Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

sexta-feira, março 09, 2012

VISTA A MODA, MAS ILUMINADA COM SEUS VALORES

Dia da Mulher







==============================
Rede de Divulgação



A moda é um fenômeno universal, no tempo e no espaço, porque é humano, “naturalmente” humano, e profundamente humano, escreve o professor Rafael Alvira, Catedrático de Filosofia da Universidade de Navarra.

=
Por essa razão, mais do que ao homem, a moda apaixona a mulher. O homem e a mulher, desde os tempos mais remotos e a partir dos primeiros relatos da Bíblia sobre Adão e Eva, perceberam que não estavam vestidos. Imediatamente procuraram se cobrir com folhas e, em seguida, provavelmente com peles de animais. Pode-se dizer que os primeiros pais da humanidade iniciaram assim o conceito de roupa.
=
As épocas do período de Luís XV e Maria Antonieta serão lembradas para sempre pela exuberância e luxo das roupas e dos penteados, não só das mulheres mas também dos homens.
=
Nos dias de hoje, saber vestir-se é tão importante como o foi nos últimos séculos. É com nossa roupa que expressamos nossa personalidade, valores e espírito. Também, nossa roupa mostra a nossa participação em uma ou outra classe social. A roupa, definitivamente, reflete o pensamento de uma pessoa e, por isso, o ato de vestir-se ou de adotar um determinado estilo pessoal próprio não é algo que deva ser feito de modo apressado.

SER E VESTIR-SE

A roupa, tanto para o homem quanto para a mulher tem uma função expressiva muito particular. No caso da mulher cada busca expressa seus gostos, requinte, personalidade e valores que regem sua vida. Quando uma mulher se veste e prepara sua imagem, o motivo que deveria guiá-la não deveria ser o de apenas exibir um corpo bonito e bem conservado por dietas e exercícios, mas sim o de inspirar, através do seu bom gosto e decoro, outras mais jovens a irem a busca da verdade, manifestada sua aparência pessoal. Apenas as mulheres podem fazer isso e ensiná-lo a outras.
=
Como exemplo pode dizer que os animais não usam roupas porque eles são incapazes, num sentido radical, de ter, de possuir. Além disso, eles não têm nada para expressar porque não escondem nada, nem tem que passar por esta ou aquela prova em sociedade. Na verdade, a externalidade, no sentido próprio da palavra, só a pode ter aquele que possui uma interioridade. E é o ser humano, constituído por uma unidade substancial de corpo e alma, o único que pode viver uma interioridade a partir da sua sexualidade, masculina ou feminina.
=
É precisamente de acordo com a fineza de seu ser interior que o homem ou a mulher se veste, são criativos com sua arrumação pessoal e com sua forma de se apresentar exteriormente ao mundo. Se nesse interior há valores vivos o resultado será uma presença que encanta, cheia de bom gosto e elegância. Se em vez disso, compra-se de tudo o que é moda, sem considerar o mundo interior, o resultado exterior expressará frivolidade e vazio.
=
Por isso, poderíamos pensar na frase “vista-se e me mostre seu interior”, já que quando vestidos, a roupa usada serve para que cada um exteriorize, do modo que lhe pareça mais conveniente, quem é por dentro. Com o que eu visto como mulher posso querer ser vista, chamar a atenção de uma forma provocativa ou, ao contrário, inspirar respeito.
=
Com um vestido posso deixar as minhas pernas descobertas numa minissaia, ou cobri-las para cuidar do meu interior. Como mulher, se eu tenho um corpo bonito, não importando a idade que se tenha, posso decidir até onde vou mostrar e exibir. Mas, para poder ver claramente isso deve estar em íntima conexão com os valores que eu decidi viver.
=
======================================================================================
Sheila Morataya é CEO da empresa Omnimark, educadora e escritora. Possui Mestrado em Matrimônio e Família pela Universidade de Navarra (Espanha) e é diplomada em Logoterapia (Sociedade Mexicana de Análises Existencial) e em Identidade Feminina (Universidade Européia).










Igreja Presbiteriana do Brasil
O Blog - " A Serviço do Senhor "
Diác. Rilvan Stutz " O Servo com Cristo "
Dra. Sheila Morataya-Portal da Família

Rádio Rei dos Reis