Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

domingo, março 01, 2009

CYTOMEGALOVÍRUS (CMV) INFECTION

SAÚDE - IMUNOLOGIA
=
O CMV, citomegalovírus, tem distribuição universal e é mais frequentemente transmitido ao feto.Na maioria das pessoas que adquirem esta infecção após o nascimento não existem consequências relevantes, contudo esta infecção pode ser importante em certos grupos de risco, principalmente fetos, durante a gravidez; pessoas que trabalham com crianças e doentes imuno comprometidos
=
O CMV é um vírus pertencente à família dos herpesvírus e pode aparecer na urina, saliva, sangue, lágrimas, leite materno, etc.A transmissão ocorre de pessoa-a-pessoa, após contacto íntimo com uma pessoa infectada. Pode ser transmitido sexualmente, por leite materno, transfusão sanguínea e transplante de orgãos. Nos fetos, pode ocorrer infecção generalizada com inflamação do fígado e pâncreas até a doença ser fatal.
=
Pode ser assegurada a sobrevivência do recém-nascido mas este terá muitas complicações nos primeiros anos de vida. Alguns bebés não apresentam sintomas no momento do nascimento mas desenvolvem problemas de coordenação motora e atraso mental. Os riscos parecem estar associados com mulheres que tenham primoinfecção durante a gravidez pois o risco parece diminuir se a infecção ocorrer a mais de 6 meses antes da concepção.
=
Mulheres que trabalhem com crianças e que não tenham imunidade para CMV podem apresentar risco aumentado durante a gravidez com possibilidade de abortamento. São necessários muitos cuidados com crianças pequenas pois o CMV, nesta fase, é facilmente transmissível.Para diagnóstico do CMV devem ser efectuadas 2 colheitas. Uma delas aquando da suspeita de infecção e outra no período de 15 dias.
=
O teste mais comum é o que se baseia no método ELISA, cujo resultado é usado para determinar se existe infecção aguda, anticorpo passivo adquirido. Se os resultados das 2 amostras mostrarem um crescimento de 4x no anticorpo IgG um nível significativo IgM>30% IgG, indica que estamos perante uma infecção activa. Não existe actualmente tratamento para esta infecção.
=
IMUNOLOGIA
Ramos da Medicina que estuda os fenôminos da Imunidade. O organismo humano dispõe de um sistema capaz de identificar corpos estranhos nocivos a ele (ger. provindos do meio exterior) e de provocar dentro do próprio organismo a fabricação de substâncias que combaterão esses corpos e eventualmente os destruirão ou eliminarão.
=
Esse sistema, que visa tornar o organismo imune à ação patogênica dos invasores, chama-se imunológico. Baseia-se na informação fornecidas por aliados presentes entre os invasores, os chamados antígenos, para fabricar (em órgãos como o timo e o baço) os anticorpos que, na corrente sanguínea, combaterão os invasores. Nessa luta, podem ser auxiliados por substâncias inoculadas, ou pela inoculação do próprio agente invasor em doses muito pequenas (vacina), o que provoca a reação preventiva do organismo, fabricando os anticorpos que garantirão a imunidade, caso uma invasão real aconteça.
=
Nos casos de transplantes de orgãos, é preciso atenuar o sistema imunológico para evitar que o orgão transplantado seja combatido. A mais grave doença imunológica é a AIDS, ou SIDA, (ver Aids), na qual o sistema imunológico é neutralizado pelo retrovírus HIV, ficando vulnerável a infecção oportunista que podem levar à morte.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
National Center for Infectious Diseases
Adaptação: Diác. Rilvan Stutz
Rilvan Stutz - Membro - Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis