Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, agosto 31, 2009

NA TEORIA DA EVOLUÇÃO TEMOS ORIGEM DOS MACACOS! OU SOMOS CRIAÇÃO DE DEUS?

EDIFICAÇÃO

Amados acreditam que escrever um texto sobre o livro de Gênesis, seja uma tarefa difícil, (talvez pela posição contrária de alguns). Este livro é alvo de muitas críticas, uma multidão elabora discussões, põem em dúvida até seu autor. O mais agravante é quando tentam modificar o nascimento humano, a forma de como nosso Deus Criou todas as coisas

De Gênesis a Gêsnesis.
Criou Deus, pois, o homem à sua semelhança, à imagem de Deus o criou; homem e mulher.

Um procedimento de quem não possui esclarecimento espiritual firmado no Senhor. Parece, perda de tempo, "ou seja", analisar hoje, posições esdrúxulas. Assim, o histórico bíblico, sofre (aparentemente) e, sempre permanece no alvo de maldosas dúvidas. Sabemos, sempre haverá discórdias, e estarão entre este quinhão de pessoas. Já por outro lado, estamos prontos a defender a Sagrada Escritura e sua história, podemos tirar dúvidas, ensinar, esclarecer questões difíceis, falar com facilidade da bíblia, que revela a pura verdade que está em nossas mãos, a bíblia! "Revelação divina do Deus Vivo!".

Assim temos a verdadeira arma, a graciosa arma! A "Bíblia!", Sem menor dúvida estaremos aptos a entregarmos a resposta correta, para esta questão que colocam dúvida sobre a Criação. Mesmo assim, acredito escrever um texto que leve o conhecimento de forma clara assim incomodando, mexendo com os incautos (os que lutam contra), achamos isto necessário, somamos esclarecimentos, tiramos dúvidas, disto temos pleno conhecimento.

Sabemos, ser direito das pessoas estudarem, evoluírem, meditar sobre a Criação humana, todos são livres na área religiosa, com isto grande parte de pessoas, passam a defender, aquilo que lhe interessam no âmbito religioso e histórico, usam seus conhecimentos e nem sempre usam lealdade na verdade! Esta verdadeira democracia a liberdade de expressão, poderia ser mais saudável entre todos, em nosso meio, infelizmente se torna perigosa quando mal usada.

Reconhecemos há grande dúvida na população, embora olhamos tristes lamentamos! Com isto, surgem, os exageros os excessos, assim aparecem questões que geram grandes problemas, podemos dizer: perigosos pontos de vista. Esta camada trará com certeza, aparatos de justificativas, suposições, provas para defender com "unhas e dentes", sua posição.Gostaríamos de colaborar como alguns esclarecimentos, até sem precisar entrar em profundo estudo bíblico, sim! Só elevar, exaltar, "fazer sobre sair" a Palavra de Deus. Escrevo um texto para levemente lamentar contra esta triste posição, que chamada "teoria da evolução". Sabemos, um assunto tão discutido pelo mundo afora, sei que defendido por muitos, sabemos os intelectuais surgem, preparados para uma verdadeira guerra em defesa de suas teses, seus pensamentos, os antigos livros, com seus registros acordados e preparados para defender este assunto e, dizem ser prova. Felizmente, hoje já temos por parte dos cientistas vários estudos com seus primeiros e preciosos resultados; já se estuda o "genoma" do ser humano. Hoje podemos ver na Revista "veja", (Edição de Janeiro) nas Páginas Amarelas, uma importante entrevista com o Cientista Americano, Francis Collins, destaque na área genética, o mais importante coordenador do projeto Genoma, que identificou toda a seqüência dos genes humanos.
Com tão importante descoberta, já temos como fruto deste estudo, o "fechamento do gene que dá forma ao homem e mulher", o inicio da criação. Mesmo assim, continua a existir grande e poderosa fonte de pensamentos contrários (reportagem, imprensa), prontos para anunciarem descobertas que fortalece a teoria da evolução, tudo para desvirtuar os princípios da Criação de Deus. Os veículos de comunicação vasculham, acham de tudo no passado, são reportagens duvidosas, a maioria puro sensacionalismo, carregados de direcionamentos, que não consideramos corretos.

Ficamos tristes, quando grupos lutam querendo mudar a história, negam ser Deus o Criador o Autor, entendemos que se torna um grande perigo para quem se propõe mudar alguma coisa relacionada à Palavra a Criação, os desígnios de Deus isto é também por dúvida sobre as revelações Bíblicas" e os registros históricos. Olhamos este Planeta tão lindo sua beleza inigualável, o tempo todo planejado entre dia e noite, assim temos toda a condição para a vida perfeita.

Ora, na Revelação da história trazida pela bíblia, fica bem claro que Deus criou o ser humano segundo "Sua Imagem e Semelhança", para gozar deste mundo livremente, como poderíamos mudar isto? Mesmo, não sabendo exatamente como eram Adão e Eva, a bíblia não nos revela estes pequenos detalhes. Com certeza eram belos. Tudo que Deus Criou é belo, é maravilhoso, assim como Deus o É, O Perfeito Criador Amado, teve o cuidado em tudo, os animais com suas características diferentes, Deus Criou o homem e mulher, (macho e fêmea), assim como a Gloriosa terra, tudo segundo a vontade do Senhor. Ou então o que seria toda esta engrenagem? Colocar neste momento, dúvidas sobre a criação do homem, seria um erro imperdoável no que diz respeito à Revelação.

Porque ficaria fora da história Bíblica e isto é imperdoável! Entendemos tudo da melhor forma. Será que o escritor do Livro de gênesis teve vergonha um dia do passado, quem sabe passar por esta transformação, Primata, "depois homem?". Sabemos é impossível! É ant-bíblico. O que aconteceu com a história? Porque a omissão? Porque então ele omitiria este "detalhe". Sabemos, que o processo citado pelos que defendem a teoria da evolução é um processo muito longo (como dizem), de pouco a pouco o macaco chegou ao seu posto máximo, ser homem! Pergunto eu: porque ainda existem primatas nos dias de hoje? Porque não viram humanos, ou ainda se transformarão em devido tempo que não conhecemos? Quando?

Os jardins zoológicos estão cheios destas criaturas são animais, isto em todo o Mundo. Na África, existem criaturas lindas desta espécie e continuam macacos. Na Índia, existem macacos de todas as espécies chegam a dominar cidades, andam em ruas e são amados como macacos, são deuses naquele País. É importante também destacar que os livros a seguir, após Gênesis, em ordem cronológica, ou seja: Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio, escritos por Moisés (assim temos conhecimento). Não sofrem criticas? Não discordam de nada? Tudo é perfeito para todos? Se nosso escritor omitisse parte da Criação, comprometeria com certeza toda nossa Bíblia Sagrada, pois ela é perfeita de inicio ao fim, ela se interliga se completa do Gênesis ao Apocalipse.

Quando coloco que não faria qualquer comentário Bíblico, porque é tão primário pensar diferente daquilo que está Revelado. E, "Fica muito claro que os defensores da teoria da evolução, simplesmente não acreditam em Deus, não acreditam na bíblia". Por outro lado, para não sermos tão duros no que defendemos, acalentamos estas pessoas, colocando que acreditamos na evolução de algumas espécies, até o próprio macaco, pode ter mudado muito por séculos passados, sofreu nas mudanças climáticas, isto sim, acreditamos. Por este motivo, coloquei ficar bastante fácil para cada um de nós defendermos a questão, nós temos "a Revelação selada em nossos corações", assim não temos dúvidas, temos sabedoria, discernimento que nos foi dada pelo amor de Deus, O ESPIRITO SANTO.

Irmãos! Isto, Quem mudará? Ainda, pergunto: mais uma vez! Porque Moisés teria omitido esta parte da Criação? Será que ele falhou tanto? Estaria esta criatura esperando um momento, como ato de mágica, se transformar em humanos? Graças a Deus sabemos ser "Impossível"! Oramos, com todo, o intuito que este texto ser útil para todos. Quem sabe possamos "mover corações", para todos que ainda pensam em contrário. Triste procedimento é tentar mudar uma Revelação vinda do nosso Deus. Se alguém pretende mudar, nunca mudaram! Nunca mudarão! Amém.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

domingo, agosto 30, 2009

VIDA E MORTE

EDIFICAÇÃO



Hoje pela tarde um amigo me contou que sofrera ontem um acidente automobilístico. Salvou-se. Mas por um pouco, teria sido fatal. Estava um tanto perplexo por pensar que tinha tantos sonhos que desejava realizar e que estavam tão longe ainda. Temeu morrer e não concretizá-los. Então eu escrevi para ele, fazendo algumas reflexões sobre este tema de viver e morrer. Celebrei com ele o que eu considero como benção, graça, favor especial não merecido... O de estar vivo e sair ileso.

Resolvi enviar este escrito.

Rita Cytryn


Quando somos bem jovens acreditamos que a morte seja algo remoto. Algo que acontece às pessoas idosas... Algo longe demais. Mas evidentemente que é uma perspectiva irrealista da vida...



Estamos morrendo todos os dias, a própria caminhada da vida é uma caminhada para morte. Fato intransponível da existência de todos os seres vivos. Durante o percurso temos que escolher como viver, o que muitas vezes é feito de forma inconsciente, através da negação do fato de que o tempo é um recurso que não é renovável. O tempo perdido, o tempo mal vivido não tem como ser recuperado. São prejuízos irreversíveis, mas que por inconsciência, minimizamos.


Se for assim, então o que fazer com o tempo? Como escolher? Quais são as prioridades? O que não posso deixar de fazer enquanto estou aqui? O que acontecerá comigo quando eu morrer? Quando morrerei? Devo me preparar para este evento? Haverá outro lado? Que me espera? Nada me espera??



Talvez fosse bom considerar as circunstâncias da vida, às vezes trágicas, que ocorrem com os nossos irmãos de caminhada. Que é preciso não esquecer de que estamos... Mas não para sempre. E que aquelas perguntas precisam ser respondidas. Precisamos ter convicção, ir às últimas conseqüências para atingi-la, sem nos contentarmos com respostas que no íntimo não convenceram.


Se há realmente eternidade um equívoco desta natureza é de fato importante. A vida da qual estamos tratando é a nossa. A morte ronda a cada momento. E a vida será eterna?


Bem certo de que nem morte, nem vida, nem anjos, nem principados, nem coisas do presente, nem do porvir, nem poderes, nem altura, nem profundidade, nem qualquer outra criatura poderá nos separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 8.28,38).





Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel

Rita Cytryn

Ministério Fruto do Espírito

Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro


ALINHAMENTO DO SOFTWARE COM O PROCESSO

NOTÍCIAS PELO MUNDO

Muitas organizações, quando estão implantando um sistema de Informação (ERP, CRM, etc..) acreditam que o softwere será a solução dos seus problemas. Mas na realidade o softwere é apenas uma ferramenta criada para facilitar as tarefas organizacionais.
Assim como toda ferramenta o software deve ser utilizado de forma adequada. O uso incorreto fatalmente trará resultados diferentes dos esperados, colocando em dúvida a eficácia desta ferramenta. O momento da implantação/ Desenvolvimento de um sistema é muito oportuno para pararmos e analisarmos as tarefas cotidianas e a forma em que as “Coisas” estão sendo feitas. Algumas perguntas devem ser efetuadas com o objetivo de analisar melhor os processos e encontrar soluções mais simples para muitos processos.

