Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quarta-feira, setembro 23, 2009

AMAR E HONRAR A MÃE

EDIFICAÇÃO







“Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas e sejas de longa vida sobre a terra.” (vs 2 e 3).Efésios 6. 1 A 4

O exemplo culminante de amor filial e de valorização da mulher como mãe é dado por Jesus na Cruz: ao ver Maria, sua mãe junto à cruz e, ao lado dela o discípulo amado, diz do alto da cruz: “Mulher, eis aí teu filho; discípulo, eis aí tua mãe! E desde aquela hora o discípulo a levou para casa.” Jesus honrou sua Mãe até na hora da morte.

O exemplo culminante de amor filial e de valorização da mulher como mãe é dado por Jesus na Cruz: ao ver Maria, sua mãe junto à cruz e, ao lado dela o discípulo amado, diz do alto da cruz: “Mulher, eis aí teu filho; discípulo, eis aí tua mãe! E desde aquela hora o discípulo a levou para casa.” Jesus honrou sua Mãe até na hora da morte.

Filhos, imitemos a Jesus; mães, imitem a Maria, a mãe do Salvador: ela não o abandonou mesmo quando todos se voltaram contra ele, o Estado e a Religião. A encarnação do verbo, no útero de uma mulher virgem, jovem, santa e pura deve falar muito alto ao coração de todas as jovens “partenós,” como foi Maria.“Partenós,” é a palavra grega para virgem, literalmente aquela que ainda não concebeu.

O fato de Jesus Cristo ter sido gerado no útero de uma Mulher por obra e graça do Espírito Santo, que é Deus em nós, fala alto e forte que “o ente santo nela gerado éo Filho de Deus.” Em quase todas as religiões a figura da mulher integra o panteão dos deuses e, em alguns casos, prevalece sobre a figura masculina. É o caso de “Athena” deusa guerreira, mãe da Grécia, que não só venceu a “Poseidon” o deus dos mares na preferência dos homens, mas tem templos por toda parte no Mundo Antigo, era a deusa preferida de Alexandre, o Grande.

O que dizer da figura forte da “divindade do Candomblé, Iemanjá, a rainha das águas?” Não é sem razão, pelo contrário é com forte apelo psicológico que a igreja católica venera e destaca tanto a figura da Virgem Maria. que é bíblica é real. Já “a assunção” de Maria é apenas um dogma da igreja, mas não da Bíblia.

Quem visita Éfeso, pode visitar a casa onde teria vivido Maria e pode ver também “o seu túmulo,” ao lado do túmulo do apóstolo João. No Monte Sião, na Jerusalém antiga, No Monte Sião, na Jerusalém antiga, existe a “Capela da Dormição” onde há outra tradição de que Maria teria sido sepultada existe a “Capela da Dormição” onde há outra tradição de que Maria teria sido sepultada termos da localidade do túmulo da Mãe do Salvador.


Hoje, a docência da Igreja nos remete para Éfesios 6.1 a 4 e para o sagrado dever de honrar pai e mãe, de valorizar e respeitar a família como instituída por Deus no casamento, para a felicidade do gênero humano, para a perpetuação da espécie e para a glória de Deus. É o que fazemos hoje como igreja.





Holdings. Tl - Aviv - Jafra - Israel
Rev. Guilhermino Cunha - Artigos

Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

JESUS CRISTO E O REGRESSO CONTROVERSO

EDIFICAÇÃO




Há dois mil anos Ele esteve entre os que na época viviam e reescreveu a história da humanidade. Com palavras irretocáveis e gestos inigualáveis, pavimentou um inconfundível caminho. Desde então convivemos com as três únicas opções possíveis sobre sua determinante existência: acreditar, não acreditar ou, pior, dizer acreditar mas viver em diária companhia de uma triste contradição... A contradição criada entre a fé obrigatória e o medo do próprio olhar no espelho. O medo dos íntimos segredos que roubam a paz da alma, pois existe um espaço entre a real crença com o coração e uma leviana oração. E existe um abismo entre abençoadas palavras mencionadas e atitudes correspondentes.

De nada adianta sobreviver sob a sombra de um tendencioso auto julgamento. É necessário convicção e, principalmente, ação. E você... você acredita realmente no retorno de Cristo? Pense... Será que somente a presença física novamente entre nós fará com que as pessoas deixem de temer o espelho e se entreguem ao bem? Então de que serviram os ensinamentos deixados às custas de tanto sofrimento? Os professores que nos passam seus valiosos conhecimentos também não vivem ao nosso lado por toda a vida, no entanto, o que aprendemos permanece vivo.

Portanto é possível sentir a presença de Cristo dentro do peito através da sua história. Talvez seja até um controverso e enganoso pensamento aguardar ancioso seu retorno. Seria o mesmo que duvidar com diplomacia, pois quem acredita realmente vive agora, faz hoje e sonha menos com o amanhã.

A presença, neste caso, tem que estar muito além da personificação; afinal, Ele já esteve entre nós e nos deixou seu endereço. Agora deve ser nossa vez de retribuir a visita. É assim que pessoas que se amam agem. E Ele está lá, aguardando de braços abertos e sorrindo. Quem seguir o inconfundível caminho há dois mil anos pavimentado, o encontrará. Porém, não existem atalhos mágicos para ninguém nessa jornada. E, assim como em qualquer outra estrada, erros no percurso são sinônimos de necessidade imediata de redirecionamento. "Imediata"...

Entretanto, homens normalmente carecem de provas palpáveis para solidificar suas vagas convicções. Diante disso, apesar da óbvia falta de necessidade, imaginemos um imprescindível retorno físico. E sem a intenção de desrespeitar nem questionar os rumos do filho de Deus, tentemos imaginar um local ideal para a sua volta. Neste mundo apodrecido, pensemos em um ponto de partida para a nova era..

Muita coisa mudou nesses dois mil anos, menos a valorização extrema do poder, hoje bem pior que antes. Portanto, em nossa atual sociedade ultra capitalista, Ele seria um impecilho ainda maior que já foi, para diversos segmentos. Desde comerciais até os que construíram impérios sobre seu próprio nome...

Mas, em meio a uma infinidade de tristes opções, somente um lugar poderia ser o privilegiado. Qual? Talvez a mesma região da sua antiga terra natal, afinal os conflitos entre aqueles povos jamais serão resolvidos por mortais... Quem sabe os deteriorados sistemas carcerários, que abrigam inúmeras pessoas de inacreditável crueldade e, claro, necessitados de luz... Ou algum dos países em guerra civil, onde milhares são massacrados por motivos absurdos ou perecem pela fome e por doenças...

E os tantos lixões espalhados pelo mundo, que se tornaram fonte de alimentação para tantos outros... Ou os campos de trabalho escravo, ainda bem comuns, apesar de ocultados por monstros... Até mesmo nosso Nordeste seria uma opção, pois apesar de há muito ter sido transformado em massa de manobra política, gera diariamente incontáveis crianças inocentes que choram emocionadas diante de um sonhado prato de comida...

Aquele povo também carece de alguém que o conduza a verdadeiros dias melhores... Ou... Essa peregrinação modernizada poderia se iniciar oposta a humildade extrema de sua primeirapassagem. Talvez como um poderosíssimo líder de algum país rico, Ele conseguisse comandar uma justa cruzada de auxílio aos povos sofridos. Desta forma, um dos seus famosos milagres agora seria o da divisão, e não mais o da multiplicação... É claro que contrariando os interesses dos tubarões, estaria automaticamente se condenando a um novo e obscuro rápido calvário.

Em meio a tudo isso, mesmo que Deus nos permitisse opinar através de preces, uma "opinião" sábia e destendenciosa seria complicada. Assim como seria muito difícil identificá-lo em meio a tantos salvadores hoje atuando pelo mundo. Messias de convincentes representações teatrais e amparados por alta tecnologia. Se sobressair e vencer nos dias atuais, usando somente a verdade como ferramenta, tornou-se tarefa impossível... Além do mais Ele enfrentaria a si mesmo como pior inimigo, pois suas lições, deixadas com tanto amor, foram amplamente distorcidas após sua partida.

Por isso meus "filhos"... digo, amigos... por que esperar algo que podemos hoje mesmo alcançar? A menor distância entre dois pontos é uma linha reta entre eles. Então, considere-se um dos pontos e pense no Cristo único como o outro ponto, e a distância cabe somente a você determinar. Pode ser de léguas infinitas ou de somente um braço, para o forte abraço. O caminho é claro como o fogo e a verdade cristalina como a água. Busque e encontrará. Certamente à distância de um braço...

E lembre-se sempre: o amor também não pode ser visto e o perdão jamais será tocado. No entanto, são os responsáveis únicos pela felicidade real... E só a felicidade conduz ao renascimento. Renascimento sem controvérsias e... eterno.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Vicente da S. Junior - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis