Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

sábado, janeiro 30, 2010

É MELHOR VOCE DIMINUIR O PASSO

EDIFICAÇÃO




Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto e isto faz Deus para que os homens temam diante dele. Eclesiastes. Cap. 3, 14.
=
Corremos muito! Sabemos o mundo não para, o modernismo nos empurra e tudo caminha dentro de uma aparente normalidade. Tudo circula rápido, as pessoas andam e andam muito, correm e o mundo não para, pois é preciso ser assim. Em Eclesiastes Cap. 1º. 4 e 5, diz: Geração vai e geração vem; mas a terra permanece para sempre. Levanta-se o sol, e põe-se o sol, e volta ao seu lugar, onde nasce de novo.
=
Para o ser humano, só a morte pode interromper o processo da vida, é bom que se fale quando isto acontece, mais estão de acordo com a vontade do Criador. A morte é uma pausa igual para todos. Não podemos esquecer tudo está dentro do tempo de Deus. Tudo é formoso, tudo planejado pelo Senhor no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até o fim [Cap: 3,11]. Deus é o comando de nossas vidas, o relógio celestial, funciona maravilhosamente, não se descontrola nunca, assim, está dentro do perfeito plano de Deus para cada um de nós.
=
Entramos neste momento na vida das pessoas, com um texto como este. Diríamos: envolve um pouco o “particular” de cada pessoa. Todos nós com os nossos costumes, hábitos, forma de viver, enfim, foi uma maneira encontrada, escrever este texto e esperamos o crescimento em sabedoria de cada um. Quem sabe soe como um alerta, para nos ajudar um pouco pausar esta corrida desenfreada, acreditamos ser necessário. Refletirmos bastante na Palavra de Deus, assim, “diminuir o passo”, meditar um pouco, é bom! Todo homem que se especializa na corrida profissional, corre muito, se prepara e tem o seu merecido descanso.
=
Por outro lado, aquele que corre pela sobrevivência da vida, trabalhando cansativamente, há necessidade de cuidados, pois surpresas poderão aparecer e quando você precisar parar, poderá ser tarde. As conseqüências chegam “repentinamente” e geralmente são “graves”. Precisamos entender o”momento saúde”, com sabedoria e entender o que Deus quer para cada um. Lembremos: o relógio de Deus é perfeito funciona de “segundo a segundo”. Não poderemos fugir do dia e da hora final.
=
O mundo vai girando, o sol brilha dando vida a tudo, a lua mostrando sua beleza durante a noite, é alegria para todos, muitos ainda admiram este momento espetacular, é lindo! A lua passando por sobre cada um de nós, sabemos tudo é preciso continuar como está. Será que alguma coisa teria que ser diferente? Como alguns dizem! Não! O mundo está dentro da vontade do Senhor. O mundo gira em perfeita sintonia. Participamos desta maquinaría, mas preciso olhar o “eu”, como estou? Preciso dar um tempo? Estou fora de sintonia? Correndo muito? Sim! Com certeza, é o motivo de sempre, o trabalho e outros acontecimentos muito das vezes perigosos.
=
Mais também é preciso entender que o texto não nos leva para uma apologia, “preguiçosa”, não! Muitas das vezes precisamos ser velozes, nem sempre precisamos diminuir o passo, são situações para se estudar e ter o devido cuidado. Precisamos saber com cautela, separar tudo aquilo que é necessário para harmonizar nossas vidas, “entre a calma e a velocidade!”
=
Correr muito! Ainda em Eclesiastes Cap.2. Versículo 23 nos fala: Porque todos os seus dias são dores, e o seu trabalho, desgosto; até de noite não descansa o seu coração; também isto é vaidade. Salomão fala com grande sabedoria: Vi ainda debaixo do sol que não é dos ligeiros o prêmio. Eclesiastes, cap. 9. 11 [parte a]. Embora saiba o escritor da grande ênfase a “vaidade” da vida.
=
Porque corremos tanto! Contrariamente à opinião popularizada em nosso meio, o trabalho, longe de ser uma necessidade vergonhosa, é o único meio humano de obter além do sustento necessário, o verdadeiro senso de satisfação [24]. O desfrutar de privilégios depende da contribuição de cada um. A felicidade original de Adão e Eva no Éden estava vinculada ao trabalho [Gn 2:15]. Até o privilégio de trabalhar [ter um papel na vida e comprazer-se nisto] é uma graça concedida por Deus [24].
=
Pelos quatro cantos do mundo [como falam], lá em qualquer longínquo lugar, tudo corre e corre muito, são os sérios problemas coisas desnecessárias acontecem, não medimos mais o que devemos e podemos alcançar. Mediante a grande vontade do Senhor para nossas vidas, tem faltado o procedimento prudente ao homem. Poderíamos estar em qualquer lugar, correndo, voando para resolver e mudar, melhorar, isto é desejoso. Estamos correndo muito!
=
Esquecem que o trabalho, projetos, grandes sonhos; Deus está á frente de tudo, Ele quem dá a quem reparte seu pão com o faminto. Então não “corra tanto”, “diminua o passo”, Deus é o Dono da Vida. Não corra! Deixe Deus correr por você com seus planos. “Não corra na vida, corra para a vida!”, Diminua o “passo”, a moderação em tudo é boa, fortaleça a sabedoria e, deixe Deus dar a medida certa para uma vida tranqüila. Amém.





Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diácono: Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

OS DEZ MANDAMENTOS DO CIDADÃO CONSCIENTE

EDUCAÇÃO E CIDADANIA









1 - Combater a violência da injustiça, fazendo valer meus direitos constitucionais e denunciando a pior violência, que é a omissão dos governantes em assegurar condições legais para o efetivo cumprimento das leis, favorecendo a impunidade que estimula o mau exemplo da prática generalizada de delitos. A cada direito violado corresponde uma ação que posso e devo empreender para obrigar o estado a fazer justiça.
=
2 - Resolver meus problemas e os da minha comunidade formando e participando de associações civis de moradores, de preservação do meio ambiente e de amigos do patrimônio cultural, de proteção às pessoas, minorias e deficientes, bem como de associações de eleitores, consumidores, usuários de serviços e contribuintes, sempre visando travar uma luta coletiva como forma mais eficaz de exigir dos governantes o cumprimento de seus deveres para com a coletividade.
=
3 - Participar da vida política da minha comunidade e do meu país, votando e fiscalizando candidatos e partidos comprometidos com o interesse público, a ética na política, a redução das desigualdades sociais e regionais, a eliminação do clientelismo e corporativismo, a reforma do sistema eleitoral e partidário para tornar o voto um direito de cidadania e compatibilizar a democracia representativa tradicional com os modernos mecanismos de democracia direta e participativa.
=
4 - Lutar contra toda sorte de violência e manifestação de preconceito contra os direitos culturais e de identidade étnica do povo brasileiro. Sobretudo da parte de elites colonizadas que pregam e incentivam, sobre qualquer forma que seja, o sentimento de inferioridade e a baixa auto-estima de nosso povo.
=
5 - Buscar soluções coletivas para combater toda forma de violência, apoiando aqueles que procuram meios eficientes de assegurar a segurança pública sem desrespeitar os direitos humanos fundamentais, como a garantia à vida, à liberdade individual e de expressão, à igualdade, à dignidade, à segurança e à propriedade.
=
6 - Combater toda forma de discriminação de origem, raça, sexo, cor, idade, especialmente os preconceitos contra mulheres, negros, homossexuais, deficientes físicos e pobres, apoiando entidades não governamentais que lutam pelos direitos de cidadania dos discriminados.
=
7 - Respeitar os direitos da criança, do adolescente e do idoso, denunciando aos órgãos públicos competentes e entidades não governamentais toda forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão.
=
8 - Lutar pela concretização de uma ordem econômica democrática e justa, exigindo a aplicação dos princípios universais da liberdade de iniciativa, do respeito aos contratos, da propriedade, da livre concorrência contra monopólios e cartéis, da defesa do consumidor por meio do cumprimento do Código de Defesa do Consumidor, e da proteção ao meio ambiente, acionando o Ministério Público toda vez que tais princípios forem violados.
=
9 - Pautar a liberdade pela justiça, cumprindo e fazendo cumprir os códigos civis coletivos e servindo de exemplo de conduta pacífica, cobrando a cooperação de todos.
=
10 - Fiscalizar as execuções orçamentárias e combater a sonegação de impostos, através de uma reforma tributária que permita exigir sempre a nota fiscal de todos os produtos e serviços, pesquisando preços para não pagar mais caro, e fortalecendo as associações de contribuintes e de defesa de consumidores, bem como apoiando e participando de iniciativas que lutam pela transparência na elaboração e aplicação do orçamento público.









Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Instituto de Cultura de Cidadania
A Voz do Cidadão- Artigos
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis