Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

sexta-feira, janeiro 16, 2009

PROGRAMAS DE TV SÃO O REFLEXO DA NOSSA CULTURA

NOTÍCIAS PELO MUNDO
=
Se você é uma das pessoas que leu a biografia do famoso Assis Chateubriand, saberá como é forte o poder manipulador da mídia, a lavagem cerebral que nos é feita diariamente. Ao longo de toda a semana, nossas casas são invadidas por inúmeros que por sua qualidade não nos dizem nada, não nos ensinam nada, pelo contrário, parece que nos emburrece, que nos leva cada vez mais à alienação.
=
Confesso que a sensação de impotência é tão grande, que um dia pensei em sair do Brasil, viver num país melhor, onde a cultura fosse valorizada. Pensei logo na Europa. E lá fui eu, Inglaterra, Londres! E cá estou eu de volta. Sabe porque? Porque não vi nada de diferente lá fora! Lá também existem os programas alienantes, lá existem os Gugus deles, lá existem os Fautões deles e lá existem os BBBs também. Sabe que eu sinto isto há muitos e muitos anos... Lembra-se do Chacrinha? Lembra-se do Bolinha? Eles eram contemporâneos do Silvio Santos! Naquela época, a minha inocência me fazia pensar o seguinte: Quando estes caras morrerem, vão colocar uma programação mais interessante na TV!
=
O fato é que o Chacrinha e o Bolinha já se foram, o Silvio continua aí, mas aí apareceram Faustões, Gugus, Ratinhos, entre muitos outros... Pois é isto que o povo quer, é isto que o povo gosta. Gosta de BBB, fazer o quê? Eu, de minha parte, estou na fase de fazer a minha parte, ou seja, não assisto. Nem me lembro quanto tempo faz que não assisto Faustão, que não assisto Gugu, nunca assisti Ratinho, não vi um único episódio deste BBB-7. No entanto, os caras continuam aí!!! E quer saber, no dia seguinte, sou eu o "cara chato", o "intelectualzinho", e por aí vai... Fazer o quê?
=
A empresa da minha esposa patrocinou uma peça de teatro e deu quatro convites para cada funcionário para a pré-estréia. Sabem quantos confirmaram presença? Três, apenas três funcionários! Minha esposa e mais dois. Garanto que se fosse um "pagodão", iria todo mundo!E então, vou parar por aqui, deixando uma única pergunta, que talvez dê origem a novos e melhores artigos que o meu e, quem sabe, um dia, tenhamos uma solução para este caso que parece insolúvel: E o que nós podemos fazer?

=



Holdings.Tel - Aviv - Jafra - Israel
Sinésio Capece - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro
www.reierei.blogspot.com

Rádio Rei dos Reis