Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, dezembro 10, 2012

FIBRA DE MARACUJÁ



A fibra da farinha de maracujá promove uma verdadeira faxina no organismo. Ajuda a eliminar as toxinas, que, se acumuladas, prejudicam o funcionamento dos órgãos desequilibrando o metabolismo. Um detalhe muito importante, para facilitar a ação desintoxicante da pectina, é necessário tomar mais água, no mínimo 2 litros por dia.

O maracujá é uma planta que possui propriedades terapêuticas com valor medicinal. Suas folhas e o suco contêm passiflorina que é um sedativo natural e o chá das folhas têm efeito diurético. É na alimentação que está o seu uso principal tanto em forma de sucos, como doces, geleias, sorvetes e licores. O maracujá é rico em vitamina C, cálcio e fósforo. Mas 60% do fruto é casca, que deve ser aproveitada também.

Pesquisas recentes feitas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro UFRJ, e testada em ratos, mostraram que a casca de maracujá desidratada e transformada em farinha é um alimento com alta concentração de fibras solúveis (pectina) e insolúveis. No organismo humano a pectina forma um gel que, no caso da diabetes, dificulta a absorção de carboidratos, tornando-a mais lenta e evitando a hiperglicemia. Os estudos clínicos demonstram igualmente os benefícios das fibras no controle do colesterol, no aumento da saciedade demorando maior tempo aparecer á sensação de fome. Desta forma, contribui para a perda de peso em indivíduos obesos e regularização da função intestinal, evitando certos tipos de câncer que se desenvolvem no intestino.


A fibra (farinha de maracujá) pode ser usada nas refeições. Sugere-se usar uma ou duas colheres de sobremesa no leite, iogurte ou suco. Porém, é necessário lembrar que a farinha de maracujá não cura a diabetes, mas, enquanto for usada controla a velocidade de absorção da glicose, tornando-a mais lenta conforme já foi dito. Se o uso for suspenso essa taxa pode aumentar.

A farinha de maracujá é fonte de várias vitaminas e minerais;

Niacina (vitamina B3): atua na produção de hormônios, melhora a ansiedade, ajuda no crescimento das crianças e protege as paredes do estômago.

Ferro: previne anemia e aumenta o pique.

Cálcio e Fósforo: fortalecem os ossos e os dentes, além de melhorar a memória, a oxigenação das células e a circulação e ainda favorece a contração muscular.

"Todas as informações aqui têm caráter apenas informativo, necessitando de ajuda procure orientação médica". 







Holdings - Tel Aviv - Jafra - Israel
O Blog -  "A Serviço do Senhor "
" O Servo com Crsito  "
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong