Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, janeiro 31, 2011

DECISÕES E RESPONSABILIDADE

EDIFICAÇÃO


Os Céus e a terra tomam hoje por testemunhas contra ti que te propus a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a vida para que vivas, tu e a tua descendência.Dt. 30:19.

A oportunidade que temos neste momento é meditarmos na Palavra. Agradecer ao nosso Deus Eterno todo ensino recebido. Gostaríamos de envolver mais os Irmãos ao crescimento espiritual. Que seja este uma oportunidade apreciável que se concretize no momento certo, no tempo de Deus! Desejamos alcançar a todos quantos carecem do conforto da Palavra, como um texto forte, com a fonte de orientação divina e que exércitos de conselheiros preparados para a batalha Espiritual ao lado Do Senhor da Glória. Assim rogamos! Que alcancemos os carentes do alimento Espiritual.
=
O tema: “Decisões e Responsabilidades”, encontram necessidades que nos levam para tão importantes questão elas estão em nosso dia a dia. Neste momento, surge o momento da ajuda, muitos necessitam de um texto forte, útil na esperança de confortar nosso viver. Gostaríamos de deixar como reflexão, para o bem estar dos Irmãos, na sua essência e conseqüência tudo que envolve“ Felicidade e dificuldades! ”.O tema abre um leque muito largo em nossas vidas, ele nos prova de todas as maneiras que precisamos estar prontos e atentos para tal.
=
Observamos corretamente o momento em que vivemos. Encontramos o ser humano em situações das mais diversificadas possíveis, seja pobre, “ou seja”, rico. Falamos do ser humano, a criação de Deus que vive racionalmente, o homem! Ele tem este poder selado no “coração”. A mente perfeita na criação do Pai, a capacidade de raciocinar e tomar decisões são linda na graça e Vontade do Senhor, embora o cuidado é sempre necessário. Desta forma precisamos refletir sobre um envolvimento, que não terminara nunca, senão com a chegada da “morte”.
=
Diariamente tomamos decisões sérias e, sabemos uma carga “leve ou pesada” vinda de uma decisão, cai sobre um alvo direto, sobre “cada um de nós” pois vem gerado de uma “decisão”, seja ela acompanhada de erros ou acertos. Existe um momento, chamo feliz; quando tomamos uma decisão correta! O outro o Triste; quando erramos! Acreditamos que erros são corrigíveis, mesmo assim, muitos causam danos, outros trazem trágicas conseqüências e deixam seqüelas tristes, quando percebemos já é tarde. Sem desanimo, entendemos que podemos tomar decisões e chegar com soluções no seu bom tempo.
=
Sabemos “decisões” envolve diretamente a vida. É bom que saibamos através da bíblia, que Deus nos ensina como devemos nos portar em tudo sobre a vida, como tomar decisões acertadas. A vida não é uma mera extensão dos dias, a vida envolve tudo que fazemos. Carinhosamente lembramos do amor é lindo! Outro ponto crucial é a obediência, apegar-se ao Senhor, não devemos dar lugar para caminhos idólatras, o arrependimento depois do pecado é válido, mas não pode ser repetitivo. Todos são estimulados por nossa memória é neste momento que aparece o arrependimento, digamos uma volta para os corretos caminhos. Isto produz a restauração, resulta em amor renovado. Como encaixaríamos tudo isto se falando em “decisões”. A verdadeira vida envolve a sua própria decisão, e elas são várias, precisam ser levadas a sério, precisamos apegar-se a Deus por uma vida inteira em decisões vinda do Mestre.
=
Lá em Salmos Cap. 63, versículo 8 diz assim: A minha alma apega-se a ti: a tua destra me ampara. Ah! Como é bom encontrar tanto conforto. Ah! Como é bom saber que temos um Deus que está ao nosso lado nos ajudando em nossa vida. Nota-se o progresso lógico de Busca-se a Deus, Deus torna-Se real, seguirmos o Deus que assim Se revelou. Temos vitórias nas decisões estando ao lado de nosso Deus, isto nos faz regozijarmos em Seus feitos. Em 1ª Rs. 18:21, nos confortamos com a exortação de Elias, disse Elias: Então Elias se chegou a todo povo, e disse: Até quando coxeareis entre dois pensamentos? Se o Senhor é Deus, segui-o; se for Baal, segui-o. Porém o povo nada lhe respondeu. Infelizmente o povo daquela época, seguia os Baalins, como informação à palavra hebraica Ba’al quer dizer “Dono” “Senhor” e “Marido”.
=
No paganismo de Canaã, era nome coletivo para expressar várias idéias que o povo fazia. Desta forma um povo idólatra não poderia nunca tomar “decisões”, acertadas em conformidade com as leis e vontade de Deus. Trazemos para os dias de hoje e somos testemunhas vivas da idolatria que impera em maior parte, entre os homens, todos pela banda do mal, como poderão tomar decisões acertadas!
=
Decisões e Responsabilidades estão no nosso dia a dia, estão na família, praticamos em todos os momentos de nossas vidas é necessário. Conforme já comentamos, precisamos colocar nossas decisões nas Mãos do Senhor! Procurar nos apegarmos um pouco mais aos ensinamentos bíblicos, ele trará felicidade e decisão acertada. Julgai todas as coisas, retende o que é bom; abstende-vos de toda forma de mal. Ts. 3,6. Colocaríamos, mais um precioso versículo que nos sustenta e conforta neste momento, diz assim: Cristo, porém, como filho, sobre a sua casa; a qual somos nós, se guardamos firme até ao fim a ousadia e a exultação da esperança HB.3,6. Até ao fim. A prova da realidade da regeneração é a fidelidade.

Com esta base formada em nosso viver, estaremos prontos a tomarmos decisões acertadas. A responsabilidade estará em seu devido lugar, em primeiro lugar de nossa vida. Precisamos dar mais atenção as coisas que decidimos, pois elas envolvem toda uma família, o lar, os filhos o envolvimento com o mundo. Responsabilidade Cristã e tudo que precisamos para fazer parte dos planos de Deus. Quando Deus criou todas as coisas, as fez perfeita e, assim o ser humano. Ter comportamento sempre pronto para o “recuperar!” Acertaremos com certeza, tenhamos a vontade do Senhor em primeiro lugar e prioridade “Urgente!”.
=
Desta forma olharemos para os Céus e sentimos Deus! Nele força para uma vida brilhante entre a Sociedade e, no seio Cristão. Isto é viver sob a Vontade do Criador. Vamos lutar para um comportamento saudável e mais correto, pois assim estaremos ajudando a nós mesmos, ser exemplo e mostrar ao Supremo Criador nossa força de vontade, assim estaremos ajudando ao Senhor no que Ele quer de melhor para mim! Já é tarde! Não! Suplicamos ao Senhor para que este bom viver habite em nossas vidas. Passemos a observar mais a dedicação que é devida para a Sociedade e obediência ao Senhor dos Senhores! “Decisões e Responsabilidades!” Elas são preciosas aos Olhos do Senhor.

REPETIMOS!
Os Céus e a terra tomam hoje por testemunhas contra ti que te propus a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a vida para que vivas, tu e a tua descendência. Dt;30.19.












www.reierei.blogspot.com






Igreja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

VITAMINA D INFLUÊNCIA MAIS DE 200 GENES

CUIDANDO DA SAÚDE




Agência FAPESP – Um novo estudo acaba de ampliar – de maneira contundente – as evidências de que a deficiência de vitamina D poderia aumentar os riscos de desenvolvimento de muitas doenças.
=
A pesquisa, cujos resultados foram publicados nesta segunda-feira (23/8) na revista Genome Research, relacionou pontos nos quais a vitamina D interage com o DNA e identificou mais de 200 genes que são influenciados diretamente pela vitamina.
=
De acordo com o estudo, estima-se que 1 bilhão de pessoas no mundo tenham carência de vitamina D, devido a fatores como insuficiência de exposição ao sol ou uma dieta pobre em nutrientes.
=
Além de ser conhecida como fator de risco para o desenvolvimento de raquitismo, há evidências de que a falta de vitamina D também estaria relacionada ao aumento da suscetibilidade a condições como esclerose múltipla, artrite reumatóide e diabetes, bem como demência e alguns tipos de câncer.
=
No novo estudo, feito no Reino Unido, os cientistas utilizaram tecnologia de seqüenciamento genético para criar um mapa das ligações dos receptores de vitamina D pelo genoma. Esse receptor é uma proteína ativada pela própria vitamina, que, por sua vez, liga-se ao DNA e influencia quais proteínas são feitas a partir do código genético.
=
Os pesquisadores identificaram 2.776 pontos de ligação para o receptor por toda a extensão do genoma humano e verificaram que esses locais estão concentrados anormalmente próximos a genes associados a suscetibilidade a problemas no sistema imunológico
=
O trabalho também mostrou que a vitamina D tem um efeito importante na atividade de 229 genes, entre os quais o IRF8, que já foi associado com esclerose múltipla, e o PTPN2, ligado a diabetes do tipo 1 e com a doença de Crohn, que atinge o intestino.
=
“O estudo mostra dramaticamente a ampla influência que a vitamina D tem sobre nossa saúde”, disse Andreas Heger, da Universidade de Oxford, um dos autores da pesquisa.










Igreja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Dicas de Nutrição - Dra. Kilza Miranda
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

domingo, janeiro 30, 2011

SUCESSOR DP PSP, NEXT GENERATION PORTABLE TEM O PODER DO PS3

INTERNET E TECNOLOGIA





Nesta quinta-feira (27), a Sony Computer Entertainment promoveu o PlayStation Meeting 2011, uma coletiva de imprensa na cidade de Tóquio, Japão para anunciar as novidades para seus consoles. Como especulado por muito tempo, a empresa revelou seu novo console portátil, o Next Generation Portable, o substituto do PSP.

Segundo Kaz Hirai, o NGP é um nome provisório e tem data de lançamento marcada para o final de 2011. O aparelho tem formato similar ao PSP 3000, porém pretende acabar com as reclamações dos jogadores retirando o disco analógico e colocando em seu lugar duas alavancas analógicas chamadas como "Micro Analog Stick".

O aparelho tem uma touch screen multitoque de cinco polegadas na parte de trás e duas câmeras, sendo uma frontal e outra traseira. Além dessas novidades, o PSP 2 possui um giroscópio interno e um GPS integrado. Todos esses recursos podem ser usados para jogos ou aplicativos que serão disponibilizados na PlayStation Store.

Shunrei Youshida disse que o aparelho tem o poder de processamento do PlayStation 3 e mostrou diversos jogos de franquias famosas, como "Hot Shots Golf", "Killzone", "LittleBigPlanet", "Resistance" e "Uncharted".

O aparelho terá conexão com a rede 3G para conectividade online similar ao do iPad,. A mudança também na tela sensível ao toque do tipo OLED, de 960 por 544 pixels de resolução que consome menos energia e possui um nível de contraste maior do que as de LCD comuns, além de ter um grau de visão mais amplo.

Além de ter memória interna, o NGP terá cartuchos chamados "New Game Media", nome também provisório, segundo a empresa. Além disso o portátil é compatível com todos os jogos para PSP da loja virtual da Sony.

Sony disse que o portátil vai ter diversas funcionalidades online e por isso ele será dotado de conexões Wi-Fi e 3G para baixar jogos diretamente da PlayStation Network, por exemplo. Entre as funcionalidades de rede está a possibilidades de arrecadar troféus da mesma forma que acontece em jogos para PlayStation 3.

A empresa garante liberar mais detalhes sobre todas as funcionalidades do NGP durante o PlayStation Meeting 2011.
Mais sobre: Sucessor do PSP, Next Generation Portable tem o poder do PS3.


Visite este Blog!
www.reierei.blogspot.com










Heldings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Imoline - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

segunda-feira, janeiro 24, 2011

PERDOAR E ESQUECER

EDIFICAÇÃO





Freqüentemente, ouvimos falar: “Perdôo, mas não esqueço”. Na verdade, quem diz isto não perdoa, porque guarda rancor. Por isso é dito que não se perdoa de verdade quando, no fundo, não se está disposto a esquecer. Perdoar é esquecer? Ambos produzem o mesmo efeito? Trata-se de uma questão de grande importância, já que o perdão é essencial para uma vida feliz e equilibrada: “Aquele que é incapaz de perdoar é incapaz de amar” (Martin Luther King).
=
Parece-me que é preciso diferenciar “esquecer”, quando significa ressentimento, e esquecer como “desaparecer da memória”. Vou me referir ao primeiro sentido: é preciso esquecer, “não regateie o perdão: é impossível caminhar com tantas feridas abertas... perdoe todas as velhas feridas e as cicatrize com resinas de amor”. É não querer mal, não há outro caminho. “Perdão é uma palavra que não é nada, mas que carrega sementes de milagres, sementes semeadas em nossos corações pelo próprio Jesus, que se alimentam até mesmo das ofensas: cada ofensa recebida é uma oportunidade de melhorar nossa capacidade de perdoar, pois, em vez de causar ressentimentos, é estímulo para essa coisa divina chamada perdão.
=
O paraíso está do outro lado da porta, mas muitos perderam a chave que se chama misericórdia... Todos nós precisamos de amor, de atenção, assim como de poder dar nosso amor aos outros. Por isso, sempre se deve pedir perdão: pelas ocasiões perdidas, pela plenitude não vivida no convívio, pelas palavras não ditas.
=
Diz uma lenda árabe que dois amigos viajavam pelo deserto. Num determinado ponto da viagem discutiram e um deu uma bofetada no noutro. Este, profundamente ofendido, sem dizer nada, escreveu na areia: “Hoje o meu melhor amigo me deu uma bofetada no rosto”.
=
Continuaram o trajeto e entreviram um oásis. Mortos de sede, ambos correram e o primeiro que chegou se atirou na água sem pensar e, em seguida, começou a se afogar. O outro amigo se atirou na água para salvá-lo. Assim que melhorou, pegou uma faca e escreveu em uma pedra: “Hoje o meu melhor amigo salvou a minha vida.” Intrigado, o amigo perguntou: “Por que, depois de eu ter te feito mal, escrevestes na areia e agora escreves em uma pedra?” Sorrindo, o outro respondeu a ele: “Quando um grande amigo nos ofende, devemos escrever a ofensa na areia, porque o vento do esquecimento a leva; por outro lado, quando nos faz algo notável, devemos gravá-lo na pedra da memória do coração, onde nenhum vento do mundo poderá apagá-lo”.
=
O erro de muitos é pensar que o perdão deve surgir de seus corações, que é algo que devemos sentir, que deve, de certa forma, “nascer em nós”. Mas o perdão é uma decisão, não um sentimento, porque quando perdoamos não sentimos mais a ofensa, não sentimos mais o rancor.
=
O perdão é o melhor, não apenas individualmente, mas também para cada sociedade e para o mundo em geral: “À espiral da violência somente arrefece o milagre do perdão” (João Paulo II). De certa forma, todos somos corresponsáveis pelas ações e omissões de cada um, e é a gotinha de cada dia que cria a revolução do amor: “O melhor que podes dar ao teu inimigo é o perdão; a um adversário, tolerância; a um filho, bom exemplo; ao teu pai, deferência; a tua mãe, uma conduta da qual ela sinta orgulho; a ti mesmo, respeito; a todos os homens, caridade”.
=
Quando alguém é perdoado transforma-se em uma pessoa diferente, ainda que demore a reagir: “Nada encoraja tanto o pecador como o perdão” (William Shakespeare). Isso ocorre porque se sente querido, e muito valorizado, porque as pessoas sempre estão acima dos seus erros. E, quando cresce a consciência do seu valor, comporta-se melhor. Por outro lado, cresce também quem perdoa, pois “nada nos assemelha tanto a Deus como estarmos sempre dispostos a perdoar”.










Visite este Blog!
www.reierei.blogspot.com






Igreja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Llúcia Pou Sabaté - Portal da Família
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

quarta-feira, janeiro 19, 2011

O RETORNO AO PARTO NORMAL

CUIDANDO DA SAÚDE

Organizações de saúde e o governo estão promovendo campanhas para que as gestantes optem pelo parto normal.

A primeira cesariana em que mãe e filho sobreviveram só foi realizada em 1794, nos Estados Unidos. Na década de 40, a cesariana tornou-se uma cirurgia utilizada com sucesso em partos de alto risco. Atualmente ela é tão comum que médicos e organizações de saúde estão preocupados com a substituição do parto normal pela operação cirúrgica.

Nos Estados Unidos, 25% dos partos são realizados por cesariana. Segundo Ashley Hill, médico do departamento de obstetrícia e ginecologia do Florida Hospital, a chance da mãe morrer durante uma cesariana é de 20 para cada 100 mil. "Embora este não seja um número especialmente alto, é bem superior ao do parto normal", afirma. No Japão, a porcentagem de cesarianas é de 8% do total de partos, e no Reino Unido, 10%. Por que a diferença entre os países é tão grande? Segundo pesquisa realizada pela Universidade Brown, nos Estados Unidos, os médicos e gestantes optam pela operação porque o parto normal pode demorar mais.

No Brasil, um levantamento feito em 1997 pelo Sistema Único de Saúde (SUS) revelou que 36% dos bebês nasciam por cesariana. O elevado índice de cirurgias preocupou o Ministério da Saúde, que tem realizado, por meio do SUS, a campanha "Parto Normal é Natural". Essa ação está incentivando médicos e gestantes a ver o parto normal como primeira opção para os nascimentos. O Ministério da Saúde limitou em 35 os partos cirúrgicos reembolsados pelo Governo. Caso a maternidade supere esse número terá de arcar com as despesas. Para incentivar o parto normal, o Governo passou a reembolsar os analgésicos utilizados e o valor pago nesse procedimento. Em um ano, o número de cesariana caiu 4,1%.

Com a campanha em andamento, já é possível verificar alguns resultados. Na região norte de Minas Gerais, a Maternidade Caldas Barbosa iniciou um programa de qualidade em assistência à gestante. Com a implementação da iniciativa, a porcentagem de cesarianas caiu de 41% para 25% em três anos. Esse índice, apesar de alto, é considerado aceitável, pois a Maternidade Caldas Barbosa presta assistência à mulheres que apresentam gravidez de alto risco.

A cesariana só se torna um bom procedimento quando há riscos para mãe ou filho. Em relação ao parto normal, apresenta de 7 a 20 vezes mais chance de infecções e complicações para a mãe. Em cirurgias marcadas com antecedência, a chance da a mãe ter alguma hemorragia é 8 vezes maior, pois o útero não segue o curso natural dos acontecimentos.

Por que a cirurgia é tão usada por médicos? O motivo mais alegado é o tempo de espera até o nascimento do bebê. O parto normal pode durar até 10 horas, enquanto a cesariana leva em média 40 minutos. Entre os médicos, a cesariana é chamada "Parto-Guarujá", já que permite a "previsão" do nascimento do bebê, principalmente às quintas-feiras. Outro fator é a falta de informação das gestantes, que acham a cesariana um processo indolor. Entretanto, a recuperação é mais lenta que no caso do parto normal.

O Amparo Maternal, hospital de São Paulo que atende gestantes sem condições financeiras, realiza certa de 35 partos por dia. O diretor, Emílio Ferrando, diz que não se pode desprezar o parto cirúrgico quando há risco para a mãe. "Mas aqui esperamos para analisar qual é a melhor solução para cada caso, porque nós não trabalhamos com pressa". O Governo Federal acaba de indicar o Amparo Maternal como centro de formação de mão-de-obra especializada para o parto normal.











Visite este Blog!
www.reierei.blogspot.com





Igreja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Prof. Eduardo Gama - Interprenssa
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

domingo, janeiro 16, 2011

TEMPO: É HORA DE PARAR PARA PENSAR NELE.

EDIFICAÇÃO

Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar; e isto e isto faz Deus para que os homens temam diante dele. Ec. Cap. 3, 14.

Corremos muito! Sabemos o mundo não para, o modernismo nos empurra e tudo caminha dentro de uma aparente normalidade. Tudo circula rápido, as pessoas andam e andam muito, correm e o mundo não para, pois é preciso ser assim. Em Eclesiastes Cap. 1º. 4 e 5, diz: Geração vai e geração vem; mas a terra permanece para sempre. Levanta-se o sol, e põe-se o sol, e volta ao seu lugar, onde nasce de novo.

Para o ser humano, só a morte pode interromper o processo da vida, é bom que se fale quando isto acontece, mais estão de acordo com a vontade do Criador. A morte é uma pausa igual para todos. Não podemos esquecer tudo está dentro do tempo de Deus. Tudo é formoso, tudo planejado pelo Senhor no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até o fim [Cap: 3,11]. Deus é o comando de nossas vidas, o relógio celestial, funciona maravilhosamente, não se descontrola nunca, assim, está dentro do perfeito plano de Deus para cada um de nós.

Entramos neste momento um pouquinho na vida das pessoas, com um texto como este. Diríamos: envolvendo um pouco o “particular” de cada pessoa. Todos nós com os nossos costumes, hábitos, forma de viver, enfim, foi uma maneira encontrada, escrever este texto e esperamos o crescimento em sabedoria de cada um. Quem sabe soe como um alerta, para nos ajudar, pausar um pouco esta corrida desenfreada, acreditamos ser necessário. Refletirmos bastante na Palavra de Deus, assim, “diminuir o passo”, meditar um pouco, é bom! Todo homem que se especializa na corrida profissional, corre muito, se prepara e tem o seu merecido descanso.

Por outro lado, aquele que corre pela sobrevivência da vida, trabalhando cansativamente, há necessidade de cuidados, pois surpresas poderão aparecer e quando você precisar parar poderá ser tarde. As conseqüências chegam “repentinamente” e geralmente são “graves”. Precisamos entender o ”momento saúde”, com sabedoria e entender o que Deus quer para cada um. Lembremos: o relógio de Deus é perfeito funciona de “segundo a segundo”. Não poderemos fugir do dia e da hora final.

O mundo vai girando, o sol brilha dando vida a tudo, a lua mostrando sua beleza durante a noite, é alegria para todos, muitos ainda admiram este momento espetacular, é lindo! A lua passando por sobre cada um de nós, sabemos tudo é preciso continuar como está. Será que alguma coisa teria que ser diferente? Como alguns dizem! Não! O mundo está dentro da vontade do Senhor. O mundo gira em perfeita sintonia. Participamos desta maquina, mas preciso olhar o “eu”, como estou? Preciso dar um tempo? Estou fora de sintonia? Correndo muito? Sim! Com certeza, é o motivo de sempre, o trabalho e outros acontecimentos se acumulam e ficamos em situação delicada.

Mais também é preciso entender que o texto não nos leva para uma apologia, “preguiçosa”, não! Muitas das vezes precisamos ser velozes, nem sempre é preciso diminuir o passo, são situações para se estudar e ter o devido cuidado. Precisamos saber com cautela, separar tudo aquilo que é necessário para harmonizar nossas vidas, “entre a calma e a velocidade!”

Correr muito! Ainda em Eclesiastes Cap.2. Versículo 23 nos fala: Porque todos os seus dias são dores, e o seu trabalho, desgosto; até de noite não descansa o seu coração; também isto é vaidade. Salomão fala com grande sabedoria: Vi ainda debaixo do sol que não é dos ligeiros o prêmio. Eclesiastes, cap. 9. 11 [parte a]. Embora saiba o escritor da grande ênfase a “vaidade” da vida.

Porque corremos tanto! Contrariamente à opinião popularizada em nosso meio, o trabalho, longe de ser uma necessidade vergonhosa, é o único meio humano de obter além do sustento necessário, o verdadeiro senso de satisfação [24]. O desfrutar de privilégios depende da contribuição de cada um. A felicidade original de Adão e Eva no Éden estava vinculada ao trabalho [Gn 2:15].

Até o privilégio de trabalhar [ter um papel na vida e comprazer-se nisto] é uma graça concedida por Deus [24].

Pelos quatro cantos do mundo [como falam], lá em qualquer longínquo lugar, tudo corre e corre muito, são os sérios problemas acontecem, não medimos mais o que devemos e podemos alcançar. Mediante a grande vontade do Senhor para nossas vidas, tem faltado o procedimento prudente ao homem. Poderíamos estar em qualquer lugar, correndo, voando para resolver e mudar, melhorar, isto é desejoso. Estamos correndo muito.

Esquecem que o trabalho, projetos, grandes sonhos; Deus está á frente de tudo, Ele quem dá a quem reparte seu pão com o faminto. Então não “corra tanto”, “diminua o passo”, Deus é o Dono da Vida. Não corra! Deixe Deus correr por você com seus planos. “Não corra na vida, corra para a vida!”, Diminua o “passo”, a moderação em tudo é boa, fortaleça a sabedoria e, deixe Deus dar a medida certa para uma vida tranqüila. Amém.







Visite este Blog!
www.reierei.blogspot.com





Igraja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

sábado, janeiro 15, 2011

ESPINAFRES E ALFACE PODEM SER PERIGOS ATÉ AOS 3 ANOS

CUIDANDO DA SAÚDE



Autoridade Européia para a Segurança dos Alimentos diz que 200 gramas diários podem gerar alterações na hemoglobina.

Afinal, os espinafres e a alface em grandes quantidades podem ser perigosos para as crianças até aos três anos. O alerta é deixado pela Autoridade Européia para a Segurança dos Alimentos (EFSA), que sublinha os efeitos agudos da ingestão de elevados níveis de nitrato, nomeadamente no fornecimento de oxigênio ao corpo. Os especialistas ouvidos pelo DN desconhecem estes alertas, mas lembram que as doses estudadas são superiores às que uma criança come.

A presença perigosa de nitratos nos chamados vegetais de folha só se verifica quando há a ingestão de elevadas quantidades, ou seja, mais de 200 gramas por dia. E acontece porque, no corpo humano, o nitrato é convertido em nitrito que, também em quantidades elevadas, pode conduzir a uma metahemoglobinémia. Ou seja, a uma alteração da hemoglobina, a proteína que transporta o oxigênio no sangue.

O Painel dos Contaminantes da Autoridade Européia analisou o consumo destes alimentos pelas crianças e concluiu que os níveis de nitrato em alface não são preocupantes. Contudo, a possibilidade de risco de metahemoglobinémia não pode ser excluída em bebês e jovens crianças de um aos três anos, alerta.

A entidade européia recomenda ainda que as crianças que sofrem de infecções gastro-intestinais de origem bacteriana não comam espinafres, porque estas infecções resultam precisamente na elevada conversão de nitrato em nitrito, aumentando, desta forma, o risco de alteração da hemoglobina.

Há ainda duas situações que podem acelerar a conversão do nitrato em nitrito: o armazenamento de vegetais de folha já cozinhados à temperatura ambiente e por longos períodos. E ainda a sua trituração e transformação em purê.

A legislação européia já estabelece níveis máximos de nitratos em alimentos como o espinafre e a alface. E já em 2008 a questão tinha sido levantada por um parecer da EFSA, o que levou a Comissão Européia a solicitar a recolha de mais informações.
A alerta publicada no site da Autoridade de Segurança Alimentar e Econômica (ASAE). Mas os especialistas ouvidos pelo DN desconhecem as indicações.

Libério Ribeiro, pediatra e imunoalergologista, sublinharam que além de estes legumes já conterem em si nitratos, a forma como são cultivados também pode potenciar a concentração. Contudo, afasta grandes riscos, até porque, acrescenta, "não é nada comum uma criança ingerir 200 gramas destes legumes por dia". E aconselha: "nas sopas devem ser misturados vários ingredientes".

Alexandra Bento, da Associação Portuguesa de Nutricionistas, também ressalva a necessidade de reforçar a idéia de uma alimentação diversificada. "Se se variar, nunca se corre este risco", afirma. "E comer 200 gramas de legumes é um exagero."











Visite este blog!
www.reierei.blogspot.com




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
DN - Ciências - Prof. Rita Carvalho
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis