Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quarta-feira, setembro 30, 2009

TELESCÓPIOS FOCALIZAM ESTRANHOS ASTROS NO UNIVERSO

CIÊNCIA

A pesquisa dos muitos astrônomos é rigorosa, demorada, exige muita cautela e normalmente envolve milhões de dólares em equipamentos, satélites e telescópios terrestres e orbitais. Mas isso não impede que algumas das descobertas sejam estranhas e mais pareçam objeto de arte do que propriedade da ciência. E nesse sentido ninguém foi tão artista quando o telescópio espacial Hubble, da Nasa.

O equipamento teve um ano de importantes descobertas, além de trazer aos cientistas imagens impressionantes sobre o espaço. O estudo de uma galáxia fotografada, em fevereiro, por suas câmeras de alta definição trouxe novas pistas sobre a formação da Via Láctea, a galáxia onde fica a Terra.

Algum tempo depois, o Hubble também encontrou uma galáxia muito parecida com a Via Láctea, por causa de sua forma espiral com um eixo em forma de barra. A NGC 1672 possibilitou que os astrônomos criassem a tese de que esse tipo de estrutura dá às galáxias um mecanismo único, que facilita a geração de novas estrelas.

Já em outubro, uma outra descoberta causou surpresa nos cientistas, quando as câmeras do telescópio captaram um par de galáxias, denominadas Arp 87, em processo de interação. Uma das imagens mostrou as estrelas, gases e poeira ao redor da grande galáxia NGC 3808, que tem forma de espiral e um de seus "braços" avançando sobre a galáxia próxima. os formatos das galáxias Arp 87 foram distorcidos pela interação entre ambas.

Astros Estranhos

Nem só de denominações sérias e termos científicos vivem os astrônomos. Às vezes eles se permitem brincar com seus próprios achados. Este ano a mais surpreendente foi a "estrela fumante", astro localizado a seis mil anos-luz da Terra, na constelação de Sagitário. Segundo uma pesquisa realizada por cientistas brasileiros e franceses, a RY Sagittarii tem uma parte escura formada por poeira expelida da sua própria superfície, uma teoria chamada "baforada de poeira".

Outra excentricidade dos astrônomos foi descoberta pelo telescópio Hubble. É a galáxia Zwicky 18, que ganhou o apelido de "Dorian Gray" por não ser tão jovem quanto o imaginado anteriormente. No romance de O Retrato de Dorian Gray, de Oscar Wilde, um jovem fica obcecado ao se enxergar envelhecendo em frente a um retrato seu. De acordo com o grupo liderado por Alessandra Aloisi, da agência espacial européia (ESA), a galáxia Zwicky 18 parece ser mais velha do que sua própria aparência.

O mesmo Hubble, havia fotografado em fevereiro os últimos instantes de vida de uma estrela que estava morrendo. Segundo os cientistas, a imagem da nebulosa NGC 2440 identificou o que irá acontecer com o Sol daqui a cerca de 5 bilhões de anos. A morte da estrela é antecedida por uma explosão multicolorida que espalha várias camadas de gás, tornando-as brilhantes diante de sua luz ultravioleta. Após a explosão, a estrela ficou bem menor, e branca, com uma temperatura na superfície de mais de 200.000°C.

O estudo sobre o Sol ganhou novas confirmações em 2007 a partir de imagens feitas em raio X pela sonda Hinode, responsável por fazer uma pesquisa detalhada da "estrela quente". As fotos mostraram que o campo magnético do Sol é muito mais turbulento do que os cientistas imaginavam. Pequenos grânulos de gás saem de sua superfície e reagem com o campo magnético da estrela, causando grandes tempestades solares, o que poderia ter efeitos sobre Terra.

Estrela Fumante





Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel

Redação Terra - Ciência
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

terça-feira, setembro 29, 2009

USO DO COMPUTADOR NA ESCOLA

EDUCAÇÃO



Muito se tem escrito sobre a informática na escola, mas há pouco consenso entre os diversos autores e educadores sobre o valor do uso dessa tecnologia em relação aos ganhos que ele pode trazer aos nossos alunos. Muitos ainda acreditam que a computação irá criar uma revolução na educação, o que não está acontecendo, como já podemos constatar. As possibilidades de mudar apenas por possuir computadores nas escolas, é quase nula.
=
O que está em foco, e precisa ser entendido é a utilização que vai ser dada à máquina. Em um bom número de escolas o aprendizado de português, matemática, ou de qualquer outro componente curricular, que é seu objetivo primordial, fica quase que esquecido pelo uso de programas, que por serem divertidos, entusiasmam os alunos, enquanto na realidade, todos estarão apenas aprendendo a manipular o computador.
=
O marketing realizado em torno do ensino utilizando computadores tem criado expectativas que muitas vezes desvirtuam o projeto pedagógico da escola, quando esta passa a querer atender a pais que desejam que os filhos sejam profissionalizados em computação, por meio da escola.
=
Neste artigo, parto do ponto de vista que a informática quanto adotada nas escolas deve se integrar ao currículo, não como uma disciplina, mas como uma ferramenta, inclusive, multidisciplinar, constituindo-se em alguma coisa a mais que o professor pode contar para bem realizar o seu trabalho; desenvolvendo atividades que levem a uma reflexão sobre qual a melhor forma de empregar seus recursos, analisando as características de cada disciplina; realizando a imprescindível interação entre as diversas disciplinas e os recursos da informática.
=
Quando utilizada desta maneira na escola, ou seja, a informática a serviço de um projeto educacional, propicia condições aos alunos de trabalharem a partir de temas, projetos ou atividades, surgidos no contexto da sala de aula. Em decorrência dessas situações os alunos podem contar com a interatividade e a programabilidade possibilitada pelo computador. Assim sendo, nossa preocupação fundamental é a com o desenvolvimento de valores, com a concepção que temos das finalidades da educação e da convicção de que necessitamos formar um indivíduo com a inteligência desenvolvida, com cultura, flexível, crítico e criativo.
=
A informática pode fazer parte desse universo, mas não pode ser encarada como um objetivo por si própria. O computador, como o livro ou qualquer outro material didático que usamos, é apenas e tão somente: um meio. " Informação não é conhecimento. Você pode produzir dados primários em massa e incríveis quantidades de fatos e números. Mas não pode fazer produção em massa de conhecimento, que é criado por mentes individuais, separando o significativo do irrelevante, realizando julgamentos de valor.
=
Theodore Roszak, autor do livro `O Culto da Informação´". Entendemos que qualquer instrumento de ensino, desde o mais simples até o mais altamente elaborado, depende de quem o usa e de como isso é feito. Cabe ao professor a responsabilidade de diversificar a abordagem de seu componente curricular. A nossa proposta para o uso do computador encontra-se no contexto das mudanças e evoluções ocorridas na sociedade. A escola não pode deixar de incorporar as novas transformações, intervindo para sistematizar a integração de todos os recursos pedagógicos e usando o que de melhor cada um tem para oferecer.
=






Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Centro de Assessoria Educacional
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

domingo, setembro 27, 2009

SER PAI

EDIFICAÇÃO






Ser pai é ser companheiro, construindo no ninho familiar as grandeza dos filhos, para alicerçar valores que edificam a sociedade.

Ser pai é ser companheiro,

Construindo no ninho familiar a grandeza dos filhos, para alicerçar valores que edificam a sociedade.

Ser pai é ser jardineiro,

Plantando raízes de virtudes com mãos delicadas, para que o lar seja sementeira de luz e de verdade.

Ser pai é ser herói,

Protegendo o espaço sagrado de seu templo-família, cultivando no coração dos filhos o germe da harmonia.

Ser pai é ser fonte de vida,

Inaugurando nossa história com gestos de amor, renovando perenemente a herança da criação.

Ser pai é ser poeta,

Declamando com carinho os versos de sua vivência, para cultivar e enobrecer os projetos de nossa existência.

Pai! Do nascer ao morrer, sempre será! "Meu pai! Minha pérola! Vivamos nosso Pai um verdadeiro herói.




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

quarta-feira, setembro 23, 2009

AMAR E HONRAR A MÃE

EDIFICAÇÃO







“Honra a teu pai e a tua mãe (que é o primeiro mandamento com promessa), para que te vá bem, e sejas e sejas de longa vida sobre a terra.” (vs 2 e 3).Efésios 6. 1 A 4

O exemplo culminante de amor filial e de valorização da mulher como mãe é dado por Jesus na Cruz: ao ver Maria, sua mãe junto à cruz e, ao lado dela o discípulo amado, diz do alto da cruz: “Mulher, eis aí teu filho; discípulo, eis aí tua mãe! E desde aquela hora o discípulo a levou para casa.” Jesus honrou sua Mãe até na hora da morte.

O exemplo culminante de amor filial e de valorização da mulher como mãe é dado por Jesus na Cruz: ao ver Maria, sua mãe junto à cruz e, ao lado dela o discípulo amado, diz do alto da cruz: “Mulher, eis aí teu filho; discípulo, eis aí tua mãe! E desde aquela hora o discípulo a levou para casa.” Jesus honrou sua Mãe até na hora da morte.

Filhos, imitemos a Jesus; mães, imitem a Maria, a mãe do Salvador: ela não o abandonou mesmo quando todos se voltaram contra ele, o Estado e a Religião. A encarnação do verbo, no útero de uma mulher virgem, jovem, santa e pura deve falar muito alto ao coração de todas as jovens “partenós,” como foi Maria.“Partenós,” é a palavra grega para virgem, literalmente aquela que ainda não concebeu.

O fato de Jesus Cristo ter sido gerado no útero de uma Mulher por obra e graça do Espírito Santo, que é Deus em nós, fala alto e forte que “o ente santo nela gerado éo Filho de Deus.” Em quase todas as religiões a figura da mulher integra o panteão dos deuses e, em alguns casos, prevalece sobre a figura masculina. É o caso de “Athena” deusa guerreira, mãe da Grécia, que não só venceu a “Poseidon” o deus dos mares na preferência dos homens, mas tem templos por toda parte no Mundo Antigo, era a deusa preferida de Alexandre, o Grande.

O que dizer da figura forte da “divindade do Candomblé, Iemanjá, a rainha das águas?” Não é sem razão, pelo contrário é com forte apelo psicológico que a igreja católica venera e destaca tanto a figura da Virgem Maria. que é bíblica é real. Já “a assunção” de Maria é apenas um dogma da igreja, mas não da Bíblia.

Quem visita Éfeso, pode visitar a casa onde teria vivido Maria e pode ver também “o seu túmulo,” ao lado do túmulo do apóstolo João. No Monte Sião, na Jerusalém antiga, No Monte Sião, na Jerusalém antiga, existe a “Capela da Dormição” onde há outra tradição de que Maria teria sido sepultada existe a “Capela da Dormição” onde há outra tradição de que Maria teria sido sepultada termos da localidade do túmulo da Mãe do Salvador.


Hoje, a docência da Igreja nos remete para Éfesios 6.1 a 4 e para o sagrado dever de honrar pai e mãe, de valorizar e respeitar a família como instituída por Deus no casamento, para a felicidade do gênero humano, para a perpetuação da espécie e para a glória de Deus. É o que fazemos hoje como igreja.





Holdings. Tl - Aviv - Jafra - Israel
Rev. Guilhermino Cunha - Artigos

Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

JESUS CRISTO E O REGRESSO CONTROVERSO

EDIFICAÇÃO




Há dois mil anos Ele esteve entre os que na época viviam e reescreveu a história da humanidade. Com palavras irretocáveis e gestos inigualáveis, pavimentou um inconfundível caminho. Desde então convivemos com as três únicas opções possíveis sobre sua determinante existência: acreditar, não acreditar ou, pior, dizer acreditar mas viver em diária companhia de uma triste contradição... A contradição criada entre a fé obrigatória e o medo do próprio olhar no espelho. O medo dos íntimos segredos que roubam a paz da alma, pois existe um espaço entre a real crença com o coração e uma leviana oração. E existe um abismo entre abençoadas palavras mencionadas e atitudes correspondentes.

De nada adianta sobreviver sob a sombra de um tendencioso auto julgamento. É necessário convicção e, principalmente, ação. E você... você acredita realmente no retorno de Cristo? Pense... Será que somente a presença física novamente entre nós fará com que as pessoas deixem de temer o espelho e se entreguem ao bem? Então de que serviram os ensinamentos deixados às custas de tanto sofrimento? Os professores que nos passam seus valiosos conhecimentos também não vivem ao nosso lado por toda a vida, no entanto, o que aprendemos permanece vivo.

Portanto é possível sentir a presença de Cristo dentro do peito através da sua história. Talvez seja até um controverso e enganoso pensamento aguardar ancioso seu retorno. Seria o mesmo que duvidar com diplomacia, pois quem acredita realmente vive agora, faz hoje e sonha menos com o amanhã.

A presença, neste caso, tem que estar muito além da personificação; afinal, Ele já esteve entre nós e nos deixou seu endereço. Agora deve ser nossa vez de retribuir a visita. É assim que pessoas que se amam agem. E Ele está lá, aguardando de braços abertos e sorrindo. Quem seguir o inconfundível caminho há dois mil anos pavimentado, o encontrará. Porém, não existem atalhos mágicos para ninguém nessa jornada. E, assim como em qualquer outra estrada, erros no percurso são sinônimos de necessidade imediata de redirecionamento. "Imediata"...

Entretanto, homens normalmente carecem de provas palpáveis para solidificar suas vagas convicções. Diante disso, apesar da óbvia falta de necessidade, imaginemos um imprescindível retorno físico. E sem a intenção de desrespeitar nem questionar os rumos do filho de Deus, tentemos imaginar um local ideal para a sua volta. Neste mundo apodrecido, pensemos em um ponto de partida para a nova era..

Muita coisa mudou nesses dois mil anos, menos a valorização extrema do poder, hoje bem pior que antes. Portanto, em nossa atual sociedade ultra capitalista, Ele seria um impecilho ainda maior que já foi, para diversos segmentos. Desde comerciais até os que construíram impérios sobre seu próprio nome...

Mas, em meio a uma infinidade de tristes opções, somente um lugar poderia ser o privilegiado. Qual? Talvez a mesma região da sua antiga terra natal, afinal os conflitos entre aqueles povos jamais serão resolvidos por mortais... Quem sabe os deteriorados sistemas carcerários, que abrigam inúmeras pessoas de inacreditável crueldade e, claro, necessitados de luz... Ou algum dos países em guerra civil, onde milhares são massacrados por motivos absurdos ou perecem pela fome e por doenças...

E os tantos lixões espalhados pelo mundo, que se tornaram fonte de alimentação para tantos outros... Ou os campos de trabalho escravo, ainda bem comuns, apesar de ocultados por monstros... Até mesmo nosso Nordeste seria uma opção, pois apesar de há muito ter sido transformado em massa de manobra política, gera diariamente incontáveis crianças inocentes que choram emocionadas diante de um sonhado prato de comida...

Aquele povo também carece de alguém que o conduza a verdadeiros dias melhores... Ou... Essa peregrinação modernizada poderia se iniciar oposta a humildade extrema de sua primeirapassagem. Talvez como um poderosíssimo líder de algum país rico, Ele conseguisse comandar uma justa cruzada de auxílio aos povos sofridos. Desta forma, um dos seus famosos milagres agora seria o da divisão, e não mais o da multiplicação... É claro que contrariando os interesses dos tubarões, estaria automaticamente se condenando a um novo e obscuro rápido calvário.

Em meio a tudo isso, mesmo que Deus nos permitisse opinar através de preces, uma "opinião" sábia e destendenciosa seria complicada. Assim como seria muito difícil identificá-lo em meio a tantos salvadores hoje atuando pelo mundo. Messias de convincentes representações teatrais e amparados por alta tecnologia. Se sobressair e vencer nos dias atuais, usando somente a verdade como ferramenta, tornou-se tarefa impossível... Além do mais Ele enfrentaria a si mesmo como pior inimigo, pois suas lições, deixadas com tanto amor, foram amplamente distorcidas após sua partida.

Por isso meus "filhos"... digo, amigos... por que esperar algo que podemos hoje mesmo alcançar? A menor distância entre dois pontos é uma linha reta entre eles. Então, considere-se um dos pontos e pense no Cristo único como o outro ponto, e a distância cabe somente a você determinar. Pode ser de léguas infinitas ou de somente um braço, para o forte abraço. O caminho é claro como o fogo e a verdade cristalina como a água. Busque e encontrará. Certamente à distância de um braço...

E lembre-se sempre: o amor também não pode ser visto e o perdão jamais será tocado. No entanto, são os responsáveis únicos pela felicidade real... E só a felicidade conduz ao renascimento. Renascimento sem controvérsias e... eterno.







Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Vicente da S. Junior - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

quarta-feira, setembro 16, 2009

ALIMENTAÇÃO PARA A MENTE E CORPO

EPA! ESTOU BEM PERTO!






ALIMENTAÇÃO UMA QUESTÃO DE BOM SENSO

"Que teu alimento seja o teu medicamento e que o teu medicamento seja o teu alimento"
Hipócrates (260-377 a.C.)

Para a mente e para o corpo, nada melhor do que uma vida regrada por hábitos saudáveis e regulares. Além do trabalho, que é uma terapia ocupacional de caráter construtivo e criativo, é primordial que se cuide do corpo, alimentando-se corretamente praticando exercícios físicos e respiratórios sob a salutar luz do sol matinal que ativa pró- vitaminas (ou fazer uma caminhada de 1 hora por dia) e repousando o necessário.

Quanto à alimentação, fonte de nossas energias e uma de nossas necessidades básicas, é o ato consciente e voluntário que proporciona ao indivíduo substâncias nutritivas essenciais à saúde. E nutrição é o ato inconsciente e voluntário, mecanismo complementar da alimentação, por meio do qual o organismo absorve, digere e assimila os nutrientes. Deve a alimentação ser sadia e regular, com alimentos o mais natural possível e naturalmente preparados de preferência em panelas de aço inoxidável, de barro, ferro, pedra-sabão, porcelana ou vidro refratário, recipientes de alumínio e Teflon liberam resíduos tóxicos que lesam a vesícula. Os alimentos devem ser guardados bem-acondicionados em recipientes de vidro ou de louça, pois é o que há de melhor para não intoxicar o terreno físico ao nível da defesa orgânica.

O homem é um ser onívoro, mas deve evitar os alimentos artificialmente preparados ou que estejam contaminados com produtos químicos ou industrializados, cujo consumo habitual é altamente prejudicial à saúde. Sempre que promovemos uma ação gastamos mais energia. A toda ação corresponde um consumo de energia. A cada função corresponde uma necessidade energética.

Essa energia o organismo retira dos componentes dos alimentos, em especial dos nutrientes básicos: carboidratos (açúcares), lípides (gorduras) e proteínas.
Outros nutrientes básicos: a água, as vitaminas e os sais minerais. A água e os sais minerais são alimentos inorgânicos, as vitaminas e os demais são alimentos orgânicos. O oxigênio do ar também é um alimento.

Os valores calóricos provenientes da queima de 1 grama de açúcares, 1 grama de proteínas e 1 grama de gorduras são respectivamente 4,1, 4,1 e 9,3 calorias. Note que as gorduras fornecem mais que o dobro de energia que açúcares e proteínas. E, em geral, a necessidade média de tais nutrientes é de apenas 100 gramas de cada por dia! O excesso de açúcar (contido em doces, geléias , chocolates, sorvetes, refrigerantes e etc.) também deve ser evitado, já que o excedente pode se transformar em gorduras (triglicérides), descalcificar os ossos ou atacar a dentina ocasionando as cáries dentárias, o que não ocorre quando se usa açúcar mascavo.

Portanto, se possível, para adoçar use mel puro, melado ou açúcar mascavo (no máximo 50 gramas/dia), que contêm frutose, glicose, sacarose, sais minerais, vitaminas (A, B e C) e oligoelementos, (cobre, flúor, silício e zinco), que são benéficos a saúde. O açúcar comum contêm só sacarose, sobrecarrega o organismo e é o principal causador das cáries e outras enfermidades. Aliás, devido ao seu extraordinário valor energético, nutritivo e rejuvenescedor o mel, tal qual o leite, tem ação sobre todo o organismo e pode ser usado dissolvido em líquido morno (chás ou leite a 37ºC), que é a temperatura da colméia e também a corporal. Doces, de preferência caseiros (compotas, pudins e etc.), devem ser consumidos no lanche da tarde ou na sobremesa do jantar.






Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Prof. Gerson Aranha - Membro Shvoong
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

terça-feira, setembro 15, 2009

AMAMENTAÇÃO DOS BEBÊS E SAÚDE BUCAL

CUIDANDO DA SAÚDE

Futura mãe, saiba que...
Amamentar tem uma relação decisiva com a saúde bucal da criança, contribuindo para formação e posição correta dos dentes, bem como das demais estruturas da boca (osso e músculo);

O aleitamento materno é importante para o desenvolvimento físico e emocional, após a erupção dos primeiros dentes. Tanto o aleitamento quanto a amamentação noturnas devem começar a ser controlados para que o desmame ocorra por volta dos 12 meses de idade;

O bebê não tem necessidade de chupar bicos nem o dedo, entretanto o uso do bico é tradicionalmente arraigado à cultura nacional. Quando usá-lo dê preferência aos ortodônticos, pois são confeccionados para uma melhor adaptação à boca do bebê. Seu uso deve ser moderado, limitado aos momentos de agitação e na hora de dormir se assim o exigirem. Procurar retirá-lo no primeiro ano e seu uso não deve ser prolongado após os 18 meses. Quando a arcada dentária está deformada pelo uso do bico ou sucção do dedo é necessário um tratamento especializado;

Quando o bebê tem entre 19 e 31 meses, abre-se o que se chama de "janela de infectividade". É nessa fase que pode haver a contaminação da mãe

(ou responsável) para o bebê, caso a mãe esteja com a doença cárie, pois é uma doença transmissível. Quanto mais infectada estiver a mãe pelas bactérias que provocam a cárie, mais chances o bebê terá de ser infectado. Portanto neste período devem ser evitados beijos no rosto, nos lábios e nas mãozinhas do bebê, assim como o hábito de experimentar suas papinhas e suquinhos utilizando os utensílios que o bebê levará à boca;

O uso precoce de dentifrícios fluoretados por crianças pequenas pode causar a fluorose dental (manchas brancas) nos dentes. Os bebês deglutem grande parte do dentifrício por não conseguirem expectorar adequadamente, portanto para evitar a fluorose é recomendado a utilização do mínimo possível de dentifrício na escova (a quantidade de dentifrício vai depender de cada criança, pois poderá ser menor ou semelhante ao tamanho de um grão de ervilha e, então, informe-se com o seu dentista, de preferência um odontopediatra, sobre a quantidade correta que deverá utilizar em sua criança);

A aplicação do flúor deve ser feita somente quando o bebê tiver dentes. (Consulte o seu dentista a respeito da concentração, da forma a ser aplicada e da freqüência da utilização do flúor). Jamais deixe o flúor ao alcance das crianças.




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Dr. Marco Tulio Pettinato Pereira
Portal da Família - Artigos

Diác. Rilvan Stutz - Membro - Shvoong

Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

segunda-feira, setembro 14, 2009

DOS TAMBORES À WEB

INTERNET E EDUCAÇÃO


Nesta edição, autor de diversos softwares educacionais e jogos de entretenimento, canta em tom poético o ressurgimento da palavra escrita na internet.

Como nenhum outro meio de comunicação anterior (os tambores têm pouco alcance, as cartas demoram para chegar, ao telefone muitas vezes o som da voz nos seduz ou irrita mais que as palavras proferidas, a televisão é dos donos dos canais, a rádio concessão para igrejas e deputados fisiológicos), a Internet nos coloca interativamente em contato, superando barreiras de idade, sexo, cultura, preconceitos e, principalmente, distância geográfica. Aqui, cada um pode não apenas ler o que quiser quando tiver vontade, mas pode escrever, participar, ter os tais 15 minutos de fama que foram prometidos e ninguém dava…

As pessoas perdem um pouco certos referenciais, que muitas vezes até impedem que indivíduos se conheçam. Aqui, os preconceitos afloram mais que na vida real, escancarados em textos escritos na hora, sem censura, mas aqui também os preconceitos viram tigres de papel, bytes que se esvaem, pois colocam as pessoas, irremediavelmente, em íntimo contato umas com as outras. O contato delas aqui se dá através de seus cérebros, de suas almas, desprovidas de barreiras físicas. O racista pode perceber que está falando com o objeto de seu preconceito tarde demais: quando já houver feito amizade com ele. O jovem e o velho conversarão bastante até descobrirem a idade mútua. E duas pessoas carentes de calor humano e de amor, entes sensíveis que saibam traduzir em palavras suas emoções, poderão se apaixonar antes de se conhecer…

Tudo depende de saber escrever. Na vida “real”, as pessoas bonitas, bem vestidas e que saibam falar levam toda a vantagem nos primeiros contatos, ao passo que os tímidos, feios ou mal-vestidos precisam de muito valor para superar tais barreiras. Neste mundo virtual, a palavra é o “pó de pirlimpimpim” que transforma a gata borralheira em princesa – e sua meia-noite é quando a conexão fica irritantemente lenta ou cai, e então aquele computador na sua frente vira uma abóbora. Aquele que não sabe pontuar, não tem poder de síntese das idéias, não conhece um vocabulário rico, esse “dança” na mão destas tribos virtuais – que podem ser tão crueis com ele como as do outro mundo para com os quasímodos de aspecto repelente.

Esta nova valorização da palavra escrita é um fenômeno interessantíssimo. O que a humanidade criou – e nos deu de Shakespeare a Fernando Pessoa – parecia a muitos que a informática iria matar, a palavra escrita seria substituída por cliques no mouse, a literatura trocada por ícones. O que se vê não é isso, mas sim uma nova importância do escrever, essa atividade que na escola foi reduzida ao ritual sadomasoquista das provas, na sociedade aos formulários da burocracia. Agora, com a internet, quem não sabe escrever está isolado – como alguém que olha a estrada diante de si e não sabe usar os pés para andar. Claro que ainda falta muito para que os escritos na rede não sejam apenas um reflexo da enorme ingnorância do escrever, que é o que mais se vê hoje, mas, como disse o poeta, “o caminho se faz ao caminhar”…




Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Portal do Futuro - Carlos Seabra
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis