUÊNCIA

MUSICOLOGIA - NOTÍCIA - EDUCAÇÃO DA VOZ.
=
PARÂMETROS A CONSIDERAR NA VOZ CANTADA: Frequência. Os sons graves são os que têm mais riqueza harmónica, já que a fundamental é grave, possibilitando um enorme conjunto de parciais. Os sons muito agudos são mais pobres, pois a frequência da fundamental é elevada, factor que encurta a gama dos parciais que são sempre mais agudos do que fundamental.
=
Cada frequência encontra a sua posição na laringe através da contracção de músculos correspondentes e antagónicos. Aritenoideus e Crico-aritenoideus laterais (fecham a glote) em oposição aos Crico-aritenoideus posteriores (abrem a glote). Crico-tiroideus (alongam as cordas vocais) em oposição aos Crico-faríngeos (encurtam as cordas vocais).
=
A actividade dos 2 grupos aumenta ou diminui, conforme o impulso necessário para ajustar as cordas vocais ao comprimento e tensão, para que determinada frequência seja cantada. A contracção destes 2 grupos de músculos (alongando as cordas) é responsável pelas passagens de registro.
=
Os restantes músculos laríngeos e faríngeos accionam e preparam os ressoadores para o fenómeno de ressonância, aumentam ou diminuem o espaço faringo-bucal que vai servir de “amplificador” do som laríngeo durante a passagem do ar em vibração. O ar exerce uma pressão sub-glótica que deve ser regulada e mantida, para que, numa frase, a continuidade (que permite o “legato”) se verifique, e para que as dinâmicas de intensidade se realizem. O ar funciona assim como força geradora de energia necessária à elaboração de uma frase musical.
=
Para obter os agudos é necessário um aumento da tensão das cordas vocais, através da acção dos músculos crico-tiroideus, pela aproximação da cartilagem cricóide à cartilagem tiróide. Este movimento alonga as cordas vocais. A regulação fina das cordas vocais acontece pela interacção do músculo vocal com os outros músculos intrínsecos da laringe, incluindo o crico-tiroideu nas sucessivas incursões ao registo agudo (Seidner, 1982). A produção de agudos também pode ser conseguida por diminuição do diâmetro faríngeo (acção dos músculos constritores) e pela subida da laringe, mais do que por alongamento das cordas vocais.
=
Para obter os graves entra em acção um músculo extrínseco, o crico-faríngeo, que proporciona um encurtamento das cordas vocais, necessário à produção de tais frequências. A pressão sub-glótica também pode influenciar a altura do som.










Holdings. Tel -Aviv - Jafra - Israel
Musicista: Manuela de Sá - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
http://www.reierei.blogspot.com/

Rádio Rei dos Reis