Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, março 09, 2015

Drogas – A Melhor Prevenção Ainda é a Família


Não adianta negar: uma qualidade de vida familiar é um dos fortes fatores que dita o comportamento futuro do jovem em relação às drogas. Estudos realizados pela Universidade de Michigan, nos EUA, com 70 mil jovens e 23 mil pais, apontam para a importância da família na questão da prevenção às drogas. Segundo os estudos, quais são as atitudes, dentro do cotidiano familiar, que devem ser valorizadas e que ajudarão os jovens a se distanciarem das drogas? 

Convivência 

Pais que valorizam a convivência estão imunizando os filhos contra as drogas. Convivência significa participar da vida dos filhos. Isso inclui passeios, competições esportivas e culturais, às vezes um lanche com cada um dos filhos. A convivência reforça as relações familiares. 

Agregação 

É importante que o ambiente familiar seja atrativo e aconchegante. “Pertencer a uma família”, esse deve ser o sentimento que os filhos devem ter para que sejam menos vulneráveis às influências negativas. 

Diálogo 

Famílias onde o diálogo é valorizado, onde a conversa informal sobre qualquer tema é uma rotina na relação pais e filhos, têm muito mais chance de ver os filhos longe das drogas. 

Informação 

Pais que conversam com os filhos sobre drogas, que falam de maneira amiga e sincera sobre os efeitos e riscos do uso de drogas, estão dando grandes passos para a vitória nessa área. 

Afeto 

Abraços, beijos, palavras de elogio e incentivo nunca são demais numa relação familiar. Essas atitudes são depósitos importantes que estamos efetuando na Conta Bancária Emocional dos nossos filhos. 

Participação 

Pais que valorizam a participação dos filhos nas decisões estão inoculando importantes antídotos contra as drogas. Atitude como essa faz com que os filhos sintam que são valorizados em suas opiniões e pontos de vista. 

Limites 

Stephen R. Covey afirma: “Ser pai/mãe não significa ser popular e ceder aos caprichos e vontades dos filhos’. Filhos criados com limites são filhos felizes e realizados. 

Autonomia 

Os pais devem incentivar, desde cedo, os seus filhos à autonomia, à capacidade de tomar decisões e arcar com as responsabilidades dos seus atos. 

Exemplo 

Ensinar por meio do exemplo é muito mais eficaz e duradouro do que ensinar por preceito. Isso significa que os pais que não fazem uso do cigarro ou do álcool têm mais chances de ver os filhos longe das drogas. 

Valores 

Pais que estimulam os valores espirituais e morais em contraposição aos valores materiais estão dando uma forte base para que os filhos não sejam dependentes de drogas. 

Modelo 

Os pais devem estar atentos para que sejam modelos positivos para os seus filhos. Queiramos ou não, somos modelos para os filhos. A grande questão é se estamos sendo modelos de amor, respeito, aceitação, honestidade e confiança. “Um grama de prevenção vale um quilo de cura”. 
Benjamin Franklin Pr. Gilson Bifano

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo, obrigado e volte mais vezes...

Rádio Rei dos Reis