Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

quinta-feira, fevereiro 28, 2013

DORMIR POUCO ALTERA ATIVIDADE DE GENES, DIZ ESTUDO



 






Uma pesquisa britânica trouxe novas descobertas sobre como noites mal dormidas podem causar efeitos prejudiciais significativos à saúde e ao funcionamento do corpo humano.

Doenças cardíacas, diabetes, obesidade e problemas cerebrais são alguns dos problemas ligados a poucas horas de sono.

Segundo os pesquisadores da Universidade de Surrey, a atividade de centenas de genes foi alterada quando as pessoas estudadas dorminam menos de seis horas por dia durante uma semana.


Os cientistas analisaram o sangue de 26 pessoas depois que elas tiveram uma longa noite de sono, até dez horas por noite durante uma semana, e compararam s resultado com amostras retiradas depois de uma semana com menos de seis horas por noite.


Mais de 700 genes foram alterados pela mudança. Cada gene traz instruções para a construção de uma proteína. Os que ficaram mais ativos produziram mais proteínas, mudando a química do corpo.


O funcionamento do relógio biológico também foi perturbado com a mudança. As atividades de alguns genes, no decorrer do dia, aumentam e diminuem naturalmente, mas este efeito foi prejudicado pela falta de sono.


"Houve uma mudança significativa na atividade em diferentes tipos de genes", disse à BBC o professor Colin Smith, da Universidade de Surrey.


"O sono tem uma importância crítica para a reconstrução do corpo e a manutenção do estado funcional, todos os tipo de de danos parecem ocorrer (devido à falta de sono), sugerindo que pode levar a problemas de saúde."


"Se não conseguimos regenerar e substituir células, então, isto vai levar a doenças degenerativas", acrescentou.

Mais afetados
Colin Smith afirmou que muita gente pode dormir ainda menos horas do que as pessoas analisadas no estudo, o que sugere que estas mudanças observadas na pesquisa podem ser comuns.


Para Akhilesh Reddy, especialista em relógio biológico da Universidade de Cambridge, o estudo é "interessante".


Reddy afirma que as descobertas mais importantes foram os efeitos da falta de sono sobre inflamações e o sistema imunológico, pois é possível ver a ligação entre estes efeitos e problemas de saúde como diabetes.


As descobertas dos pesquisadores da Universidade de Surrey também podem ser relacionadas às tentativas de se descartar a necessidade de sono, descobrindo um remédio que pode eliminar os efeitos da falta de sono.


"Não sabemos qual é o botão que causas todas estas mudaças, mas, em teoria, se você pode ligar ou desligar, você também poderia ser capaz de viver sem o sono."

"Mas, o que acredito, é que o sono tem importância fundamental para regenerar as células", afirmou.



 
 




Holdings - Tel Aviv - Jafra - Israel
O Blog " A Serviço do Senhor "
Diác. Rilvan Stutz " O servo com Cristo"
James Gallagher - Saúde BBC
Repórter de Ciência BBC News
 


quinta-feira, fevereiro 21, 2013

O QUE É PERSONALIDADE?



            MENSAGEM
 


Personalidade é a combinação particular de emocionais, padrões de resposta com atitudes e comportamentais de um indivíduo. Teóricos de personalidade diferentes apresentam suas definições próprias da palavra com base nas suas posições teóricas

Psicologia da Personalidade refere-se a padrões duradouros de cognição, emoção e comportamento que afetam negativamente a adaptação de uma pessoa. Em psicologia, psiquiatria e clínica, é caracterizada por rigidez adaptativa, ciclos viciosos de comportamento mal adaptativos e instabilidade emocional e o estresse.

Psicologia da personalidade é um ramo da psicologia que estuda as diferenças de personalidade e individual. Suas áreas de atuação incluem:

Construir  imagens coerente do indivíduo e de seus principais processos

psicológicos.

Investigando as diferenças individuais, como as pessoas são únicas.

Investigando natureza humana, como as pessoas são iguais.


"Personalidade" pode ser definida como um conjunto dinâmico e organizado das características possuídas por uma pessoa que influencia as cognições exclusivamente suas, emoções, motivações e comportamentos em várias situações. A palavra "personalidade" se origina do latim persona que significa máscara. Significativamente, no teatro do mundo de língua latina antiga, a máscara não foi usada como um enredo para disfarçar a identidade de um personagem, mas era uma convenção empregada para representar ou caracterizar o personagem.



A personalidade pode também referir-se aos padrões de pensamentos, sentimentos e comportamentos consistentemente exibidas por um indivíduo ao longo do tempo que influenciam fortemente as nossas expectativas, autopercepções valores e atitudes, e prevê as nossas reações a pessoas, problemas e estresse. Em uma frase, a personalidade não é apenas quem somos Gordon Allport (1937) descreveu duas formas principais de se estudar a personalidade: o nomotéticas e ideográfica.



Psicologia nomotética busca de leis gerais que podem ser aplicados a muitas pessoas diferentes, tais como o princípio da auto-realização  ou o traço de extroversão. Psicologia ideográfica é uma tentativa de compreender os aspectos únicos de um indivíduo em particular.



O estudo da personalidade tem uma história ampla e variada em psicologia, com uma abundância de tradições teóricas. As principais teorias incluem disposicional (traço) perspectiva, psicodinâmica, humanista, behaviorista, biológicos e perspectiva de aprendizagem social. Não há consenso sobre a definição da "personalidade" em psicologia. A maioria dos pesquisadores e psicólogos explicitamente não se identificar com certa perspectiva e muitas vezes tomam uma abordagem eclética. Algumas pesquisas são empiricamente conduzidas como modelos tridimensionais com base em estatísticas multivariadas como a análise fatorial, enquanto outra pesquisa enfatiza o desenvolvimento da teoria como psicodinâmica.



Existe também uma ênfase substancial sobre o campo aplicado de testes de personalidade. Na educação psicológica e treinamento, o estudo da natureza da personalidade e seu desenvolvimento psicológico geralmente são analisados como um pré-requisito para os cursos de psicologia anormal ou clínica.





Holdings - Tel Aviv - Jafra - Israel
Artigos de Membros do Shvoong
O Blog - " A Serviço do Senhor "
Diác. Rilvan Stutz " O Servo com Cristo"
 

sábado, fevereiro 09, 2013

PEDRA NA ESTRADA



           MENSAGEM
 





Havia um sábio que não poupava esforços para ensinar bons hábitos a seu povo. Frequentemente fazia coisas que pareciam estranhas e inúteis; mas tudo que fazia era para ensinar o povo a ser trabalhador e cauteloso. Ele dizia:


"Nada de bom pode vir a uma nação cujo povo reclama e espera que outros resolvam seus problemas. Deus dá as coisas boas da vida a quem lida com os problemas por conta própria".

Uma noite, enquanto todos dormiam, ele pôs uma enorme pedra na estrada. Depois foi se esconder atrás de uma cerca, e esperou para ver o que acontecia.


Primeiro veio um fazendeiro com uma carroça carregada de sementes que ele levava para moagem na usina.

Quem já viu tamanho destino? - disse o fazendeiro contrariado, enquanto desviava sua carroça e contornava a pedra.


Por que esses preguiçosos não mandam retirar essa pedra da estrada? E continuou reclamando da inutilidade dos outros, mas sem ao menos tocar, ele próprio, na pedra.


Logo depois, um jovem soldado, veio cantando pela estrada. Ele pensava na maravilhosa coragem que mostraria na guerra e não viu a pedra.


Tropeçou nela e se estatelou no chão poeirento. Ergueu-se, sacudiu a poeira da roupa, pegou a espada e enfureceu-se com os preguiçosos que insensatamente haviam largado uma pedra imensa na estrada. Ele também se afastou, sem pensar uma única vez que ele próprio poderia retirar a pedra.

Assim correu o dia. Todos que por ali passavam reclamavam e resmungavam por causa da pedra colocada na estrada, mas ninguém a tocava.


Finalmente, ao cair da noite, a filha do moleiro por lá passou. Era muito trabalhadora, e estava cansada, pois desde cedo andava ocupada no moinho. Mas disse a si mesma:


Já está quase escurecendo, alguém pode tropeçar nesta pedra à noite e se ferir gravemente. Vou tirá-la do caminho - e tentou arrastar a pedra dali.


Era muito pesada, mas a moça empurrou, e empurrou, e puxou, e inclinou, até que conseguiu retirá-la do lugar. Para sua surpresa, encontrou uma caixa debaixo da pedra. Ergueu a caixa. Era pesada, pois estava cheia de alguma coisa. Havia na tampa os seguintes dizeres:


"Esta caixa pertence a quem retirar a pedra."


Ela abriu a caixa e descobriu que estava cheia de ouro.


A filha do moleiro foi para casa com o coração feliz. Quando o fazendeiro e o soldado e todos os outros ouviram o que havia ocorrido, juntaram-se em torno do local na estrada onde a pedra estava. Revolveram o pó da estrada com os pés, na esperança de encontrar algum pedaço de ouro.


Então o sábio falou:


Meus amigos, com frequência encontram obstáculos e fardos no caminho. Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles se assim preferirmos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles significam. A decepção é normalmente o preço da preguiça.



 
 


Holdings - Tel Aviv - Jafra - Israel
" O Servo com Cristo "
O Blog -  "Serviço do Senhor"
Diác. Rilvan Stutz - Membro Shvoong
 

Rádio Rei dos Reis