Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

sábado, junho 05, 2010

ELEFANTE - OS MAIS VELHOS SABEM O CAMINHO

NOTÍCIAS PELO MUNDO


A sociedade dos elefantes depende das matriarcas, detentoras de uma sabedoria acumulada por várias gerações, que equivalem a alguns séculos. Elas podem viver até 64 anos e têm na memória os caminhos de migração em busca de água e pastos verdes. Quando morrem prematuramente, nas mãos dos caçadores de marfim, suas manadas vagam, perdidas.
=
Na vida dos elefantes não há pressa, mas o tempo é um bem precioso. A gestação de um filhote demora 22 meses; levam seis meses para usar a tromba e até 10 anos para dominá-la; andam devagar, mas dormem apenas de três a quatro horas por noite. O ritmo lento da marcha permite que indivíduos feridos ou enfraquecidos acompanhem a manada, aumentando suas chances de sobrevivência.
=
Mesmo os elefantes mais velhos, que ficam com a pele mais fina e só podem comer grama fresca – pois com o tempo seus molares enfraquecem e caem – ainda são valiosos. Além de conhecerem o caminho para as nascentes de água, farejam a chuva a 24 quilômetros de distância e identificam as plantas que podem ser comidas.
=
Por isso, quando morrem, são reverenciados pelos outros, que, em silêncio, permanecem ao lado de seu corpo por horas, até dias. Bem diferente da sorte dos humanos, que vão sendo abandonados pela sociedade e pelos parentes à medida que se tornam idosos. Acabam sozinhos, em asilos, sobrevivendo de pensões humilhantes, como um peso morto para o sistema de previdência e mesmo para seus filhos e netos, que ignoram sua experiência e nunca mais os consultam sobre a escolha dos caminhos.








Holdings. Tel - Aviv - Jafra - Israel
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
Artigo: Odir Cunha - Shvoong
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis