Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, setembro 20, 2010

CARTA DA CANDIDATA MARINA SILVA

NOTÍCIAS PELO MUNDO


CARTA DE MARINA SILVA


A direção deste blog informa aos prezados amigos, que não temos prioridade ou iniciativa direcionada de entrarmos no campo político. Mas, nos deparando com tão belo te
xto, que consideramos de grande exemplo de "Edificação", educação, carinho, amor, sabedoria e inteligência. Desta forma, não poderíamos nos refutar a publicação desta carta da Senhora candidata a Presidência da República, Marina Silva (em resposta).

A Direção do blog "Reis dos Reis".
Diácono Rilvan Stutz
=========================================================================================

CARTA DE MARINA SILVA
Os textos abaixo pode ser conferidos em http://www.minhamarina.org.br/blog
=
AO AMADO DOM MOACYR
=

Li na Folha (22/5) sua afirmação de que sou frágil e não tenho perfil para a Presidência da República. No início, fiquei triste. Já tinha ouvido algo parecido do senhor, de forma carinhosa, mas ler assim como está no jornal tem outro peso. Refletindo mais, reconciliei-me com sua mensagem.
=
Quando ando por aí, muitos me dizem que minha luta é de Davi contra Golias. Então vamos conversar sobre passagens bíblicas, que conhecemos bem. Elas se completam e iluminam o que quero dizer. Quando Saul terminava seu reinado, Deus mandou o sacerdote e profeta Samuel ungir novo rei entre os muitos filhos de Jessé. O profeta procurou entre os mais belos, os mais fortes e os mais habilidosos, mas Deus descartou todos. Jessé lembrou então de Davi, o seu filho mais novo, que pastoreava ovelhas. O profeta o achou muito fraquinho, meio esquisito. Mas Deus ordenou que o ungisse rei dos israelitas, porque olhava para o seu coração, e não para a sua aparência.
=

Foi assim que Davi foi escolhido para ser rei. E logo provou seu valor ao enfrentar Golias, o gigante filisteu, guerreiro acostumado a usar escudo, capacete e armadura e a manejar a espada. O jovem Davi, aparentemente fraco e sem muito preparo para aquele tipo de duelo, ganhou a luta porque não tentou usar a armadura de Saul, que lhe fora ofertada e nem lhe cabia direito. Usou sua própria arma, a funda, e ali colocou a pedra para jogá-la no lugar certo, na testa do gigante.
=
Assim como o senhor, dom Moacyr, Samuel era homem corajoso, temente a Deus, preparado para o sacerdócio desde um ano de idade. O senhor é muito importante na minha vida, da mesma forma que Samuel foi na vida de Davi. E está me vendo com olhos cuidadosos, preocupados com circunstâncias que talvez me causem sofrimento.
=

Mas, como sabe por experiência própria, não podemos ficar presos às circunstâncias. Quando o senhor chegou ao Acre, aos 36, enfrentou os poderosos e ficou do lado de Chico Mendes e de todos os que eram aparentemente fracos e despreparados para enfrentar os gigantes das motosserras. Como me ensinou, não me intimido com as circunstâncias e procuro me encontrar com o que está no coração de homens e mulheres sinceros, que, como o senhor, buscam fazer o melhor, apesar das dificuldades e riscos.
=

Aprendi com o senhor boa parte dos valores que me guiam, entre eles não vergar a coluna às pressões dos interesses espúrios. Por favor, meu amado irmão, não me diga agora que esses valores não servem para governar o Brasil e me fragilizam. Tranquilize-se: eles são e continuarão sendo a minha força e a minha funda diante dos desafios, qualquer que seja o tamanho deles.
=
(Publicado originalmente na Folha de S. Paulo em 24 de maio de 2010).
=
RESPOSTA DE DOM MOACYR
=

Gostaria de desfazer possíveis ambiguidades de minha entrevista publicada em 22/5. “Fragilidade”, a respeito de Marina Silva, na minha intenção, é mais elogio do que qualquer crítica. Exprimindo melhor meu pensamento, a “fragilidade” se traduz por “sérias dificuldades” que vai enfrentar, caso eleita, para levar à frente o seu governo.
=

Na verdade, concordo com Marina que o jovem Davi, tão frágil e tão mal armado, venceu o gigante Golias. O Deus de Jesus Cristo está sempre ao lado dos pobres e injustiçados, e nos dá força e coragem até para o martírio. Mas, em geral, não faz milagres, e conta com o trabalho até extenuante de seus discípulos por mundo um pouco mais justo e fraterno. E é assim que Marina tem se comportado desde que a conheço.
=

Marina não precisa de “mentor político”. E, em caso de necessidade, não seria eu a pessoa indicada. A resposta de Marina (“Ao amado dom Moacyr“) está a altura da Marina que conheço.
=
DOM MOACYR GRECHI, arcebispo de Porto Velho (Porto Velho, RO).














Igreja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Jornal Folha de São Paulo - Artigos
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro




DICAS DE NUTRIÇÃO PARA QUEM QUER PARAR DE FUMAR

CUIDANDO DA SAÚDE



Parabéns a você que decidiu parar de fumar!

Não é preciso nem falar das mais ou menos 5000 substâncias nocivas à saúde que existem no cigarro, e do quanto é difícil parar de fumar, mas não é impossível! Muitas pessoas já venceram essa importante batalha e hoje se encontram, e se sentem de fato, mais saudáveis.
=
Com o processo de abandono do tabagismo pode ocorrer o ganho de peso, embora algumas pessoas não alterem o peso e conheço outras que até emagreceram. De qualquer maneira a questão do peso não deve ser usada como desculpa para a pessoa não parar de fumar. Conforme há a cessação do tabagismo a pessoa recupera o paladar, existe a tendência da pessoa “descontar” o nervosismo, que antes ia para o cigarro, para a alimentação. Por isso, escrevi algumas dicas de como cuidar da alimentação diária para evitar o ganho excessivo de peso:
=
© fracione a alimentação em 6 refeições: café da manhã, almoço, jantar e os lanches de intervalo (manhã, tarde e noite): comer mais vezes ao dia com quantidade controlada dos alimentos;
=
© coma devagar mastigando bem os alimentos para saboreá-los de verdade, facilitar a digestão e dar a sensação de saciedade de forma mais precoce;
=
© realize as refeições a cada 3 ou 4 horas;
=
© use carnes magras sem gordura aparente (remova-a antes do preparo): bovina, frango, peru ou peixe;
=
© opte por leite e derivados magros/desnatados;
=
© reforce a dieta com verduras e legumes (faça palitos de cenoura crua, pepino, erva doce, pois ajudam a disfarçar a falta da manipulação do cigarro e tem valor calórico baixo);
=
© coma as frutas com calma: gomo por gomo, pedaço por pedaço...;
=
© escolha os cereais (arroz, trigo, centeio, milho, ...), farinhas, pães, bolachas, torradas, de preferência os integrais, pois contem mais fibras quem também auxiliam no alcance da saciedade;
=
© não se esqueça das leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico ou soja): de preferência mantendo os grãos inteiros por conta da fibra, mas sem acrescentar bacon, linguiça, paio...;
=
© utilize óleo vegetal para preparar os alimentos, mas evite de fazer frituras, por serem mais calóricas;
=
© tome água ao longo do dia para hidratar o corpo, e se usar chá, não adoce com açúcar ou mel para evitar calorias extras. Cuidado com o café que é um “gatilho” para fumar;
=
© tenha cautela com o álcool, pois também é um “gatilho” para fumar. Prefira os sucos naturais ou chás mais suaves como o de camomila, erva doce, melissa (com adoçante), refrigerantes diet, light ou zero (com moderação);
=
© assim que realizar a refeição saia da mesa e já escove bem os dentes. Cuidado com as refeições intermináveis!;
=
© caso esteja nervoso (a) ou ansioso (a) não é a melhor hora para se alimentar. Tente se acalmar primeiro e depois sente para comer;
=
© não troque o cigarro pela compulsão alimentar. Quando perceber que está “atacando” a geladeira ou a despensa, procure ler, fazer um trabalho manual, dar uma volta, escutar uma música relaxante, meditar, mas não desconte o nervoso, ansiedade, tristeza ou frustração nos alimentos, pois eles não tem culpa de nada. Se de todo não conseguir se controlar coma uma fruta ou pegue os palitinhos de legumes, tome água, chupe gelo ou coloque um cravo na boca!;
=
© cuidado com bala e chiclete com açúcar, bolacha doce recheada, salgadinhos em geral, chocolates, ou seja, produtos que a pessoa fica com o pote ou o pacote na mão e vai comendo, comendo, e quando percebe foi o pote ou o pacote inteiro e junto com eles as calorias extras!
=
Espero ter ajudado você com algumas estratégias para que consiga vencer essa importante batalha!
Boa sorte!








Postado Por Sheilla Carvalho Stutz
Igreja Presbiteriana do Brasil
Diác. Rilvan Stutz - Membro Catedral
Dra. Kilza Miranda - Dicas de Nutrição
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro

Rádio Rei dos Reis