O alinhamento entre software e processo é fundamental para a o sucesso na implantação de um novo sistema. Antes da implantação, uma equipe técnica que conheça tanto a área de sistemas quanto a área de negócio (de preferência que não esteja ligado diretamente ao processo, isso evita que “vícios do dia-a-dia” acabem influenciando o trabalho) deve discutir práticas e métodos utilizados para evitar que algo seja automatizado, antes de ser melhorado. Quando um processo é automatizado sem uma melhor análise, abre margem para que “erros“ também sejam automatizados.

O software deve ser conseqüência de uma análise feita por um grupo de trabalho, primeiramente a organização deve buscar a melhor forma de execução de seus processos. Isso evita que uma solução seja implantada e ao término do trabalho muitos “remendos” tenham que ser efetuados para que ferramenta atenda (Muitas vezes apenas parcialmente) a necessidades destacadas. Esta análise deve ser possuir seu escopo muito bem definido e uma duração estipulada, pois senão pode-se correr o risco de nunca sair do papel.

Sem datas estabelecidas a equipe pode ficar idealizando o sistema perfeito e nunca iniciar o trabalho prático propriamente dito. Em muitos projetos a equipe envolvida acaba dando mais importância para detalhes (Tecnologia utilizada, interface, design) ao invés de analisar as funcionalidades necessárias e disponíveis no produto. Esta prática é muito comum e pode inviabilizar muitos projetos, pois a atenção dada a modismos de técnicas e metodologias de desenvolvimento acaba tornando-se mais importante do que o próprio objetivo final do Produto.




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prof. Jaison C. Scheel - Membro-Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

sexta-feira, agosto 28, 2009

PEQUENOS ADORADORES

EDIFICAÇÃO





“... E Jesus lhes disse: Sim; nunca lestes: Pela boca dos meninos e das criancinhas de peito tiraste o perfeito louvor?” Mt 21.16.


No último fim de semana, sem ter compromissos marcados para logo cedo no sábado pela manhã, imaginei que poderia dormir um pouco mais, levantar só às oito da manhã... Por volta das seis fui serenamente despertado de uma forma que nunca esquecerei: minha filhinha, de dois anos, estava sentadinha no meio de nossa cama, entre mim e a minha esposa, tranquilamente cantando (ou balbuciando):

“três palavrinhas só,
eu aprendi de cor,
Deus é amor,
Tra la la la la lá


Deve ter entoado umas quatro vezes até eu me dar conta do que estava acontecendo e cutucar a mãe dela a tempo de ela ainda escutar um pouquinho. Confesso que sou um conhecido “pai babão”, mas era impossível ficar indiferente àquela cena!

Ver e ouvir crianças cantando louvores é, geralmente, um misto de enlevo espiritual e espetáculo. Em nossa igreja, todos os domingos à noite, há um grupo de crianças que participam do momento de cânticos entoando alguma música que ensaiaram mais cedo. São os “Pequenos Adoradores”.

Quando estamos conduzindo a congregação durante os cânticos contemporâneos, nós, integrantes do conjunto, temos o privilégio de ouvir as crianças sentadas nos primeiros bancos cantando a plenos pulmões. Aqueles acordes soam mais belos e afinados que todos os adultos cantando juntos!

E é com as crianças, os pequenos adoradores, que o Senhor Jesus nos sugere a aprender sobre perfeito louvor. Um louvor sincero, isento de preocupações; um louvor não influenciado por problemas com as questões diárias; um louvor leve, solto, puro.

É óbvio que devemos nos preocupar com a qualidade musical do louvor, e que, além disso, é mais difícil para os adultos esvaziarem-se daquilo que os atormenta a mente, dos problemas que os cercam, e se concentrarem naquilo que estão cantando, orando ou sentindo em louvor a Deus.

Contudo são atitudes assim que devemos ter; é com pureza de coração, com sinceridade pueril, com ânimo de quem ainda mal fala, mas que já não se contém em tentar cantar, que devemos louvá-Lo.

Ouça as crianças, ouça o perfeito louvor.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Ministério Pão Quente Diário
Pb. Enos Moura Filho - Ipb.
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis