Seguidores

Versículo do Momento

LEIA A BÍBLIA

segunda-feira, agosto 12, 2013

LIGADURAS











Uma ligadura bem feita, pode ser decisiva no momento de proteger uma ferida, queimadura, hemorragia, imobilizar fratura ou transportar uma vitima se riscos.

A boa higiene e uma ligadura corretamente aplicada podem atuar como proteção, perante possíveis infecções.

Observações gerais

As ligaduras podem ser de pano, de gaze ou elásticas e de diferentes tamanhos.

As ligaduras enroladas, feitas em gaze, algodão ou linho, são eficazes para segurar uma lesão muscular ou articular e para aplicar pressão quando são utilizadas para fixar pensos ou para controlar uma hemorragia.

È importante manter a extremidade ou parte do corpo, a ser ligada, na posição em que se deverá manter, ligando a partir da lesão para o exterior, evitando aperto excessivo.

No momento de ligar, deve aplicar uma pressão uniforme que permita a circulação do sangue.

Considera-se que os músculos contraídos, aumentem o seu volume e que ao relaxar este volume diminua. Quando as vitimas forem crianças a tensão da ligadura deve ser reduzida.

As ligaduras devem ser vigiadas, prevenindo o enrugamento na pele ou o formigueiro e adormecimento dos membros.

As ligaduras em espiral feitas nas extremidades, devem em cada volta cobrir 2/3 da anterior.
Fixam-se com fita adesiva ou com molas ou ganchos destinados para o efeito.

Em todo o caso podem ser cortadas longitudinalmente pela metade e atá-las com um nó direito.

Ligam-se os pés, tornozelos, braços, dedo, mão e cabeça, existindo técnicas especificas para essas zonas do corpo.






O Blog - "A Serviço do Senhor"
Diác. Rilvan Stutz - "O Servo com Cristo"
Deus Ainda Fala - "A Sos com Deus" 
Catedral Presbiteriana do Rio de Janeiro



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seja bem vindo, obrigado e volte mais vezes...

Rádio Rei dos Reis